MENU

24 de fevereiro de 2008 - 16:55Curiosidades, Do Baú

Do Baú: Encontro de Gênios


Em novembro de 1990, por ocasião da comemoração do GP de nº 500 da história da Fórmula 1, a organização do GP da Austrália reuniu vários campeões do mundo para uma foto histórica.

Em pé: James Hunt, Jackie Stewart e Dennis Hulme. Sentados: Nelson Piquet, Juan Manuel Fangio, Ayrton Senna e Jack Brabham. Nada menos que 19 títulos mundiais reunidos, todas as gerações da história da categoria representadas. Uma imagem que nunca mais se repetirá, visto que num período de menos de cinco anos, quatro destes campeões perderam a vida.

Alain Prost estava presente em Adelaide, mas negou-se a participar da foto, ainda irritado com o acidente provocado por Senna na largada do GP do Japão, duas semanas antes. Neste mesmo final de semana, Senna e Stewart também se desentenderam, com o tricampeão escocês acusando o brasileiro de agir de forma antidesportiva.

Comentários do Facebook

comentários

18 comentários

  1. Marcelo Lacerda disse:

    Rodrigo, ao total foram 19 títulos, não apenas até aquele ano. Você não entendeu.

  2. Rodrigo Delanhese disse:

    Na verdade Senna conquistou o tri em 1991, portanto em 1990 eram 18 títulos mundiais e não 19.

  3. Cristiano Gondo disse:

    Queria mais detalhes sobre o desentendimento do Ayrton com o Stewart. Se alguem puder me contatar: cristiano.gondo@gmail.com

    Mas é curioso ver a intimidade do Fangio com o Ayrton…

  4. Trio F1 disse:

    O curioso é que os que morreram, morrerram em anos separados e seguidamente:

    Denny Hulme (1992)
    James Hunt (1993)
    Ayrton Senna (1994)
    Juan Manuel Fangio (1995)

  5. Bruno Lemos disse:

    Em todas as corridas que eu assisto da F-1 eu torço para que chova, pois só assim a gente vê os “milagres” acontecendo… tipo Honda ultrapassando BMW e coisas do tipo…

    É porque somente nessas horas o piloto faz a diferença, não existe muita parafernália específica só para chuva. As tecnologias de hoje não amenizam esse tipo de dificuldade em corridas.

  6. Anonymous disse:

    Hoje já sabemos (ou não) que as Ferraris vão começar o ano bombando. Que as Maclarens vão ter suar sangue para chegar perto. Que as williams “podem” surpreender as Maclarens. Que as Renaults, “talvez” façam cócegas nas BMW. Que as BMWs talvez não repitam a excelnte temporada passada. Que as Redbulls e as toro Rossos (diga-se de passagem, as mesmas coisas) estão evoluíndo (pelo menso a uns 30 anos!!!). Que a force India pode surpreender já nessa temporada. Aí fica a pergunta: cade o piloto de F1 que fazia a diferença, mesmo em equipes pequenas? Quem não se lembra de Senna em monaco com uma toleman? Ah! tudo bem. O Sebastian Vetel fez quase o mesmo no japão do ano passado. E foi só. é o que sempre digo, o caro continua mais importante que o piloto. Temos talentos na atualidade, temos. Alonso, Kimi, Hamilton. Vetel. Bourdoais (é assim que se escreve?), Kubica, entre outros. Mas gostaria muito de ve essa turma brigando lá na frente. Isso se os carros deixarem.
    Abraço a todos.
    Paulo Santos/RJ

  7. Anonymous disse:

    O Senna foi novo d+,mas Deus sabe o que faz.

  8. Fábio Mandrake disse:

    Verdade o mundo perdeu 4 campeões seguidamente!Hulme em 1992 aos 56 anos de ataque cardíaco durante a prova Bathurt 500 na Austrália, Hunt em 1993 aos 45 anos tb de ataque cardíaco, Senna em 1994 aos 34 anos durante o gp de San Marino e por último Fangio em 1995 aos 84 anos tb de problemas no coração!

  9. Tuta disse:

    O Senna pegou a F1 de calças arriadas, com sua fome de vitórias a qualquer custo. Também foi o cara mais beneficiado pelos avanços da eletrônica da Honda. Isso gerou muitos descontentes. Tô certo ou tô errado?

  10. Aderson disse:

    Como a F1 está pobre hj em dia. Nessa epoca tinhamos em atividade 3 campeões mundiais, totalizando 8 titulos.
    Em 2008 temos apenas 2 na ativa, no total de 3 titulos.

  11. Fleetmaster disse:

    Linda imagem mesmo !! !! !!

  12. Lucas Israel disse:

    Que o Piquet está com uma cara de quem quer ir no banheiro,isso ninguém pode negar

  13. Bruno disse:

    Ta aparecendo muito “do bau” aki. Msm q a temporada n tenha começado e falte notícias, talvez outras sessões novas seriam bacanas. Alguma falando de circuitos, corridas espetaculares (aí seria bacana colocar video do youtube com resumo da corrida), boatos (ae! uma sessão com os maiores boatos, os mais sem pé nem cabeça e aqueles q o pessoal acreditava q aconteceria mas virou história). Falando em história, uma sessão de lendas da F1 seria bacana. Mas aí boatos legais, tipo essas lendas do rock que existem.

  14. Anonymous disse:

    eu tenho essa foto,genial….

    flavio ailon

  15. Marcos Antônio Filho disse:

    foto histórica.Alguns dos grandes mestres da F1.Esse Gp vencido pelo o Piquet eu vi um das fechadas mais lindas da história da F1.Mansell deve ter ficado fulo da vida com piquet,sempre atrapalhando seu caminho.

  16. Rodrigo Vilela da Silva disse:

    Fatos como esse que mostram porque o Senna era adorado por muitos e o Prost, odiado.

    E que nos bons tempos da F1, os deuses das pistas não mediam palavras para discutir, xingar ou brigar com alguém. Diferente dos molóides atuais.

    Abraço, Capelli. E obrigado pela visita ao meu blog!

  17. Anonymous disse:

    Belíssima imagem.
    Que saudades da F1 de verdade!

    Filipe Araújo
    Brasília

    PS. Capelli, quendo recomeçam as gravações do RádioGP. Quase todas as categorias já começaram a temporada, exceto a F1.

  18. Anonymous disse:

    Só faltou dizer que a vitória no Gp 500 foi de Nelson Piquet, com o Benneton B190. O mesmo do post anterior.

    Herik

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>