MENU

13 de junho de 2008 - 22:34Curiosidades, História, Vídeos

Jogando a corrida fora

A asneira cometida por Lewis Hamilton na saída dos pits em Montreal, batendo em Kimi Raikkonen e jogando sua corrida fora, me fez lembrar de uma certa predileção que os britânicos têm em fazer patuscadas nos boxes.

É certo que Felipe Massa, Juan Pablo Montoya, Rubens Barrichello e Giancarlo Fisichella já foram desclassificados por avançarem a luz vermelha, mas nada disso se compara ao que já fizeram antes Nigel Mansell, David Coulthard e o próprio Lewis Hamilton.

1º ato: Guiando pela Ferrari no GP de Portugal de 1989, Mansell briga pela liderança da prova com seu companheiro Gerhard Berger, até que é chamado pela equipe para uma troca de pneus. Na hora de parar o carro, erra o ponto de freada, passa reto e quase atropela seus mecânicos. Dá marcha-ré – o que é proibido pelo regulamento – e leva bandeira preta, jogando sua corrida fora. Aliás, destruiu também a corrida de Ayrton Senna, já que não viu a bandeira preta e seguiu disputando posição com o brasileiro. Os dois se tocaram, ficaram fora da prova e Mansell ainda levou da então FISA um gancho de uma corrida.

2º ato: David Coulthard, de mudança para a McLaren, disputa sua última corrida pela Williams em Adelaide, 1995. Tem uma certa vantagem para seu companheiro Damon Hill e aparentemente venceria a prova, até que precisa entrar nos pits para reabastecer e trocar pneus. Na curva de entrada, perde a frente de carro e bate de cara na mureta interna, dando adeus à corrida. Tudo bem que havia sujeira na pista mas, mesmo assim, o erro foi patético.

3º ato: Lewis Hamilton lidera o campeonato mundial e pode ser campeão antecipado na China, em 2007. Para isso, basta marcar Fernando Alonso, chegando uma posição à frente de seu desafeto. Poderia até chegar uma posição atrás, desde que Alonso não fosse mais que terceiro. O problema é que Hamilton não se contentou em chegar apenas à frente do espanhol. Queria mesmo era vencer a corrida. E, para isso, colocou os pés pelas mãos. Não parou para trocar pneus na hora adequada, ficou brigando inutilmente pela liderança com Kimi Raikkonen, destruiu seus pneus intermediários na pista seca e começou a perder grande terreno para Alonso, o terceiro. Foi tão longe que chegou a ser sete segundos mais lento que o companheiro em apenas uma volta. Com os pneus já na lona, resolveu ir para os pits, mas já era tarde. Perdeu o controle da McLaren e acabou atolado na pequena caixa de brita da entrada dos boxes. Começou, ali, a jogar seu título mundial pela janela.

E você? Lembra de outra besteira parecida de um piloto nos boxes, que comprometeu uma possível vitória ou mesmo um título mundial?

Comentários do Facebook

comentários

30 comentários

  1. renato disse:

    Pessoal, ok, mas a maior besteira que eu já vi alguém fazer foi na F3000, antes de virar GP2. O Bjorn Wirdheim fez isso aqui…http://youtube.com/watch?v=6R43mBWirio

  2. Jeff disse:

    Teve aquela do Senna de Portugal 89 onde jogou a corrida e pontos preciosos fora se envolvendo com uma batida besta com o Mansell que tava de bandeira preta.

  3. Jeff disse:

    O Senna jogou um monte de corrida corridas fora por afobação!

    Mônaco 88 Bateu sozinho(era lider)

    Monza 88 Bateu c/retardatário(era lider)

    Austrália 89 Bateu c/ retardatário
    Austrália 92 Bateu sozinho

    Brasil 94 Rodou sozinho
    Brasil teve outra que bateu no Nakajima.

  4. marcelo costa disse:

    Essa do Gerhard Berger foi bizzarro!

    Gerhard Berger crash – Estoril 1993

    http://www.youtube.com/watch?v=qnhiK5b1A-w

  5. Alan Roberto disse:

    E ai Capelli
    é a primeira vez que posto aqui

    não vou comentar os erros pq meus amigos ai em cima ja fizeram muito bem isso

    eu achei interessante, no video do Hamilton, a locução da TV espanhola… alem desse video, eu vi o do GP Brasil de 2007… hahahahah.. os dois não paravam de gritar… Tem gente que ainda critica o Galvão Bueno, fico imaginando e ele e o Reginaldo Paes Leme gritando daquele geito…hahahahahaha

    muito bom o blog viu

    Fiquem com DEUS

  6. Nikolas Spagnol disse:

    O Schumacher uma vez entrou rápido demais no pit e derrubou o carinha que fica com o macaco na frente do carro.

  7. Mario Theisen da Comu F1 brasil! disse:

    Uma das patacoadas mais hilárias que vi na F1 foi ano passado no Gp da França, quando Albers corria pela spyker e foi para o pit. Antes mesmo da equipe lhe liberar para retornar as pistas ele arrancou de vez dos box e levou consigo o pirulito de abastecimento! Uma cena cômica!

  8. Cristiano disse:

    Tem aquela do PPD que pegou fogo na primeira freada depois da saída dos boxes, se não me engano um GP da Argentina… mas essa não valia nada.
    Tem do Prost em 93, não sei a pista, morreu o motor no pit stop, vitória do Senna.
    Acho que não não boas histórias, mas tem a ver com pit stop. hehehe

  9. Inácio Pereira disse:

    Tem a do holandês que levou a mangueira de reabastecimento no ano passado, justamente no GP da França – aquela é bisônha!!!

  10. Carlos disse:

    Mas o blog tá caído ultimamente…

  11. Daniel Médici disse:

    Besteiras de pilotos nos boxes são meio recentes, acredito que as mais importantes já foram mencionadas.

    Besteiras de equipes nos boxes são mais comuns, como a da Maserati na Alemanha, em 57, que demorou 52 segundos (até para a época isso era bastante…) para fazer um pit stop no meio da corrida para Fangio.

    Isso obrigou Fangio a fazer uma das corridas mais brilhantes da história para ultrapassar as duas Ferrari à sua frente e conquistar seu último título mundial – e também sua última vitória.

  12. André disse:

    Caro Capelli, tenho uma lembrança do Mansell parando para trocar pneus no box errado, se nao me engano de uma Ligier. é invençao minha ou realmente isso pode ter acontecido???

  13. Matheus-F1Incridible disse:

    AHSOIAHSOIAHSA, os 1ºs e 3ºs atos foram os piores
    Dá vontade de rir, só de lembras
    :P

    Ahh, também tenho um blog sobre o assunto:
    http://www.f1incridible.blogspot.com

    Queria fazer troca de links.
    Abraços e sucesso!

  14. rennan disse:

    Sim, o Moreno errou ali na entrada e bateu também, com sua Forti (lixo).

  15. Holy Diggio Bop! disse:

    Nessa corrida em que o Coulthard bateu na entrada dos boxes o Moreno fez o mesmo, não foi?
    Me corrijam se eu estiver errado.
    Abraços!

  16. Anonymous disse:

    pow. ninguém lembrou daquela. o Lafitte em estoriu, 1965. era líder, pit perfeito, mas deixou o carro morrer e, já era a liderança e o título

  17. Anonymous disse:

    Aproveitando o tema, alguém pode me explicar isso? http://www.youtube.com/watch?v=hlzGo61Nlwo&feature=related

  18. O Especialista disse:

    Ia comentar do Mansel em 91 no circuito de Estoril mas o colega foi mais rápido.

    Um Abraço!
    O Especialista
    http://www.carroceria.blogspot.com
    Nessa semana: Adesivo Estrutural para Carrocerias – Parte 1

  19. Capelli disse:

    Rex, é permitido a um piloto dar marcha-ré para tirar seu carro de uma posição perigosa, ou mesmo para facilitar um retorno à pista em caso de saída. O regulamento proíbe é o uso desta marcha dentro do pit lane.

    Elker, bem lembrada essa do Boutsen. Mas não tenho certeza se o erro foi dele ou se foi da equipe, que deixou um pneu fora de lugar.

    Abraço,

    Capelli

  20. Elker disse:

    Capelli

    Erros nos box ná briga pela vitória, me lembro de apenas mais um Thierry Boutsen quando disputava o segundo lugar do GP do brasil 1990 o qual provavelmente venceria, nao fosse seu erro nos box atropelando mecânicos e o pneu de seu willians , ao menos ele nao deu marcha-ré nos box como o ingles leonino…

  21. Anonymous disse:

    Quero muito ver aquela charge da tv espanhola antes do próximo GP.
    Pegam no pé do Hamilton quando ele corre bem… imaginem agora!
    Acho que ele resolveu facilitar a vida dos humoristas…

  22. MaximoMínimo disse:

    caramba… essa foi forte hein Luiz… pior é que tem uma certa “lógica”…

  23. Tiagão disse:

    Ah sim!

    O detalhe é que Coulthard era pole position…

  24. Tiagão disse:

    O Próprio Coulthard deu início ao seu repertório de lambanças em Monza 1995 quando rodou na volta de apresentação. Ele exagerou um pouco na saída da Variante alta e saiu quase atolou na caixa de brita.

    Pela câmera da Benetton de Schumacher só deu para ver a poeira subindo.

    O escocês ainda conseguiu voltar, mas a c*gada já tinha sido feita…

  25. Luiz G disse:

    As burradas do Hamilton na china e no Brasil em 2007 foram as maiores da história!! Tentar disputar a liderança com Raikkonen podendo chegar em segundo ou terceiro e garantir o título foi um atestado de burrice tão absurdo que não há precedentes. Merecia demissão da F1. Foram erros tão estúpidos que eu me pergunto se foram erros mesmo…ou se foi um acordo entre Ron dennis e ferrari para deixar Kimi ser campeão em nome do assunto da espionagem.
    Ninguém é tão burro assim.

  26. Rex Racer disse:

    Capelli,
    qdo vc escreveu que usar marcha-ré é proibido imediatamente lembrei da rodada do Nelson A. Piquet no Canadá. Se ele continuasse teria sido desclassificado também ou no caso dele seria permitido por estar em posição perigosa na pista?

    Abraço,

  27. Will disse:

    Olha, 1991 foi o ano dos erros do inglês! Ele perdeu uma corrida com mais de 50 segundos de vantagem para Piquet, na última volta.
    Antes disso, já tinha feito besteira em Interlagos.
    Depois, teve a do Estoril e por fim, a derradeira, em Suzuka, quando passou reto na curva da fim da reta dos boxes, perdendo o título para o Senna.

  28. CaioZer0 disse:

    Capelli, faltou o link da asneira do Mansell.

  29. Mr Stripes disse:

    Isso sem contar a patacoada do próprio Mansell em Estoril, 1991. Tá certo que foi um erro dos mecânicos ao trocarem o pneu traseiro direito, mas na afobação, o leão saiu “rasgando” antes…
    Vídeo: http://www.youtube.com/watch?v=53rRqMeRNCs

    Mr Stripes
    http://subindonazebra.blogspot.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>