MENU

24 de maio de 2009 - 11:40Análises

Rapidinhas: GP de Mônaco

- Mais uma vez Jenson Button, com todos os méritos do mundo. O inglês foi perfeito desde a largada, abriu a diferença necessária para garantir a vitória já no primeiro stint e dali para frente só administrou. Só não venceu de ponta a ponta por causa das paradas de box.

- A fase do inglês, como disse ontem, é irresistível. Ele faz exatamente o que é necessário para vencer, acelera na hora certa, administra na hora certa, não comete erros. Simplesmente perfeito. O melhor piloto da temporada, disparado.

- Rubens Barrichello, segundo colocado, brilhou na largada. Arrancou melhor que Kimi Raikkonen e ganhou a posição na largada, mesmo sem KERS. Não conseguiu acompanhar o ritmo de Jenson no começo e dali para frente correu para administrar o segundo, no que foi bastante competente.

- Eterno otimista e cheio de promessas, hoje Barrichello parece ter jogado a toalha na coletiva. Ao final de seu pronunciamento em português, disse que continua “na busca da… da… vitória que… que… com certeza… (pigarro) deve acontecer”. Foi prudente e consciente em não falar mais em título. Esse, já tem dono.

- Se alguém parecia capaz de bater a Brawn em Monte Carlo, este alguém foi a Ferrari. A equipe italiana encontrou o rumo e fez uma boa prova. Caso tivesse saltado na frente, poderia até ter brigado pela vitória. Kimi Raikkonen foi terceiro, mas não sem dar trabalho a Barrichello. Parece que voltou à velha forma.

- Felipe Massa foi bem, brigando com Rosberg e Vettel. Forçou uma ultrapassagem e cortou a chicane do porto, mas corretamente devolveu a posição. Quando teve pista livre, foi o piloto mais rápido da corrida, terminando o GP com a melhor volta. Quarto colocado, perdeu o duelo interno para Kimi Raikkonen, mas isso é a menor das preocupações no momento.

- Na Red Bull, decepção com Sebastian Vettel. Com o set de pneus macios, andou muito abaixo do esperado e ficou segurando um trenzinho por várias voltas, mais de 3s mais lento que o restante dos pilotos. Quando trocou pneus e tentou tirar o atraso, bateu na Saint Devote. Ainda comete erros da juventude, totalmente aceitável. Mas já começa a perder espaço para Mark Webber.

- Quietinho, o australiano vez fazendo uma excelente temporada. Quinto hoje, preocupou a Ferrari durante a prova. Vai marcando seus pontos, enquanto Vettel ou vence, ou bate.

- Nico Rosberg foi sexto, conseguindo importantes pontinhos para a Williams. Também vem bem no campeonato, ao contrário de seu companheiro Kazuki Nakajima. Hoje, o japonês bateu na última volta. É o preço que se paga pelos motores Toyota.

- Ah, a Toyota… só não sofreu vexame maior porque a BMW conseguiu ser ainda pior. Timo Glock e Jarno Trulli passaram o tempo todo na rabeira, sem qualquer chance. O mesmo para as BMW de Kubica e Heidfeld. Todos chegaram atrás da Force India de Fisichella. Deprimente.

- Lewis Hamilton saiu da última posição, o que em Mônaco significa a perda de qualquer chance na prova. Arriscou algumas ultrapassagens, trocou o bico, deu emoção à prova. Resultado? 12º entre 14 que chegaram.

- Kovalainen, a esperança de pontos da McLaren hoje, fazia uma corrida correta e chegaria entre os oito primeiros, mas bateu nos esses da piscina. Quando a fase é péssima, é péssima.

- Também é o caso de Nelsinho. A fase é horrível, mas mesmo quando ele não se estrepa sozinho, outro vem e faz o serviço. Foi o que aconteceu hoje, atropelado por Sebastien Buemi no final da reta. O suíço errou o ponto de freada e jogou o brasileiro longe, numa manobra bizarra. Aliás, Felipe Massa fez igualzinho com Enrique Bernoldi em seus tempos de Sauber.

- Fernando Alonso, do jeito que dá, foi sétimo. Mais pontos no bolso, é o máximo que a Renault pode almejar no momento.

- A Toro Rosso marcou pontos com Sebastien Bourdais, incansavelmente secado por quem deseja ver Lucas di Grassi ou Bruno Senna em seu lugar. Fez boa corrida, no fim das contas.

- Campeonato de pilotos: Button absoluto, 16 pontos à frente de Barrichello. Como o único que pode ameaçá-lo não vai ameaçá-lo, ruma seguro ao título mundial. Vettel, que depois do GP da China parecia ter alguma chance, já está longínquos 28 pontos atrás. Não busca mais.

- Entre os construtores, a Brawn já tem o dobro de pontos da Red Bull. A Ferrari já é quarta, ultrapassando a McLaren. Se confirmar a evolução atual, deve terminar a temporada como segunda equipe. Aliás, hoje a Ferrari não fez bobagem. Fato raro em 2009.

- Cinco vitórias de Button em seis corridas, e aí eu pergunto: e o regulamento de campeão por vitórias, hein? Vão insistir nessa burrada para 2010? Não que exista uma grande possibilidade de alguém derrotar o inglês mesmo no regulamento atual, mas pelo menos há uma perspectiva de 16 pontos para o segundo descontar ante 110 a disputar.

- Na classificação por vitórias, Button só poderia perder a liderança do mundial em Valencia, no final de agosto, no improvável acontecimento de Barrichello vencer todas as corridas seguintes, consecutivamente. No regulamento atual, ele pode perder a ponta daqui a duas corridas, em caso de dois maus resultados combinados a duas vitórias do companheiro de equipe.

- Não que isso vá acontecer, Button deve confirmar a liderança até o fim do ano, mas uma coisa é expectativa, outra é fato consumado. Da forma atual, a perspectiva de que “pode acontecer” torna o campeonato interessante.

- Próxima etapa na Turquia, pista na qual a Ferrari e – principalmente – Felipe Massa se dão muito bem. Acho que a Brawn vai ter um desafio duro pela frente.

Classificação final - GP de Mônaco 2009

Comentários do Facebook

comentários

22 comentários

  1. Andre disse:

    Lembro dessa corrida!
    O Massa andou muito no final(podem ver a comparacao de tempos) , mas nao conseguiu ultrapassar o Kimi , pq sabe como e monaco neh!

  2. s3th disse:

    as equipes (a ferrari, diga-se de passagem) estão questionando o teto que a FIA quer impor para os times….. mas qual o orçamento atual das equipes? Qnt a Ferrari vem gastando? Eu lembro que nos tempos de domínio absoluto com o schumacher era uma cifra vultuosa, muitas vezes superior ao dos outros times, mas não tenho nem ideia de grandeza da coisa….

  3. KBK disse:

    “Anônimo” você pode citar um caso dessas possibilidades que você citou? Tirando o Buemi e a perna quebrada é claro.

    A verdade é que o Button está muito consistente e a Brawn demonstrou-se um carro muito confiável e veloz, em todos os tipos de pista.
    Eu vejo 3 possibilidades de o Button não ser campeão:
    - Barrichello começar a superá-lo.
    - O inglês ter “azar” com seu carro, varias vezes. Acidentes, rodadas e afins.
    - Ferrari e Red Bull se tornarem constantemente mais rápidos que as Brawns, deixando Button a disputar o 5º lugar sempre.

    Sendo a 3 mais provável, ou seja, tudo improvável.

  4. anônimo disse:

    O Button pode quebrar a perna e ficar três corridas fora. Pode ser acertado pelo Sebastian Buemi. Pode entrar em crise existencial e abandonar a Fórmula 1. Pode ter um surto psicótico e querer entrar na pista de triciclo. Sei lá… o mundo não é tão óbvio e previsível quanto nos blogs dos comentaristas de automobilismo… Também concordo que se não houver o imponderável Button será campeão. Mas você se esqueceu de considerar o imponderável… Abrá!

  5. rubrns filho disse:

    Estou convencido que o Barrichello : É, e gosta de ser um bom escudeiro.
    No inicio da correida, ele não arriscou ; apenas cumpriu o papel papel dele.
    EUDEMAR LAFORGA. voce esta certo.
    Se estivecemos em uma bolça de aposras como na INDY, eu estaria liso.

  6. ELF_TL72 disse:

    Piloto bom é o que corre pelo simples prazer pessoal de correr, competir, superar e vencer. Quem corre para “calar a boca” de alguém, para manter o emprego, para provar ao outros que é capaz, corre com um peso nas costas. E quem carrega peso extra difcilmente consegue ser campeão.

  7. Sidewinder disse:

    Pois é! E eu que fiquei esperando o burrinho vencer para cumprir o ultimato de ontem de mandar algumas pessoas calarem a boca. Antes torcia p’ra ele se aposentar, mas agora vejo que sem ele, o circo não terá a mesma graça. Ainda bem que os quelônios vivem mais de cem anos e assim poderei morrer rindo.

  8. Onyas disse:

    É engraçado notar que Jenson Button, que possui 5 vitórias, tem uma vantagem de “apenas” 16 pontos para Rubens Barrichello, com 0 vitórias.

    Barrichello tem feito uma grande temporada, o negócio é que o Button está perfeito, isto faz com que a diferença, que pode ser tirada em duas corridas, pareça muito maior do que realmente é.

    Barrichello, se quiser ser campeão, vai ter que correr com mais confiança em si mesmo, algo que ele parece ter perdido já há algum tempo. Porque a distância não é grande apesar do domínio absoluto do inglês na temporada.

  9. Ridson disse:

    http://historiasevelocidade.blogspot.com/

    fiz uma análise da corrida no meu blog..apareçam por lá

    e essa polêmica aí do bourdais saindo da str e uma possível vaga p/ di Grassi. Eu acho fogo de palha da mídia. E vc Capelli?

  10. Como alguém já comentou aí, também acho precipitado dizer que o campeonato tem dono, embora Button seja franco favorito.
    Só espero que as próximas corridas sejam mais emocionantes. A Ferrari parece estar ressuscitando; a McLaren teve problemas em Monte Carlo, mas melhorou em relação ao início da temporada; e a Red Bull ainda vai aprontar algumas.
    Mesmo que a possível pulverização dos pontos ajude Button, vai ser bom ver alguns duelos na pista. Hoje, o único que se animou a isto foi Massa.
    Aliás, Massa anda numa fase espetacular, a Ferrari é que não tem ajudado. Uma pena.

  11. Paulo Ferreira disse:

    Marcelo:Os 3 que mais GPs disputaram na F1: Schumacher, Patrese e Barrichello pela ordem; 249 – 256 – 274 GPps / 91 – 6 – 9 Vitórias / 43 – 17 – 29 2º lugar / 20 – 14 – 27 3º lugar / 76 – 13 – 17 Melhor Volta / 68 – 8 – 13 Poles / 154 – 37 – 65 Podiuns / 1.369 – 281 – 565 Pontos / 5,5 – 1,1 – 2,06 Pontos por GP.
    Bem prá quem gosta de números, aí está…
    Comparar o Barrichello com o Alemão é brincadeira, mas já em relação ao Patrese que também correu em grandes equipes na sua época o desempenho do nosso Barrica parece ser muito bom.

  12. KBK disse:

    Piquezinho…medo, Grosjean vem ai.

    Merecido resultado do Bourdais, que no ano passado em Monaco foi superior ao Vettel durante todo fim de semana. O Alemão por outro lado parece não gostar das ruas do principado.

    Triste o sistema de pontuação…Button vem dominando o campeonato, minimos erros. A vantagem? 16 pontos…
    Culpa do Bernie, quando percebeu que havia uma pressão para voltar a valorizar mais a vitória, deu uma sugestão (no mesmo sentido) exagerada, para não ser aceita e ficar tudo como está.
    Mais uma vitória de 2 pontos para Button.

  13. anônimo disse:

    Não gosto do Barrichello. Acho um piloto apenas mediano que não tem força para ser campeão mundial. Mas tem chão pela frente ainda amigo, e muita coisa pode acontecer. Cuidado com os surtos de Mãe Diná. Abraço.

  14. Sidewinder disse:

    Depois das engasgadas do barrichello durante a entrevista depois da corrida, essa resposta do Nelson Ângelo foi a mais engraçada do ano.

  15. Jobson disse:

    Ângelo Piquet sobre Sebastien Buemi:

    É isso que dá colocar piloto jovem na F-1, sem experiência”.

  16. Arthur Simões disse:

    E a Force India Capelli????

    Merece algum crédito né.Fisico andou forte,mas a amargura continua….

  17. Danilo disse:

    Capelli, o trecho que falava sobre a decisão do título para quem tiver mais vitórias já foi riscado do regulamento para 2010!
    Abração.

  18. Sidewinder disse:

    “na busca da… da… vitória que… que… com certeza… (pigarro) deve acontecer.” rárárárárá… desculpe… rárárá… mas não deu p’ra resistir. rárárárárá…

  19. Marcelo - ChiVas disse:

    Estou tentando descobrir, mas não achei as estatísticas na web, mas quantos segundo lugares o Barrichello tem? Com certeza deve ser o piloto com mais segundos lugares…

Deixe uma resposta para Arthur Simões Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>