MENU

7 de julho de 2009 - 22:18Curiosidades, História

O festival dos festivais

Foto: Reprodução/Grande Prêmio

Foto: Reprodução/Grande Prêmio

No último final de semana, Bruno Senna apareceu em tudo quanto é canto nesta foto fantástica, guiando a McLaren que foi de seu tio. Mas você sabe por que isso aconteceu? E que evento era este? Pois eis a resposta. Foi no “Festival dos Festivais”, alcunha sacana que acabei de chupinhar daquele programa brega da Globo para descrever o Festival da Velocidade de Goodwood, certamente o maior encontro automobilístico mundial.

O circuito de Goodwood faz parte da história do automobilismo inglês. Palco da primeira corrida britânica acontecida no pós-guerra, em 1948, firmou-se como um dos principais centros de corridas do país, com as tradicionais “9 horas de Goodwood”. Em 1962, no entanto, começou a cair em desgraça quando Stirling Moss sofreu um grave acidente que abreviou sua carreira. Em 1966, com a recusa de seus donos em encher o traçado de chicanes em função da crescente velocidade dos carros, o circuito foi fechado e passou a ser apenas uma pista de testes. Mas ainda entraria para a história em 1970, quando Bruce McLaren lá perdeu a vida enquanto testava um de seus carros.

Goodwood ficou esquecido por mais de duas décadas, até que a nobreza da região, na figura do Conde de March e Kinrara (que também responde pelos títulos de Duque de Richmond, Duque de Lennox e Duque de Gordon), decidiu trazer de volta o charme do automobilismo para Goodwood. Não foi possível resgatar o antigo circuito para voltar a organizar corridas, mas foi aí que surgiu a ideia de montar um festival que reunisse exposição de carros antigos, desfiles e corridas de demonstração num traçado de pouco mais de dois quilômetros cercado por feno, ladeira acima e abaixo.

O primeiro Festival da Velocidade de Goodwood aconteceu em 1993, pequeno, mas cresceu rapidamente e hoje é, sem dúvida, uma das principais datas do calendário automobilístico mundial. Em todo o final de semana, cerca de 200 mil pessoas comparecem para ver carros de todas as épocas, desde os quase artesanais do fim do século XIX até os Fórmula 1 atuais. No evento da semana passada, Lewis Hamilton andou com a McLaren campeã de 2008, enquanto Stirling Moss desfilou com a histórica Mercedes W196.

E em Goodwood é possível ver improváveis relações carro/piloto. Em outras edições, Eddie Jordan já guiou o 191, o primeiro F1 que construiu e que foi o primeiro cockpit de Michael Schumacher na categoria. Nelsinho Piquet já guiou a Williams do pai e até Emerson Fittipaldi deu uma aceleradinha na Ferrari de Michael Schumacher.

E, em 1999, Rubens Barrichello teve a oportunidade de guiar dois F1 históricos: a McLaren MP4/6 de 1991, do tricampeonato de Ayrton Senna, e a Lotus 79 de Mario Andretti, o revolucionário bólido que deu ao ítalo-americano o título mundial de 1978. E o piloto brasileiro deu um depoimento exclusivo ao Blog do Capelli, relatando o que sentiu ao guiar tais máquinas. Com a palavra, Rubens!

Foto: Anthony Fosh/Flickr

Foto: Anthony Fosh/Flickr

“Eu estava tão empolgado em guiar o carro do “chefe” que a situação passou tão rápido, nem vi… O pedal era muito arisco e com as ondulações ele saltava demais. Era 8 ou 80! Dava pra sentir a potência do motor e a diferença do assento. Eu ficava para fora do carro, totalmente! Foi demais a experiência.”

Foto: Anthony Fosh/Flickr

Foto: Anthony Fosh/Flickr

“Quanto à Lotus, eu não tinha nem banco e estava mais desconfortável. Mas o carro era muito mais alto em relação ao chão e o motor mais fraco (400 cavalos). Naquelas ruas foi muito mais fácil de guiar do que a McLaren. E também foi o primeiro carro que lembro ter visto e torcido na TV.”

Isso é Goodwood!

Comentários do Facebook

comentários

44 comentários

  1. Fabiano Prado disse:

    Para falar mal de Rubinho com embasamento teório, de antes uma olhada nessa lista:

    Alex Dias Ribeiro, Antonio Pizzonia, (o grande) Chico Landi, Chico Serra (destaque da StockCar),
    Christian Fittipaldi (vergonhoso), Cristiano da Matta, Enrique Bernoldi, Fritz d’ Orey (apesar do nome, era brasileiro), Gino Bianco, Hermano da Silva Ramos (Quem?), Ingo Hoffmann (destaque da StockCar), José Carlos Pace (Único dessa lista a ganhar um GP de fórmula 1), Luciano Burti (vergonhoso), Luiz Bueno, Mauricio Gugelmin, Nelson Ângelo Piquet (vergonhoso), Pedro Paulo Diniz (paydrive), Raul Boesel, Ricardo Rosset, Ricardo Zonta (vergonhoso), Roberto Moreno, Tarso Marques, Wilson Fittipaldi (só nome).

    Todos brasileiros que nunca ganharam p**** nenhuma na F1. Dez jamais marcaram pontos. Alguns não duraram 1 ano. Alguns pagaram pra correr. 23 pilotos que ou vieram antes do Senna (Quando não havia a pressão de substituir o herói nacional) ou depois do Rubinho (Quando já havia o bode expiatório).

  2. Fabiano Prado disse:

    Respondendo ao Rianov Albinov, mais do Life W12:

    http://mmslot.blogspot.com/2009/07/life-l190-o-pior-carro-da-f1.html

  3. Batista disse:

    Lamento o Tiago, que não entendeu o Sr. Jorge Ferrari, pois ele afirma exatamente o mesmo que o Tiago, que “ trouxa é quem tem inveja dos outros´´, a agora capeli, volto a perguntar o mesmo que o Eduardo peguntou ( faz dois meses e vc ainda não respondeu ) O que é aquilo que o Rubinho esta segurando, uma camera ?????

  4. Clenio A. Vilela disse:

    Pessoal!! Escrevo meio tardiamente mas, fiquei com inveja danada do Luis Fernando, por êle ter ido à Goodwood… nem que eu tenha que vender algumas coisas minhas, irei à Goodwood, 24 heures du Mans e Indy 500. Juro!

  5. Tiago disse:

    Trouxa é quem tem inveja dos outros, sr. Jorge Ferrari….

  6. Jorge Ferrari disse:

    Rubinho Second Place!
    Quem de nós que gosta de automobilismo que não gostaria de estar no seu lugar?
    Se existir esse alguém ele é o campeão dos trouchas!

  7. WilliamP disse:

    Cara muito 10 !!! tem algum site com mais fotos desse evento??Só não gostaria que o Bruno fosse tão pressionado como ele será quando entrar na F1 . Pq o nome pesa !

  8. Fowler T Braga Filho disse:

    Goodwood é sonho de consumo que espero realizar ainda nesta encarnação.
    E apesar de não ser dengue, acompanho o Moskito.
    Deveriam deixar outro piloto assumir o carro, não o eterno “second place”.

  9. Nilson disse:

    Eu torço sempre para e pelo Rubens Barrichello ,acho ele o maximo .Poucos suportariam a pressão que ele suporta pricipalmente da imprensa maldosa e de invejosos limitados.Ele é realmente um brasileiro que não desiste nunca.

  10. Thiago Leopoldo disse:

    Vindo do site:

    *-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-
    The Hillclimb
    How the Hillclimb competition works

    A principal attraction of the Festival of Speed is the hillclimb competition, which takes place throughout the Festival weekend on a 1.16-mile course on parkland roads in the grounds of Goodwood House – click here for map. The start is near the gate lodge at the South of the park. Cars race along a tree-lined avenue and turn to pass in front of Goodwood House, before CLIMBING A STEEP AND NARROW estate road past flint walls and dense woodland groves, heading towards Goodwood’s equine racecourse on top of the magnificent South Downs.

  11. Thiago Leopoldo disse:

    Hillclimb = subida, Capelli.
    Moscou nessa, mas acontece.

  12. Terramex disse:

    Essa época (década de 70, 80, começo da de 90) a F1 era muito mais divertida, pelo menos para mim. Se eu fosse o manda-chuva, proibiria os aerofólios, permitiria apenas pneus bem duros (pra atrapalhar frenagens) e as assistência de direção hidráulica. Voltaria também o comando do câmbio para alavanca, mesmo que fosse eletrônico. E liberaria novamente desenvolvimento de motor, chassis, suspensão ativa, enfim, tudo liberado, menos aerodinâmica e ajudas pro piloto (ABS/TC/etc também não).

    Sonho meu…..

  13. Dudezi disse:

    Capelli, segue um link do Millen Tacoma aonde se pode ver bem a subida.
    http://www.youtube.com/watch?v=VQ7gFfWZKWU

    da pra ver bem que é subida depois dos 40 segundos

    • Capelli disse:

      Valeu, Dudezi. Todos os vídeos que eu sempre tinha visto só mostravam os trechos em descida. Já alterei o texto, obrigado a todos que alertaram.

  14. Diogo Coelho disse:

    Não tem nada a ver com o post, mas esse capacete do Rubinho é muito bonito. Espero que ele volte a usá-lo.

  15. Tá sabendo que teve até a Life correndo, né Capelli? Reconstruíram o bizarro carro e o colocaram para andar aí. Lorenzo Prandina, o homem que comandou a reconstrução do exótico motor W12 e o ‘velho’ Arturo Merzário, foram quem pilotaram o “”””bólido””””. Pelo menos não quebrou em duas ou três curvas, como sempre fazia nos idos de 1990.

    Abraços

  16. Luiz Fernando disse:

    Eu fui a Goodwood em 2005, o ano em que Piquezinho pilotou o carro do pai. Tenho fotos e vídeos disso e muito mais. Fiquei um dia todo por lá, e simplesmente não dá vontade de ir embora. Naquele ano também teve Emerson Fittipaldi pilotando sua Lotus de 72. A McLaren do título de Senna em 88 foi pilotada por um inglês, que se disse muito honrado por isso. Vi também a Lotus JPS de Senna (1986), dentre várias outras lendas das pistas.
    Como funciona: a maioria dos carros ficam em boxes improvisados sobre tendas numa determinada área ao lado da pista, que fica numa propriedade rural enorme. Antes de cada grupo de carros ir para a pista, eles são conduzidos até uma espécie área isolada (sem muros altos – é tudo visível e próximo ao público). Lá os mecânicos ligam os motores e fazem os últimos preparativos, e é muito legal ver tantos carros de épocas diferentes juntos e berrando ao mesmo tempo. Saindo dali, de fato os carros descem por um trecho da pista para acessarem o ponto de largada. Na sequência, todo o trecho por onde os pilotos desfilam perante o público é uma subida. Ninguém corre muito, mas todos exageram nas aceleradas, patinagens e derrapagens controladas. O público delira, principalmente se for qualquer dos carros de Fórmula-1, cujo ronco não tem como ser comparado a qualquer outro tipo de carro.
    Já escrevi demais, mas em resumo é o seguinte: pra quem gosta, é prato mais do que cheio..

  17. Moyna disse:

    1- Que eu me lembre o carro-skate do Murray foi a Brabham BT-55, dois anos antes.
    2- Houve pelo menos um degolado, mas na década de 70: Helmut Köenig, em Watkins Glen.

  18. Junior disse:

    Se é uma pista “circular” e os carros descem com certeza em algum momento eles tem que subir novamente para voltar ao mesmo nível da linha de chegada. Pensando lógicamente os carros sobem e descem para completar uma volta, correto?

    Quanto ao festival, realmente deve ser o melhor evento automobilistico que existe, deve ser sensacional ver estes carros históricos andando.

  19. Zago disse:

    Até onde eu sei é subida de ladeira… Se não me engano é “Goodwood Hill Climb”. O recorde é do Heidfeld quando ainda era piloto de testes da McLaren.

  20. Dudezi disse:

    Capelli, só pra informar, a pista é em subida. O evento, em inglês, Goodwood Festival of Speed aonde os carros participam do “Hill Climb”. Não ladeira abaixo como vc disse. Esse evento também tem um “circuito de rally” com participação de vários carros famosos como os Stratos e alguns Subarus do Colin McRae entre outros.

    Não sei se vc sabe mas em Setembro tem o Goodwood Revival. Nesse evento só se pode participar carros que correram entre 1948 – 1966. Se usa a pista de Goodwood sem auteração no traçado mas modernizada as áreas de escape e arquibancadas para ser seguro. Emerson participou ano passado num Corvette pois queria um carro “seguro” já que todos pilotam seus carros como se não houvesse um amanhã.

    PS: no Revival as público e os participantes tem que se vestir com roupa da época.

  21. Alexandre Melo disse:

    Olá, quanto ao VTEC dos motores Honda, eu não sei em 88, mas em 91 já usavam sim, inclusive, reza a lenda, que o próprio Senna ajudou a Honda a desenvolver esse sistema maravilhoso que equipa Civics e Accords desde o início dos anos 90 e que realmente faz a diferença. Ontem mesmo eu estava comentando com um amigo que tem um Civic 95 ( eu possuo um 93 ) e ele me dizia que em uma viagem, um amigo dele com um carro nacional zerinho, motor 2.0 não o acompanhava, sobretudo nas curvas, e lá foi ele explicar sobre o VTEC, deixando o amigo de ´boca aberta´! Mas, pelo que eu sei, o sistema VTEC da F1, pelo menos quando a Honda voltou em 2006, 07, 08, era eletrônico ou pneumático. Legal ter visto essas fotos e o comentário do Rubinho. Por falar em fotos, tem como ´aparecer´ aí a do Emerson guiando a Ferrari do Schumacher?

  22. Harerton Dourado disse:

    Snme, a partir de 1991 os motores Honda eram equipados com o VTEC. Inclusive teria sido este um fator a possibilitar a vitória histórica de Ayrton Senna em Interlagos naquele ano, usando apenas a 6a marcha nas últimas voltas.

    [ ]‘s

  23. moskito disse:

    nao deveriam ter deixado o maior perdedor de corridas do universo sentar nessa mclaren, nao acrescentou nada, aele ja sujou o historico campeao, agora mancha visualmente do carro do campeao, realmente barbichello, era 8 ou 80, ou entrava pra ganhar ou nao entrava, mas isso é historia de campeao, que vc nunca vai poder comentar…ja que consite no maior perdedor de corridas da historia , (acho
    q ja passou patrese nas derrotas) mkito

  24. Erik disse:

    Vocês sabem se os motores Honda da F-1 usavam o sistema VTEC presente em seus carros de passeio?

  25. Kadu Nogueira disse:

    O que mais me impressiona nos carros da década de 80 (e de forma mais marcante, na MP4/4) é o fato do piloto ficar com os ombros para fora do carro, além do santantônio baixíssimo. Não sei até hoje como nenhum piloto foi degolado ou sofreu lesões seríssimas na cabeça devido à configuração dos carros.

    Se o Rubens achou que ficava para fora do carro no MP4/6, o que ele diria do MP4/4, que é quase um Kart? Dá medo!

  26. Fábio disse:

    Capelli,
    Sou fã de automobilismo e lembro bem do McLarem do “Patrão”, ele sim, era o cara.

  27. Eduardo disse:

    Capelli,

    O que é aquilo na mão do Barrichello na foto da Lotus? Uma camera?

  28. Fernando disse:

    Deve ser muito legal ver esses carros históricos juntos e perceber a evolução dos carros em função do tempo. Mas me chamou atenção foi o comentário do Rubens Barrichello sobre o carro da MacLaren de 1991, que ele ficava para “fora” do carro.
    Acho que o Kubica pensa nisso toda vez que falam do acidente dele!

  29. F1 ao vivo disse:

    RT: @ivancapelli: A história de Goodwood e um depoimento exclusivo de @rubarrichello: http://migre.me/3mb3

  30. Sandro disse:

    McLaren MP4/4: o “carro-skate” by Gordon Murray.
    Impressionante com o motor Honda turbo a Mclaren sobrava nas pistas!
    E em 1988, havia o limite de 150 litros de gasolina para os carros com turbo!
    Era um tempo que a Honda fazia motores decentes!

  31. Beatle Ed disse:

    Ouvi dizer que Bruno Senna quebrou o câmbio do McLaren e por isso Hamilton não pode guiá-lo no dia seguinte. É verdade ou não??

    Abs

  32. Renato disse:

    Sei que não é F1, mas também tivemos uma reunião de carro com descendente, que para os EUA, foi tão importante quanto essa de Bruno Senna na McLaren do tio.

    Tivemos Taylor Earnhardt pilotando o NASCAR Chevrolet Monte Carlo #3 de Dale Earnhardt, o mesmo com o qual ele venceu a Daytona 500 de 1998, depois de 19 tentativas e o mesmo que morreu na última volta da Daytona 500 de 2001.

    Realmente, o pessoal pegou forte na emoção em Goodwood este ano.

  33. pra quem ñ sabe o q é Goodwood – RT @ivancapelli: A história de Goodwood e um depoimento exclusivo de @rubarrichello: http://migre.me/3mb3

  34. Marilia C Martins disse:

    Ano que vem quero estar lá! :)

    ah Capelli, vc viu a foto do outdoor da Audi??? Sensacional

  35. Emerson Pardo disse:

    #automobilismo RT @ivancapelli A história de Goodwood e um depoimento exclusivo de @rubarrichello: http://migre.me/3mb3

  36. RODRIGO SALAME disse:

    o capelli,

    descola a foto do nelsinho na willians que foi do nelsao??

    abs

  37. Erik disse:

    Essa foto do Rubens na MP4/6 é muito boa! Ele deve ter se assustado com aquele Honda V12 nas costas!

  38. Zago disse:

    Fantástico, Capelli!! Eu não lembrava do Nelsinho na Williams do Nelsão!! Tem fotos disso???

    http://www.blogpitlane.blogspot.com/

  39. Capelli disse:

    A história de Goodwood e um depoimento exclusivo de @rubarrichello: http://migre.me/3mb3

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>