MENU

2 de fevereiro de 2011 - 13:31Análises, Automobilismo

Rabo de baleia

Há uma máxima do mundo corporativo – daquelas que muita gente engole sem ao menos questionar – que diz que “é melhor ser cabeça de sardinha do que rabo de baleia”. Tecla SAP: antes ser dono do próprio nariz a ser apenas uma parte de uma estrutura maior. O aforismo faz algum sentido em determinados casos. Mas, como tudo na vida, não serve de regra para tudo. Que o diga, Bruno Senna.

Cabeça de sardinha no ano passado, na ridícula Hispania, passou por maus bocados e teve boa parte de sua reputação queimada. É lógico que ninguém, em sã consciência, esperaria um grande resultado com aquele arremedo de carro. Mas algumas situações foram bastante constrangedoras, como derrotas internas para pilotos pouco cotados como Karun Chandhok e Sakon Yamamoto. Além disso, o dirigente Colin Kolles tentou afastá-lo do time a partir do GP da Inglaterra. Conseguiu, mas por apenas uma corrida, depois que o brasileiro o ameaçou com um processo judicial.

Dado o péssimo momento, é hora de Bruno Senna recomeçar. E se seu objetivo é mesmo a Fórmula 1, faz mais do que certo em assumir o posto de rabo de baleia da Renault. Será terceiro piloto do time, banco de Vitaly Petrov. À primeira vista, parece humilhação, mas não deve ser encarado assim. Ainda que os testes na F1 estejam rigorosamente limitados, o posto de piloto reserva dá a Bruno Senna uma moeda por demais importante nos bastidores da categoria: presença.

Outra máxima diz que quem não é visto, não é lembrado. E no mundo da Fórmula 1 isso faz todo o sentido. Bruno estará nos paddocks em todas as corridas do campeonato, poderá andar em alguns treinos de sexta-feira e terá contato frequente com pilotos, donos de equipe e empresários. E é nesses momentos que poderá fazer os contatos necessários para voltar a ser titular em algum time minimamente decente.

Bruno vai pilotar pouco, é verdade. Mas vai andar um bocado no paddock e isso é o que importa neste momento. É hora de jogar a rede outra vez, já que a primeira puxada foi um fracasso. A cabeça de sardinha foi engolida, sem piedade, por uma gorda baleia.

Comentários do Facebook

comentários

9 comentários

  1. RT @ivancapelli: Análise sobre Bruno Senna como 3º piloto da Renault no blog: http://j.mp/fnhYrD

  2. Leandro Moura disse:

    Boa análise RT @ivancapelli: Análise sobre Bruno Senna como 3º piloto da Renault no blog: http://j.mp/fnhYrD

  3. Capelli disse:

    Análise sobre Bruno Senna como 3º piloto da Renault no blog: http://j.mp/fnhYrD

  4. Luis Antonio Mendes disse:

    Concordo com o o Luiz Carvalho, não me caiu o fato de toda às vezes que o Bruno pilotou com o Klien, o austríaco conseguiu se classificar a frente dele.

  5. Adriano Santi disse:

    O que ele precisa mesmo fazer, além de marcar presença no paddock, é aproveitar os treinos de sexta-feira que conseguir e marcar bons tempos. Se der uma canseira no Petrov e chegar perto do Kubica, tá de bom tamanho.

  6. lucastex - f1 disse:

    Rabo de baleia http://goo.gl/fb/9coT9 #análises #automobilismo #brunosenna #hispania #renault

  7. @WLuizCarvalho disse:

    Por mais ruim que seja a HRT, é inesplicável como o Senna tomou tempo até do Klien que nem piloto reserva oficial da equipe era, já tinha sido dado como “aposentado” da F1, e sem ter corrido no mínimo a 2 anos, sentou no mesmo carro do Bruno, sem treinar e fez tempos melhores. Uma coisa é correr uma equipe péssima, isso serve como desculpa para os resultados ruins, outra é ficar atrás dos outros pilotos dessa mesma equipe.

  8. Rabo de baleia:
    Há uma máxima do mundo corporativo – daquelas que muita gente engole sem ao menos questionar – … http://bit.ly/i4RnjC

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>