MENU

18 de março de 2012 - 7:08Análises, Automobilismo, Curiosidades, Estatísticas

Decepção prata

Quem prometeu e não entregou na Austrália foi a Mercedes. Fez mistério com o tal duto inovador, Schumacher fez patetice tentando esconder a grande novidade do carro enquanto um guincho retirava seu bólido da caixa de brita no sábado, classificou até bem, mas na corrida…

O carro da Mercedes é bom de treino, mas deixou muito a desejar na prova. Se é só o tal duto de ar acionado com o DRS o grande salto do carro, é um salto praticamente inútil. Pode colocar seus pilotos à frente no grid, já que nas classificações pode ser usado livremente, mas com as restrições de uso do mecanismo em corrida, o W03 vira um modelo absolutamente comum.

Michael Schumacher saltou bem na largada, pulou para terceiro, mas logo escapou da pista e abandonou. Ainda não ficou claro que escapou porque quebrou ou quebrou porque escapou, numa espécie de enigma germânico de Tostines, mas tanto faz. Pelo que se viu de Nico Rosberg na corrida, também não ficaria ali na frente por muito tempo.

Nico passou a prova toda no pelotão da merda, os pneus pareciam se desgastar com facilidade e a Mercedes não foi minimamente competitiva. De aspirante ao pódio, o máximo que conseguiu foi um decepcionante 12º lugar, fora da zona de pontos. É justo, entretanto, destacar que o alemão provavelmente chegaria em oitavo lugar e foi prejudicado pela batida de Maldonado. Porém, mesmo a oitava posição seria por demais decepcionante.

Aliás, o abandono de Schumacher dá a ele um recorde negativo na carreira. Ele acaba de entrar no “pódio dos sem pódio”. Explicando: ele tornou-se hoje o detentor do terceiro maior jejum de pódios entre pilotos já campeões mundiais. Os recordistas são dois: o inglês Graham Hill, que depois de ser campeão amargou 70 corridas consecutivas sem subir ao pódio, e Jacuqes Villeneuve, que também ficou 70 provas seguidas sem chegar entre os três primeiros entre 2001 e 2006. O terceiro lugar era de Mario Andretti, com 40 corridas, mas agora Schumacher chegou às 41 provas sem pódio. O alemão adora colecionar recordes, mas este com certeza não está entre seus pretendidos.

Comentários do Facebook

comentários

6 comentários

  1. MArcelo disse:

    Só acho que esse negócio de deixarem usar o DRS a torto e direito nas classificações não faz muito sentido… pra mim, ou não permitiria o uso, ou permitiria somente nos mesmos pontos em que são permitidos em situação de corrida.

  2. eduardodragonetti disse:

    e ainda querem proibir o duto frontal da mercedes, é melhor deixar do jeito que tá assim eles não ganham nada.

  3. Marcelo disse:

    Se fosse só a saída de pista outros carros teriam também o câmbio quebrado, basta ver o carro do Senna que levantou 1 metro de altura! Schumacher admitiu que tentava outros tipos de configuração nas marchas para amenizar o problema, escapar da pista foi o de menos(eu acho que ele percebeu que quebrou de vez, logo facilitou para Vettel que vinha atrás, jogou o carro para fora para não atrapalhar), os carros estão mais “ariscos” vários sairam da pista, e no final das contas aquela Mercedes do Schummy não ia muito longe, ia quebrar. Foi pura falta de sorte, a Mercedes desde 2010 com a nova pontuação só marcou 11 pontos, é muito pouco. E os dois pilotos nos últimos dois anos no GP da AUS, só tiveram zica…mas o pior de tudo foi saber que o carro ainda tem problemas com o consumo elevado nos pneus. Vamos ver se melhora até o meio do ano, senão vai ficar pra trás, essa Lotus vem pra incomodar muito. Talvez até a Williams, o carro com Maldonado estava muito bem, ainda mais em relação ao consumo de pneus, mas vamos ser justos, Maldonado também fez a diferença, atacou a corrida toda. Prefiro ver um piloto assim mesmo batendo no final, que fazer aquela corridinha de espera…torcedor quer ver AÇÃO, isso Maldonado fez desde a largada!

    Bruno Senna que trate de acelerar, o Maldonado esta surpeendendo!!!

    O Emerson Fittipaldi no vídeo abaixo, alerta! Madonado não é nenhum bobo na pista, é muito rápido!

    Clique em: “Falta experiência para Bruno Senna”, no final do vídeo Emerson fala sobre o companheiro de Senna.

    http://esporte.ig.com.br/automobilismo/f1/bruno-senna-tem-talento-mas-falta-experiencia-diz-fittipaldi/n1597696124789.html

  4. Anderson Ramos disse:

    Quero dizer da felicidade de ver novamente a F1 neste fim de semana, Gostei muito da vitória do Button, achei legal as corridas das equipes sempre perto uma das outras, isso foi positivo.
    Eu esperava um pouco mais das Mercedes principalmente do Rosberg, o Schumi ainda briga com sigo mesmo. Fique decepsionado com a corrida da Ferrari do Massa, que no fim ainda tirou o bruno da corrida, se o Felipe deixasse o Bruno passar, ele poderia ter terminado bem, afinal tomou um toque logo na primeira curva. Gostei de ver na corrida 6 campeões da F1 e 6 da GP2, parabéns ao Perez que largou no fim do GRID e chegou em oitavo lugar, acho que ele deve subistituir memo o Massa. Gostei da volta do Kimi, e do Grosjean. A Lotus, Williams e Mercedes irão ganhar corrida este ano, esta é minha aposta.

    Agora vamos esperar o GP da Malásia.

  5. É. O alento é que Schumacher parece ter pego a mão do negócio de novo.

  6. Lucas disse:

    Respondendo a sua pergunta, Schumacher escapou porque quebrou. De acordo com o hepta campeão, o câmbio já estava com problemas bem antes da saída e que a escapada foi consciente para evitar uma rodada quando o câmbio foi pro brejo de vez.

    Agora, eta ritmo ruim de corrida esse da Mercedes em! A única vantagem deles é que graças ao motor potente, os carros sofriam bastante para conseguir ultrapassá-los, tanto é que Nico lideou trenzinhos durante boa parte da corrida. Precisa melhorar isso para não ficar para trás de novo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>