MENU

18 de março de 2012 - 17:05Análises, Automobilismo

Foi mal, aí

Pastor Maldonado fez um corridão na Austrália, mas jogou tudo pela janela na última volta. E foi honesto ao dizer após a corrida: “Infelizmente eu perdi a traseira do carro ao pressionar Alonso e não tive para onde ir”. O venezuelano era sexto, botava uma pressão dos infernos na Ferrari de Fernando Alonso, mas cometeu um erro capital. Isso tira seu mérito na corrida? Para mim, não.

A Williams vem da pior temporada de sua história, em 2011. A expectativa do time sempre foi bem clara: “marcar pontos de vez em quando”. Maldonado vai lá e coloca o carro no Q3. Larga em oitavo, passa a corrida toda na zona de pontuação, protagoniza belos duelos, dá um passão em Grosjean (acabou em toque, mas foi lance de corrida, nem investigação houve), ultrapassa uma Ferrari e ainda pressiona a outra no final. Poderia ter se acomodado e chegado num fantástico sexto lugar, mas preferiu ousar uma quinta posição. Merece condenação? Não.

A gente passa a vida toda reclamando que os pilotos estão bundões, que ninguém faz nada depois do último pit stop, fica todo mundo na viadagem do “bring the kids home”. Então, por coerência, não dá para condenar quando um piloto subverte a ordem e assume o risco para ganhar uma posição na última volta. Terminou mal, mas poderia ter terminado bem. E teve peito de assumir a responsabilidade e pedir desculpas para a equipe. “Foi mal, aí”. Tudo bem, fica para a próxima.

A Williams perdeu hoje pontos no campeonato, mas ganhou auto-estima. E uma auto-estima mais elevada da equipe como um todo trará mais resultados no curto e médio prazo. Prefiro mil vezes um piloto que faz um corridão e erra no fim do que um que passa a prova toda resignado com uma posição intermediária e não mostra brilho algum. É mais fácil um piloto ousado como ele acostumar-se a andar na frente e diminuir a quantidade de erros do que tentar fazer um cauteloso ser mais rápido. O cauteloso, quando tentar ser rápido, vai fazer ainda mais bobagens.

Se é pra escolher entre um Maldonado e um Timo Glock, eu contrataria um Maldonado. E você?

Comentários do Facebook

comentários

39 comentários

  1. Mauricio Bruder disse:

    A matéria é sobre o Mal do nada, mas, muitos falaram de vê-lo na Ferrari ou Red Bull. Se eu fosse o Montezemolo mandaria embora no final do ano o Massa (a não ser que ele faça uma temporada fenomenal, o que é difícil) e junto com ele o Domenicalli. Ou o Luca está ficando cego ou esse Dorme tem uma mega multa contratual… Desde que ele assumiu não acrescentou nada a Ferrari a não ser o campeonato do Kimi em 2007 que ele pegou um projeto pronto por seu antecessor. Daí em diante, como diz um amigo “foi só derrota”!

  2. Daniel Pescadinha disse:

    Coitado do Maldonado.. Ficar no lugar do Glok é sacanagem…
    Mas na vaga do Felipe “Zacarias” Massa ou do “cangurú” Webber, isso sim parece que o rapaz merece… A RB por motivos óbvios e a Ferrari, que apesar de estar uma bosta, tem $$$ para se recuperar…

    No entanto, seu fosse decidir o futuro de uma destas equipes, colocaria na frente alguns outros nomes, como “O mito” Kobayashi, o “Estripador” Sutil, e talvez o “Telmex” Perez…

  3. willes disse:

    O Bruno já mostrou que é uma pessoa legal, mas ele vai ter que mostrar serviço na pista o quanto antes, pois, contrariando muitos comentaristas, a Williams tá andando bem, é confiável e gastando pouco pneu. Portanto vamos aguardar um pouco mais; embora vejo o Maldonado com mais gana e moral elevado. Esse Venezuelano é bota, olho nele!

  4. Vinicius Coelho disse:

    Na minha opinião, o Senna tá ferrado!
    Achou que ia ficar lá atrás, fazendo figuração com o carro da Williams…
    Pois o carro este ano está bom! Vai ter que mostrar serviço!

    E o Maldonado, que foi subjulgado por muitos, deu canseira nos caras lá da frente!
    Fora que arregaçou o Senninha na classificação.
    Se continuar neste ritmo, ele será destroçado….
    A ver…

    Ps: Muito boa sua cobertura da prova Capelli, com posts bem interessantes, separados por assunto. Parabéns!

  5. Danilo Cândido disse:

    Capelli, eu alteraria um pouco sua pergunta: “Se é pra escolher entre um Maldonado e um Felipe Massa, eu contrataria um Maldonado”. Aliás esta seria a minha escolha. O Glock não é um medíocre, já fez grandes corridas. Pontuou na estréia (7° no Canadá/2004) com aquela Jordan horrível, em 2005 quase venceu na estréia pela Champ Car (liderava na última volta quando teve de pagar um stop and go por cortar uma chicane), e com um carro de equipe mediana…talvez tenha desanimado pelo fracasso da Toyota e o calvário na Virgin / Marussia…mas tenho absoluta certeza de que na Ferrari, no lugar do Massa, por exemplo, certamente o alemão estaria fazendo boas apresentações. Melhores que a do brasileiro, provavelmente. Tanto ele como o venezuelano (e Kobayashi também) merecem carros melhores (de ponta), pois tem capacidade para vencer corridas e até ganhar campeonatos. Mas no que andam ultimamemte, fica difícil mostar algo…exceto o japonês, que brilha à bordo de sua insossa Sauber.
    Ficou imaginando o que esse japonês faria numa Red Bull, numa Mclaren…

  6. Sanzio disse:

    Hamilton bateu na última volta em Imola, Vettel rodou no Canadá… Acontece com os maiores. é só o cara não se abalar.

    • Lucas R disse:

      Hamilton nunca correu em Ímola. Ele bateu foi em Monza.

      Essa batida do Maldonado também me lembrou imediatamente essa batida do Hamilton, na última volta, que estava em terceiro na ocasião.

      A propósito aquele lance do Hamilton deveria entrar para aquele post que o Capelli fez há algum tempo atrás intitulado “Imagens da Fórmula 1 que você nunca viu (porque nunca ninguém mostrou)”. Aquele acidente foi estranho e eu nunca entendi o que aconteceu. Parece que o único registro oficial foi da câmera onboard – que não deu para ver muita coisa – pois nunca vi tal acidente mostrado de uma câmera externa.

  7. thiago disse:

    Ele terminar a corrida colado em Alonso como fez durante mais de 15 voltas deixaria a moral da equipe alta do mesmo jeito.

    Vão relevar porque ele andou bem, mas se acontecer o que aconteceu no ano passado, de a Willians andar muito bem na Austrália e sumir nas outras pistas, esse erro saírá muito caro pra equipe.

  8. Maxwell B. Medeiros disse:

    Fiquei curioso agora. Qual foi o pior carro que a Ferrari fez até hoje?

  9. Marcelo disse:

    Lembrando que Maldonado passou Alonso na largada e em seguida Grosjean.

    E o toque foi acidente de corrida, tanto que ele não foi punido. O venezuelano teve ATITUDE em toda corrida e é isso que o torcedor quer ver, e não vai ser uma batida que vai apagar uma grande prova!

    Maldonado foi espetacular no treino e corrida!

  10. gera disse:

    Dá-lhe Maldonado.

  11. Vinicius disse:

    Salve Nigel Mansell!!!!!!

  12. Felipe Goltz disse:

    Para mim, o nome da corrida foi este venezuelano de pé pesado e mão ligeira, chamado Pastor Maldonado. Lembram de Monaco, ano passado. Com aquela carroça da Williams o cara estava em quarto ( ! ) faltando um pouquinho para o fim da corrida, até ser abalroado pelo Hamilton. Colocou a joça de carro que a Williams tinha em 2011 três vezes, salvo engano, no Q3. Olha, isso é para poucos. Muito poucos. Torci barbaridade pelo Pastor e fiquei triste com a panca que ele deu no finalzinho. A F1 precisa é de pilotos como Maldonado, Kobayashi, Perez e afins. E não de burocratas do volante de plantão, modorrendos e previsíveis, como Massa ou Weber, por exemplo.
    Valeu, Maldonado!

  13. Daniel Ramos disse:

    O Maldonado fez uma corrida realmente sensacional,e a Williams tá muito melhor com este motor Renault.O Venezuelano cometeu um erro feio,na minha opinião,não tira o mérito dele,mas melhor seria ter acabado a prova em 6º lugar.

    Se eu tivesse uma equipe iria contratar o Lucas di Grassi e o Maldonado ;)

    • Felipe Goltz disse:

      Lucas Disgraci?

      • Daniel Ramos disse:

        Que crueldade amigo,acredito que o problema foi a Renault e a Virgin,acredito se tivesse um bom carro nas mãos e uma chance em uma boa equipe,acredito que iria mostrar um bom desempenho.

        • Deny disse:

          Ninguem chega na F1 sem ser bom, mas prá ganhar titulo tem que ser um “virtuose” ou contar com um carro de outro mundo; o Di Graci é só mais um que achou que dava.
          Quando o cara é fera, ele mostra serviço ate de cadeira eletrica, que tal Airton Senna de Toleman?….

          • Capelli disse:

            A Toleman foi considerada em 1984 o melhor chassi da temporada… de cadeira elétrica não tinha nada. O motor era ruim, mas o carro era muito bom.

  14. Jobson disse:

    Salve Capelli,

    a Williams tem um “novo” Montoya? As semelhanças são grandes…. as lambanças também…

    Abraço!

  15. Nelson Dias disse:

    Parabéns Capelli, enfim uma voz sensata, oouvi ontem diversos comentaristas chamando Maldonado de Burro, de incompetente, ” de que adianta uma corridassa se bate no final”, são uns escrotos que depois reclamam de corridas burocráticas.
    Bom mesmo é o Bruno que foi pouco agressivo na classificação, entendo seu temor, mas isso não é automobilismo, buscar o máximo, ultrapassar limites pré-estabelecidos.
    Gilles éra louco pra uns, burro pra outros, mas virou mito sem um único título. Kobayashi é espetáculo, Pastor também foi. Que continue assim, granto que a willians gostou dele.

  16. Elson Aquino disse:

    Pois é Capelli, grande corrida do Maldonado e acho que ele vai aprontar mais algumas adiante.
    Concordo com seu comentário, piloto tem que ser competitivo até a última volta.

    Elson Aquino

  17. Maldonado sempre foi agressivo na GP2. Quando deixou de apenas usar a força bruta e transformar a agressão em arrojo, tornou-se um vencedor.

    No exemplo, tu citaste o Timo Glock. Mas essa tá numa equipe que pouco pode oferecer. E o Rosberg? Alonso passou como quis por ele!. Piloto de equipe grande (ou quase isso) e que nunca se comporta como um. Não faz nada de diferente para ganhar uma corrida. Em 2010 ainda conseguiu pódios; depois, nem isso. Não aposta em nada, não fecha a porta, não freia no último instante.

    Baterá o Nick Heidfeld em pilotos com mais GPs e sem nunca ter vencido. Nick ainda fez por merecer mais que a Barbie

  18. Syllas disse:

    baita corrida do Maldonado,concordo plenamente que não merece ser crucificado pelo erro,são pilotos com essa vontade de chegar mais a frente que dão brilhantismo ao espetáculo.

  19. Mandruvá disse:

    contrataria o Gehard Berger.

  20. Eduardo disse:

    Eu realmente tiro o chapéu pro Button….. sempre o achei um piloto pra lá de mediano…. até contestei se o titulo dele na Brawn foi talento ou um carro muito superior !!!! Mas hoje sem duvida é um piloto completo…. para mim depois do Alonso vem ele !!!!!!! E o que mais eu o admiro é pela sua boa indole, diferente de todos os outro pilotos da F1 como Schumi, Alonso, Vettel, Hamilton…. o proprio Vettel com carinha de anjo é um baita de um egoista e já tirou um titulo da mão do seu companheiro Webber e vive querendo ser o centro das atenções na Red Bull !!!!! O Button é único piloto que vi que saiu da condição de segundo piloto para a de primeiro piloto com talento e carisma…. chegou humildemente na Mclaren quando todos os holofotes estavam em cima do queridinho e cheio de Auto-Estima Hamilton. Hoje está tirando o sossego de Lewis que está com sua confiança visivelmente abalada por causa do fase do Button !!!!!!!! Ao contrario de pilotos como Alonso que já chegam na equipe querendo ser Rei só pelo peso dos titulos mundiais que carrega !!!!!

  21. Carlos Pereira disse:

    Sue comentário está correto: Melhor um piloto brigando e fazendo um baita esforço, do que um que só fica na espreita. Saudades de um certo Gilles …

  22. Um belo recado para um piloto pagante que usou esta desculpa na classificação.

  23. Lucas R disse:

    Até o fim do treino classificatório eu considerava o Maldonado um piloto medíocre. Depois dessa corrida ele subiu no meu conceito.

  24. Eduardo disse:

    Coitado do Rubinho….. é um azar que continua mesmo fora da F1 !!! Depois de sofrer seus ultimos anos de carreira com as carroças da Williams ……. deve estar vendo do sofá de casa a Ex-Equipe com um carro razoável e pensando : ” Maldanado brigando pela 5 posição na ultima volta…… ai como eu queira só mais um aninho com esse carro ” ….

  25. Marcos Pfeifer disse:

    glock não é piloto,é motorista……………..

Deixe uma resposta para San Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>