MENU

14 de abril de 2012 - 9:09Análises, Automobilismo

Rapidinhas da Classificação – GP da China

Perdi a hora e não vi o treino nessa madrugada. Mas ainda bem que existe o gravador digital pra salvar a gente das falhas do despertador. Acordei cedo e vi tudo agora.

- Belíssima pole de Nico Rosberg, fazendo valer o DRS revolucionário da Mercedes. Numa pista de longas retas como Xangai, o alemão sentou a bota e meteu uma luneta em todo mundo. Meio segundo de vantagem para o segundo colocado é muita coisa. Tão grande a vantagem que Nico inclusive abortou sua última tentativa de volta rápida. Não precisava.

- Com isso, a Mercedes chega à sua primeira pole em mais de 50 anos. Sim, a última delas havia sido de Juan Manuel Fangio, no GP da Itália de 1955. Muito tempo, outra era. Pela primeira vez, o retorno da Mercedes como equipe paga dividendos. Agora vamos ver na corrida.

- Foi um treino de efemérides. Além da primeira pole da carreira de Nico Rosberg, foi também a primeira vez de Michael Schumacher numa primeira fila desde seu retorno à Fórmula 1. A última vez que o alemão havia largado na primeira fila fora no GP do Japão de 2006, há mais de cinco anos, portanto.

- Como o W03 é bom de reta com DRS, mas péssimo no trato com os pneus, duvido muito que tenham o mesmo êxito na corrida. Como nela a asa móvel só pode ser utilizada em condições específicas (ultrapassagens), toda a vantagem de velocidade em reta da Mercedes se esvai. Assim, surge a McLaren como candidata à vitória. Jenson Button sai em quinto, Lewis Hamilton em sétimo, mas com boa expectativas para a corrida.

- A segunda fila do GP da China é divertida pra caramba. Em terceiro lugar, Kamui Kobayashi, o mito da Sauber. Ao seu lado, Kimi Raikkonen, da Lotus. Dois pilotos agressivos e capazes de tudo. Pode sair bobagem na largada, mas também pode sair coisa muito boa.

- Mark Webber foi a Red Bull mais bem classificada, em sexto. Sebastian Vettel, pasme, não chegou ao Q3 e vai sair apenas em 11º. Foi superado até pela Lotus de Romain Grosjean. O touro tá sem fôlego e o Tiãozinho sentiu o baque, tomando o terceiro toco do canguru em três corridas.

- Falando em toco, Ferrari em nono com Fernando Alonso e em 12º com Felipe Massa. Bom resultado como na Malásia? Só se chover de novo e olhe lá. Felipe melhorou na China, mas ainda está devendo. Precisa confirmar a reação na corrida.

- Sergio Perez, o fenômeno de Sepang, vai largar em oitavo. Foi obscurecido por seu companheiro de Kobayashi hoje, o que é até uma boa notícia. O carro da Sauber é bom e pode render outros grandes momentos como os da Malásia.

- A partir da sétima fila do grid, duplinhas das equipes, revelando claramente a relação de forças entre elas na temporada. Duas Williams, duas Force India, duas Toro Rosso, duas Caterham, duas Marussia e duas HRT.

- Na Williams, Maldonado conseguiu ficar à frente de Bruno Senna, mas por apenas seis milésimos de segundo. Praticamente um empate técnico. Para a corrida, acho que um deles chega nos pontos.

- Agora é colocar dois despertadores para não perder a hora esta madrugada. A prova começa às 4h da manhã e estarei aqui, firme e forte, dando pitacos no Twitter.

Comentários do Facebook

comentários

15 comentários

  1. Rodrigo Balbino disse:

    Rapaz, depois do treino desta corrida eu pensei que o Rosberguinho seria o “novo Nick Heidfeld”: fazendo uma pole, acumulando corridas e pontos e nunca ganhando.

    Alguém quer lingua assada? Está no ponto!! hehehe

  2. Sandro disse:

    Quanto aos pontos: a FIA deu uma “turbinada” no sistema de pontos. A estatisticas dos pontos ficou zoada! Tanto para pilotos quanto para equipes.

  3. Bertolo disse:

    Temporada 2012 – confrontos internos nas equipes

    Red Bull – Mark Webber 3 x 0 Sebastian Vettel (dif. média: 0s173)
    McLaren – Lewis Hamilton 2 x 1 Jenson Button (dif. média: 0s288) (*)
    Ferrari – Fernando Alonso 3 x 0 Felipe Massa (dif. média: 0s564)
    Mercedes – Michael Schumacher 2 x 1 Nico Rosberg (dif. média: 0s026)
    Lotus – Romain Grosjean 2 x 1 Kimi Raikkonen (dif. média: 0s357) (**)
    Force India – Paul di Resta 2 x 1 Nico Hulkenberg (dif. média: 0s110)
    Sauber – Kamui Kobayashi 2 x 1 Sergio Pérez (dif. média: 0s187)
    Toro Rosso – Daniel Ricciardo 3 x 0 Jean-Éric Vergne (dif. média: 0s508)
    Williams – Pastor Maldonado 3 x 0 Bruno Senna (dif. média: 0s238)
    Caterham – Heikki Kovalainen 3 x 0 Vitaly Petrov (dif. média: 0s271)
    Marussia – Timo Glock 3 x 0 Charles Pic (dif. média: 0s509)
    HRT – Pedro de la Rosa 3 x 0 Narain Karthikeyan (dif. média: 0s492)

    (*) Em Xangai, Lewis Hamilton foi 0s565 mais rápido do que Button, mas perdeu cinco lugares no grid por troca de câmbio; logo, largará atrás do companheiro de equipe pela primeira vez no ano
    (**) Em Sepang, Kimi Raikkonen foi mais rápido do que Grosjean, mas perdeu cinco lugares por troca de cambio, largando atrás do companheiro

  4. willes disse:

    E a RBR, que tal analisarmos com mais técnica! O seu projeto vencedor dos dois últimos anos deu a ela o luxo de dar ao Mark um carro mais lento do que o do Vettel, pois quem entende de corrida não acha plausível que o Mark ficara tão lento de um ano para o outro. Só que essa hegemonia acabou e ela, RBR, não pode mais optar em favorecer o Vettel. Ai Ele se lascou, pois o Mark W. é tão rápido quanto ele; pois provou isso em 2010. Nota-se que o Vettel e bom, mas não é aquele super piloto que a RBR fez transparecer com o seu super carro priorizado. O xodo do sr Makro este ano está em apuros para manter o seu rótulo de SuperVetel que na minha concepção foi forjado por não dar condiçoes iguais para o Mark Webber. É por estas e outras que eu torço pela Mclaren. Não deu pedestal nem para o DonAlonso. Go,Go HAMILTON AND BUTTON.

    • Bertolo disse:

      Concordo e assino embaixo!

      • Prof. Alexandre Santos disse:

        Concordo e assino embaixo! (2).

      • Rodrigo Balbino disse:

        A Mclaren está a 468 pontos de alcançar a Ferrari na pontuação total de todos os tempos. Se o time inglês disputar o campeonato e o time italiano deslizar, em três temporadas – ou menos – eles trocam de lugar

    • Lucas Rodrigo disse:

      A temporada 2011 da RedBull, no que diz respeito aos pilotos foi um tanto estranha, pois mostrou um Vettel muito bom e um Webber muito ruim, totalmente inverso ao que vimos em 2010.

      O Vettel tem mostrado de que só é capaz de produzir e se sobressair quando o carro está 110% bom. Quando as coisas não vão muito bem, que é o caso desse começo de temporada e também de 2010, o Webber se sai melhor, pois parece saber lidar melhor com as adversidades.

  5. Lucas Rodrigo disse:

    Essa pole do Rosberg foi surpreendente. Eu achava que se alguém da Mercedes tivesse que se dar bem nesse treino seria o Schumacher e não o Rosberg.

    O Hamilton pode até ter sido punido, mas ainda assim vai largar próximo ao Button. Apesar de eu torcer pelo Hamilton, acho que o Button termina na frente.

    Quanto ao Vettel ficar fora do Q3, bem, isso acontece também com os melhores pilotos. O que surpreendeu aqui é que ele não conseguiu superar O ALONSO, com “aquela” Ferrari. Como é possível?!

  6. Mario Sérgio disse:

    1:36.289 pra 1:36.283 só 0:00.006 de diferença, realmente foi quase um empate, Bruno disse depois que tinha errado, e qualquer erro que seja daria muito mais do que 0:00.006. Mas se forem ver os tempos, tirando as nanicas, tá tudo bem equilibrado, vamos ver na corrida, que ela promete.

  7. Rodrigo CPQ disse:

    Meio off: Putz, achei esse video no you tube. Já tinha visto algumas coisas, mas ri demais. O Alonso tentando segurar o riso, o Webber com cara de louco e a última cena, de apenas alguns segundos, são impagáveis. Mas ver a Connie tentando segurar o Montoya (já vi um monte de vez essa cena) é a melhor de todas… vale a pena perder alguns minutos…

    http://www.youtube.com/watch?v=wuIiQ8wfyMQ&feature=related

  8. O que deve definir a crrida é a equação temperaturaXpneus.

    À princípio, não acho que as Mercedes aguentam, pois esse problema de pneus parece ser crônico no W03. Pela condição do carro, a McLaren é favorita, mas a Sauber não pode ser subestimada, uma vez que o C31 consegue economizar bem os pneus e tem andado bem o fim de semana todo. Podemos ter surpresas

  9. Rodrigo CPQ disse:

    Eu consegui ver apenas a metade do treino. Cheguei na hora de começar e caí na besteira de sentar na poltrona aqui da sala. Aí, danou-se…

    Acho que Mercedes sofre pra manter a ponta, mesmo com frio e chuva. Essa corrida tá com cara de Button. Tirando isso, não arrisco mais nada.

  10. Vitor Fazio disse:

    Acho que se estiver friozinho e não chover amanhã a Mercedes leva. Não creio que o ritmo da Sauber e da Lotus estejam melhores que o dos alemães, e daí é só torcer pro Hamilton e pro Button ficarem trancados no meio do pelotão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>