MENU

15 de abril de 2012 - 6:54Análises, Automobilismo, Curiosidades, Estatísticas, História

Vitória de Rosberg é a 1ª de um alemão com carro alemão

A vitória de Nico Rosberg hoje em Xangai foi significativa em vários aspectos, não só por ter sido seu debute no alto do pódio. Além de ter sido a primeira conquista da Mercedes na Fórmula 1 desde 1955, quando Juan Manuel Fangio ganhou na Itália, foi também primeira vez que um piloto da Alemanha venceu uma prova com um carro construído por uma fábrica local.

Ainda que tenha sido a 125ª vitória germânica na Fórmula 1, todas as anteriores aconteceram por equipes de outros países. Wolfgang Von Trips e Michael Schumacher ganharam pela italiana Ferrari. Jochen Mass, pela inglesa McLaren, Heinz-Harald Frentzen pelas igualmente britânicas Williams e Jordan, assim como Schumacher com a anglo-italiana Benetton. Ralf Schumacher ganhou com motores bávaros da BMW, mas a equipe era a Williams. E Sebastian Vettel dividiu suas vitórias entre a italiana Toro Rosso e a austríaca Red Bull.

Trata-se de um marco no automobilismo alemão, que domina a Fórmula 1 já há uma década com pilotos e motores locais. Agora, o domínio chegou entre as equipes.

Comentários do Facebook

comentários

7 comentários

  1. Victor Massami disse:

    Há que se diga, que é o segundo filho de campeão do mundo a conseguir uma vitória, ao lado de Damon Hill. Outros filhos de campeões que correram na F1, não obtiveram sucesso. Estes seriam:

    - David e Gary Brabham (Filhos do tricampeão Jack Brabham);
    - Michael Andretti (Filho do campeão de 78 Mário Andretti);
    - Nelson Ângelo Piquet (Filho do tricampeão Nelson Piquet);

    Outros campeões mundiais não tiveram a felicidade de ver seus filhos correndo na F1, tais como Alain Prost (Nicholas Prost), Niki Lauda (Mathias Lauda), Jody Scheckter (Thomas Scheckter).

  2. Eduardo disse:

    Kubica teria ficado em Quarto com essa Williams…. Burro Senna e Maldanado tão longe de extrair td do carro !!!!!!!

  3. Pedro Jungbluth disse:

    Mas esses números não são tão surpreendentes se você considerar que das 125 vitórias germânicas 91 são do Schumacher (72 só com a Ferrari) , ou seja, teve poucos pilotos alemãs que venceram na F1, e nos últimos 40 anos poucas equipes.

  4. Marcelo disse:

    Parabéns ao Rosberg fez por merecer, toda equipe merece palmas, venceram partindo lá de trás em 2010!

    O mecânico que fez aquela BAITA CAGADA na roda do carro do Schumacher é o mesmo que deixou a roda solta nos treinos para o GP da Bélgica 2011. Na época Ross Brawn ia demitir o rapaz, mas Schumacher tava em dia de compaixão, e quando viu R.Brawn GRITANDO com o mecânico entrou no meio do rolo e disse tomando uma cerveja Putsz-Schuey:

    “Isso acontece Ross esta tudo bem, vc não vai perder o emprego moço mas a partir de agora vc não vai mais trocar a roda! Vai ficar segurando o pirulito que é MUITO mais fácil. Só precisa ficar ATENTO se todos os mecânicos trocaram os pneus, quando eles FIZEREM O SINAL com a mão aí vc levanta o pirulito e eu sigo a corrida, molesinha”

    O nome desse mecânico alemão pra quem não se lembra, chama-se Hubben Pedechinelenn. Acho que depois dessa Pedechinelenn só vai passar flanelinha no carro do Schumacão.

    Olha o Schumacher e R.Brawn “erguendo” pela terceira vez uma equipe partindo lá de trás, agora cada pódio e cada vitória vai ter valor muito maior.

    Querendo ou não, 50% dessa vitória do Nico tem o dedo do trabalho do Schumacher…e foi uma vitória do Nico derrotando todos os rivais na pista, teimaram tanto mas enfim fizeram o carro melhorar(e tem piloto que chora chamando o carro de porcaria, olha o Alonso teve uma BOMBA em 08 e nunca se atreveu a falar isso do carro, nesse mesmo ano venceu o GP do Japão na raça! O mesmo aconteceu com essa carroça de Ferrari, venceu o GP da Malásia). Já pensou se esse carro Mercedes começa fazer pódios e vitórias, Nico e Schummy entram pra briga do título, e a chance de dobradinha nesse GP era real! Não é a toa que as rivais estavam tentando a todo custo impedir a “engenhoca” do R.Brawn, quando ele acerta no projeto o carro começa voar(vai saber até onde isso esta fazendo o carro melhorar). E essa Mercedes pode evoluir ainda mais, Schumacher disse isso em uma entrevista recente:

    “Sei que nosso ritmo de classificação é melhor que o de corrida, mas estamos avançando bastante na solução desse problema durante a prova”

    “Pode não parecer verdade, mas estou tão interessado, tão focado em desenvolver um carro potencialmente vencedor que não penso nisso. Mais para a frente no campeonato, claro, será inevitável.” Schumacher adiantou: “Estou tendo imenso prazer nesse trabalho por começar a ver os resultados”. É como quem diz que se continuar assim, por que não renovar com a Mercedes e realmente se divertir ao voltar a lutar pelas vitórias? “Sinto-me, ainda, perfeitamente capaz de vencer na Fórmula 1.”

    http://blogs.estadao.com.br/livio-oricchio/schumacher-sinto-me-ainda-perfeitamente-capaz-de-vencer-na-f-1/

    Isso aos 43 anos lutando contra a lei da natureza, as críticas e as gosações! Raikkonen pela idade jovem e por ter se aposentado antes da hora retomou a carreira, mas Schumacher não, ele terminou uma e começou outra em 2010…surreal.

    Outros campeões não tiveram essa coragem depois dos 40 anos! Mansell bem que tentou em 94 mas nesse ano tomava pau nos treinos e corrida até do D.Hill.

    Chico Serra depois da classificação da Malásia alertou ao Galvão:

    “Olha o alemão Schumacher voltando na briga entre os primeiros”

    • Lucas disse:

      “Olha o Schumacher e R.Brawn “erguendo” pela terceira vez uma equipe partindo lá de trás, agora cada pódio e cada vitória vai ter valor muito maior”. “Partindo lá de trás”? Antes do Schumacher chegar lá, eles tinham acabado de ganhar os dois campeonatos, de piloto e de construtores.

  5. roxxon valdez disse:

    domina há uma década???deixa eu fazer as contas aqui… o primeiro campeonato do SHUMMY foi em 1994, então já tem quase duas décadas.xuuupppaaa galvão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>