MENU

8 de fevereiro de 2007 - 18:17Análises

Uou uou uou, nada mudou… uou…

Assim cantaria o Léo Jaime ao ler o resumo dos testes de hoje em Jerez.

A Honda de Barrichello quebrou, as Red Bulls também. Fisichella amarelou, Alonso reclamou do assédio da imprensa e deu o cano em todo mundo.

Ah, sim. Uma coisa mudou. O primeiro não foi Schumacher. Mas a gente sabe o porquê.

Comentários do Facebook

comentários

7 comentários

  1. Renato disse:

    Desculpa, mas o problema do Rubinho não foi ele ter vindo depois do Senna. O problema dele se chama Imprensa! Toda entrevista é a mesma ladainha, chorôrô, promessa de vitória, etc…
    Como diriam naquele antigo programa; Cala a boca Rubinho!

    abs

  2. andersson disse:

    Não sejam tão antipáticos com o Rubens… o cara tá na fórmula 1 desde 92… tem sete vitórias… isso não é pra qualquer um… o maior problema dele é que a era dele veio depois da de um gênio… Mas o cara não é um piloto ruim… só não é um Senna, para o azar dele (e pro nosso também)…

  3. César disse:

    O Rubinho é ruim mesmo, tem mais é que pegar no pé dele.

  4. Jean disse:

    de qualquer forma, o primeiro foi um alemão…

  5. Anonymous disse:

    Concordo com o Guilherme.
    Daqui a pouco, o culto vai se assemelhar ao do Senna, coisa que a maioria tanto reclama…
    E entra ano e sai ano e o Capelli continua pegando no pé do Rubens Barrichello.

  6. Guilherme Rodriguez disse:

    Ué, nem sempre Schumacher ficava em primeiro nos testes… e nem em corridas. Estão mesmo tornando o cara em super-herói.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *