MENU

30 de setembro de 2007 - 4:22Curiosidades, Estatísticas

Recorde negativo para Barrichello

Ao terminar o GP do Japão apenas em décimo lugar – e atrás de uma Spyker – Rubens Barrichello atingiu mais um ponto baixo em sua carreira. Pela primeira vez, desde que estreou na Fórmula 1, ele chega a 15 corridas consecutivas sem pontuar numa mesma temporada.

A pior marca era em seu ano de estréia, 1993, quando ele ficou de fora da zona de pontos nas 14 primeiras etapas do campeonato, pela equipe Jordan. Na 15ª corrida daquele ano, justamente no Japão, ele chegou em quinto lugar e marcou os primeiros pontos de sua longa trajetória na categoria. Quatorze anos depois, Barrichello sai do Japão zerado na tabela.

O recorde de insucessos consecutivos também está perto de ser quebrado. Entre os GPs de Mônaco de 1997 e da Espanha de 1998, pela Stewart, o brasileiro ficou 16 corridas seguidas sem terminar na zona de pontos. Se ficar abaixo do oitavo lugar nas próximas duas provas – China e Brasil – quebra também esta triste marca.

Comentários do Facebook

comentários

4 comentários

  1. Baron Von Lichkenstein disse:

    Penso do mesmo geito que Nelson Piquet falou no documentário “A Era dos Campeões”.
    -Rubens ficou muito lerdo após aquela batida forte na Itália no conhecido fim de semana trágico onde morreram mais dois pilotos, entre esses o Senna =(. Depois daquilo, ele nunca mais foi veloz e agressívo como era.
    Uma pena, pois ele antes de chegar na F1 sempre foi campeão das categorias por onde passou, e até aquele fim de semana, sempre mostrou velocidade e agresividade na pista. Após esse fim de semana na Itália, ele virou o que conhecemos hoje. Nunca arrisca e nunca anda no limite. Desculpem se ofendo alguém, mas virou um total “bundão”.

  2. Anonymous disse:

    O Campeonato de 1993 Capelli, vamos perdoá-lo.
    Com tantas mudanças e trocas de posições, nem com isso Rubens Barrichello conseguiu terminar na pontuação em Monte Fuji.

  3. Fleetmaster disse:

    Uma pena para a carreira do Barrichello. Torço para que o ano que vem ele tenha mais sucesso que este.

  4. Tempest disse:

    Sem contar que antigamente era mais difícil pontuar do que hoje, que até o 8º marca pontos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>