MENU

1 de fevereiro de 2008 - 12:02Curiosidades, Notícias, Novos carros

Red Bull e o carro-bigorna


A BMW já tinha abusado há duas semanas, quando surgiu com o carro-veado nos testes de Valência. Mas hoje, em Barcelona, um novo carro-objeto surgiu na pista. É a Red Bull-Bigorna.

Definitivamente, as soluções aerodinâmicas das equipes estão cada vez mais apelativas. Que bom que essa farra termina em 2009.

Comentários do Facebook

comentários

29 comentários

  1. Celso Renato de BH disse:

    Protesto! é ótimo ver esperimentações. Há um tempo atrás era assim a F1 e a maioria daqui “achava lindo está época”. Pois bem, acho que com a diminuição do uso do tunel de vento vai aparecer mais a “mão” do projetista e os carros ficarão bem distintos uns dos outros. É chato assistir todo ano, na apresentação dos novos modelos o famoso teste dos 7 erros entre o modelo anterior e o novo. Viva a diferença. E que vença o melhor.

  2. André disse:

    Se vocês querem que a F1 passe a ter carros com o mesmo chassis, com o propósito de destacar mais a habilidade dos pilotos, então não se esqueçam de usar motores do mesmo fabricante, caixas de câmbio e embreagem do mesmo fabricante, suspensão do mesmo fabricante, sistema de freio do mesmo fabricante, sistemas eletrônicos do mesmo fabricante, lubrificantes e combustível do mesmo fabricante, usem também os mesmos engenheiros para todas as equipes e configurem os carros todos da mesma maneira. Façam também os carros terem exatamente o mesmo peso com piloto e combustível. Mas, se não quiserem ter assim tanto trabalho, cancelem a F1 e ponham os pilotos de volta ao kart!

  3. Túlio disse:

    pensando bem, aquela asinha da foto do carro do Courthald com o capacete do Schumacher, também não fica muita atrás não.

  4. James disse:

    É bom acabar mesmo, mas que essa solução da Red Bull ficou maneira, eu acho que ficou… parece aquelas carenagens da Indy em 1995.

    Já o carro da BMW foi sofrível aquela “solução” aerodinâmica”…

  5. Zola disse:

    Há uma mensagem subliminar no carro:
    Repare a posição do touro da red bull, ele parece q vai dar uma chifrada no piloto por trás

  6. Zola disse:

    E olhando de outro angulo parece uma Red Bull tubarão.

  7. Marcos Antônio Filho disse:

    Está horrível mas contanto que corra bem…Quero ver qual ser a nova invenção dos engenheiros das equipes.Ainda bem que vai acabar essa farra,daqui a pouco o carro vai parecer um porco-espinho com tantos penduricalhos

  8. Davih disse:

    eu nao consigo deixar de pensar que isso é um golpe de marketing pra chamar a atencao para a equipe… nao me surpreenderia se começassem a aparecer cada vez mais desenhos absurdos que duram um treino ou dois…

  9. Anonymous disse:

    Esses apendices aerodinãmicos tornam os carros diferentes sim, e tem como objetivo estabilizá-los e dar velocidade. N]Mas que seria interessante ver uma corrida com os carros todos ifguais seria. pois assim veriamos quem é piloto de verdade. Será que alguns que c orrem lá trás correriam na frente? Ou alguns que correm na frente não iriam lá para trás?
    Paulo Santos/RJ

  10. Zola disse:

    Isso serve para melhorar o desempenho do carro e ñ pra ficar bonitinho.
    O carro-veado da BMW eh uma versão mais nova do BMW-WTC-SAUBER de 2006e proibiram falando q atrapalhava a visão, agora eles fizeram a mesma coisa só q de um modo q ñ atrapalha a visão.
    já a Red Bull, eu ñ sei.

  11. André disse:

    Mas que raio de problema você tem com os apêndices aeridinâmicos? Eu já falei mais de uma vez e volto a repetir: deixem os engenheiros experimentarem o que quiserem, a inovação e a surpresa é o que atraem na F1. Sem tais coisas não se consegue levar o desempenho do chassis ao limite! Eu quero ver alguém dar uma razão prática e lógica, que não tenha a ver meramente com estética, para que sejam abolidos os “penduricalhos”. A F1 atualmente está precisando de uma boa dose de liberdade e não de mais restrições. É preciso andar pra frente, não pra trás!

  12. Leonardo disse:

    Na boa, que baitolagem é essa?

    É pra fazer um carro que corre ou um carro bonitinho? Que se dane que é feio, eles tão lá pra inovar!

    Pô, foi uma lástima o sr. Chapman acabar com os charutos… mas foi um conceito que mudou a indústria automobilística! Se querem fazer carro com bigorna, gazela, usar cocô como material… se funciona, qual o problema?

  13. Anonymous disse:

    Que saudade dos projetos audaciosos e vanguardistas do gênio Colin Chapman, de Maurice Philipe, Mauro Forghieri e Gordon Murray!
    Isso quando o regulamento da FIA
    não era tão restrito e limitado, onde se permitia toda ousadia e criatividade dos projetistas, com carros geniais e diferentes nos grids.

  14. Felipe disse:

    tá certo que eu discordo da opnião do capelli sobre esse assunto… mas pedir que ele pare de dar a opnião DELE no blog DELE já é demais…

  15. Anonymous disse:

    Nossa pela primeira vez serei obrigado a discordar tbm, se os carros ficarem iguais vai parecer GP2 ou Champcar, vacila não homi!!!

  16. Anonymous disse:

    Capelli, eu prefiro que continue, e não acho bom que termine em 2009 como vc acha, tente não expor as suas opniões, respeite a categoria (bigorna) (veado), isso não está correto, é bonito ver as equipes criando e desenvolvendo soluções.
    Uma pena…

  17. Francisco Luz disse:

    Essa carenagem lembra muito a Ferrari F312B de 72; no Grande Prêmio tem uma foto dela na matéria.

    Ou seja, nem é tããããão inovador assim…

  18. KlauSS disse:

    Se o carro andar ele pode deixar de ser carro-bigorna pra ser carro-papa-léguas! ehueheuheuehu

    Alguém aí tá se sentindo ofendido com a bigorna tb? AHUAHUAHUAHUAHUA

  19. Tho disse:

    Lembra bastante a primeira McLaren de 1995 (que eu acho a parte traseira horrível, mas o bico dela é lindo!)

  20. Kimballs disse:

    Carro Bigorna pro Cabeça de Bigorna do Coulthard!! hehe

  21. andre disse:

    Desculpem minha ignorância, mas acaba a farra por que? Tem que ter essas mudanças, senão perde a graça.

  22. andre disse:

    também não entendi a felicidade com o fim das inovações aerodinámicas. quer dizer que é bonito ver todos os carros iguais? se for assim, vamos todos parar de ver f1 e ver a gp2.

  23. Eduardo Cruz disse:

    Não sei não, mas acho que essa p* aí atrás é pra justificar aquela história de que RED BULL TE DÁ ASAS…

  24. Felipe disse:

    Não acho bom a “farra” terminar… é ótimo ver os carros diferentes uns dos outros… a fórmula 1 sempre foi uma categoria “experimental” e é horrivel ver carros padronizados como no final dos anos 90 e início de 2000…

  25. Thiago Pereira disse:

    Nossa. Sem maiores comentários. Carro-Bigorna é o fim! A Ligier chaleira (ou bule como preferirem) não era tão estranha quanto isto.

  26. Anonymous disse:

    O que eu acho engraçado são essas inovações. Ai fica a perguntar no ar: e se não der certo, o que fazer? Voltar para o carro anterior e começar tudo de novo?
    Só falta inventarem o carro-andorinha, ou o carro-baiacu.
    Ai seria muito engraçado.

    Paulo Santos/RJ

  27. Fernando disse:

    Não acho tão bom assim acabar essa festa. Claro que carros com grip mecânico são mais interessantes pro show, mas tio Max quer padronizar tudo… vai ser uma ChampCar disfarçada de F1 =/

  28. João Cruz disse:

    Capelli que bom que acaba por que? É sempre bom ver que há inovação por parte dos engenheiros, mesmo que não sejam aplicações bizarras. Se isto for uma solução aerodinamica boa então porque não a usar? Concordo que estitcamente não é uma aplicação bonita mas confesso que gosto de ver estas inovações.
    Os carros vão evoluindo ao longo dos tempos…

  29. Bruno disse:

    eu ja to começando a me divertir com esses pinduricalhos.

    1- mostra o desespero dos engenheiros.
    2- ja ta gerando uma competição troféu bizarro.

    alias, capelli, pela pré temporada ja dá pra ter uma noção que esse ano a disputa será farta de concorrentes.. acho que vale até uma retrospectiva ou eleição das piores de 2008.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *