MENU

15 de março de 2008 - 1:57Curiosidades, Estatísticas, Notícias

Nelsinho estréia em 21º, tal qual o pai


Nelsinho Piquet não fez um bom treino de classificação para o GP da Austrália. Atrapalhado em sua volta rápida pelo carro de Adrian Sutil, atravessado na pista, o brasileiro não passou da 21ª e penúltima posição. Quis o destino, entretanto, que o resultado fosse o mesmo obtido por seu pai também em sua estréia na Fórmula 1, há 30 anos.

Nelson Piquet participou de um GP pela primeira vez na Alemanha, em 1978, a bordo de um Ensign. E largou justamente no 21º posto, mas entre 24 carros. Na corrida, foi galgando posições até chegar a 12º, mas teve seu motor quebrado na 31ª volta.

A dica veio do leitor Fábio Mandrake.

Comentários do Facebook

comentários

20 comentários

  1. Nikolas Spagnol disse:

    O Piquet foi 21º mas ficou melhor que o companheiro de equipe dele na época, o alemão Harald Erlt.

  2. Bruno Lemos disse:

    “Bruno Lemos, os torcedores do Senna são fanáticos pela forma como ele pilotava. Diferente dos bestas que são tarados pelo Piquet e ficam chamando os outros de “viúvas”. Se usam o termo “viúvas”, acho que é porque vocês se sentem casados com o Piquet. É por isso que mamãe fica defendendo o Piquezinho, que até agora está um dos piores do grid, mesmo com um carro mediano.”

    Anônimo, me senti no direito de usar o termo pejorativo “viúva” para ironizar os termos pejorativos que os torcedores fanáticos do Senna como: “papai deu…” “o filhinho não conseguiu…” “está correndo porque tem grana do papai…” e por aí vai.

    Quem fala esse tipo de asneira não raciocina, não tem cérebro. Todos sabem que o Nelsinho é sim um bom piloto, assim como o Bruno Senna, que tenho observado na GP2. Falar bobagens deste tipo é sim coisa das chamadas “viúvas” que além de não entenderem nada de automobilismo (por isso são fanáticas) não sabem avaliar de maneira sensata o potencial dos outros pilotos.

    E é claro, ninguém nunca foi e nunca será melhor do que o Ayrton Senna sa Silva ;-)

    Não sei se foi você o mesmo que falou as outras asneiras como Anônimo, pois todas as “viúvas” costumam falar os mesmos tipos de besteiras, mas quando postar denovo aqui ao menos identifique-se, por favor :-)

  3. Herik disse:

    Já estão começando os mesmo julgamentos precipitados que fizeram com o Kovalainen no ano passado. As mesmas bobagens, só que a agora é pior porque tem essa babaquice de torcedor brasileiro.

    Piquet Jr. sequer correu e já é rotulado de filhinho de pai, braço-duro, só entrou na F1 por causa da grana e nome, mascarado… uma idiotice sem tamanho.

    Confesso que esperava um pouco mais, mas seu desempenho não chega a ser uma decepção. Alonso, bicampeão, não fez muito coisa mais com o mesmo carro.

    Prefiro esperar para ver, até porque Piquet Jr. disputou com Hamilton de igual para igual na GP2 mesmo em uma equipe pior.

  4. Anonymous disse:

    Bruno Lemos, os torcedores do Senna são fanáticos pela forma como ele pilotava. Diferente dos bestas que são tarados pelo Piquet e ficam chamando os outros de “viúvas”. Se usam o termo “viúvas”, acho que é porque vocês se sentem casados com o Piquet. É por isso que mamãe fica defendendo o Piquezinho, que até agora está um dos piores do grid, mesmo com um carro mediano.

  5. Blog F1 Grand Prix disse:

    Capelli, um aviso importante: os ingressos do G.P. Brasil já começaram a ser vendidos no site oficial (www.gpbrasil.com.br) a partir de hoje.

    Grande abraço!

    Gustavo Coelho

  6. Bruno Lemos disse:

    “respondendo ao Bruno Lemos, tem que ser muito trouxa pra achar que os fãs do Senna estão torcendo contra o Piquezinho, não precisa, ele não tem nada de especial mesmo….”

    Caro anônimo, ninguém tem a obrigação de torcer para o Nelsinho e nunca deixei isso claro em nenhum dos meus posts. E ninguém também tem a obrigação de torcer para pilotos brasileiros apenas por ser brasileiro.

    O que eu quis dizer é que a torcida fanática do Senna (as famosas viúvas) faz o julgamento errado das coisas apenas por sentirem antipatia pelo piloto.

    E gostaria de lembrar que estou respondendo ao seu post apenas para deixar bem claro o que penso para todos os que lerem o meu post, não porque levo em consideração a “opinião” de gente fala tamanha besteira que opta por ficar no anonimato.

  7. CaioZer0 disse:

    Sr. Anônimo (já que o mesmo não tem “cojones” p/ se identificar), eu aposto que ele ainda vai calar essa sua boca nesse ano, e não é só torcida, mas digo isso pelo histórico dele no automobilismo! ;)

  8. Anonymous disse:

    Se com 10 mil Km de testes ele ainda não acostumou com o carro, então o Piquet Jr é uma BIBA comparado com o pai dele. E respondendo ao Bruno Lemos, tem que ser muito trouxa pra achar que os fãs do Senna estão torcendo contra o Piquezinho, não precisa, ele não tem nada de especial mesmo….

  9. Anonymous disse:

    É muito oba-oba em tudo, se tivesse ido bem, diriam que pintou um novo campeão. Pra mim ele não teve muita sorte nesse começo. Concordo com quem disse que é inveja, dizer que está na F1 pelo dinheiro e pelo pai, afinal ele só não foi campeão na GP2 se não me engano. Boa sorte a ele, ao Massa e ao Barrichello.

    Emmanuel

  10. Aderson disse:

    Puxa. Qta cobrança.
    Parece facil sentar num Renault-F1 “super-afiado”, numa pista onde ele fez (??) milhares de quilometros de testes, com uma equipe de mecanicos lerdos que só o liberaram para fazer tempo qdo faltavam 2 minutos, isto é, era tudo ou nada.
    Qual é pessoal??
    O Kovaleine fez 30 mil kilometros de testes antes de estrear. O Nelsinho fez pouco mais de 10 mil. Ele não conhece o carro totalmente.

    Putz, pessoal só sabe cobrar.

  11. Anonymous disse:

    Eu vi o Nelsinho correr de kart, eu não sei se ele vai ganhar alguma coisa ou não, no kart ele for perfeito, mas dizer que ele está na F1 só pelo dinheiro do pai é um pouco de infantilidade. Tem muita gente com dinheiro querendo correr e não consegue, ele tem méritos, o resto é inveja.

  12. Capelli disse:

    Travaglini, houve um problema com o host do Downforce. Temporariamente, o pessoal está em http://downforce.koh3.com .

  13. Bruno Lemos disse:

    Pra mim jé era perfeitamente previsível o alvoroço das viúvas, mas eu esperava mais do Nelsinho, com certeza.

    O povo brasileiro é muito imediatista, não sabe ponderar as coisas. Eu acho que qualquer conclusão só pode ser feita lá pela metade do campeonato…

  14. Wellerson Santana disse:

    Nossa, dessa eu não sabia, agora para aguentar as criticas o Nelson pai já tem uma justificativa favorável.

  15. Berger disse:

    Dá-lhe Lewis! Piquet Jr. começa decepcionando. Talvez o dinheiro do papi nao esteja surtindo efeito. Chegar na F1 é uma coisa, ganhar é outra.

  16. Bender disse:

    Algo me diz que o Piquet Jr. não tem o mesmo talento natural do Piquet pai, e o Bruno Senna deve seguir o mesmo caminho.
    Esse negócio de sobrenome está colocando pilotos medianos no grid, tirando o lugar de outros talentos.
    Talvez eu esteja sendo duro demais, mas até agora, não vejo nada de extraordinário com: Rosberg, Piquet, Senna, Nakajima …

    http://f1web.blogspot.com/

  17. Travaglini disse:

    Alguém pode me dizer o que está acontecendo com o Fórum Downforce?

  18. Paulo disse:

    Tem pontos a favor e contra NPJr:
    1) No tempo do papai valia o melhor tempo de todos os treinos, ou seja havia a possibilidade de tentar muuuuitas voltas rápidas. Hoje teve duas chances, falhou nas duas.
    2) No tempo do filhinho, o cara estreia depois de ter guiado F1 da equipe pelo equivalente a 30 GPs. Acho que o Papai só tinha guiado F1 uns 500 km…

  19. Jack James disse:

    Tá certo, começo é começo… principalmente em um carro que não é de ponta para esta temporada…e mostra dificuldades (pelo menos por enquanto) até com Alonso. Mas o Piquet Jr. aparece nesta abertura de temporada mais perdido do que Heikki Kovalainen que teoricamente pegou um carro pior e da mesma forma (após ano de test-driver) em 2006. Bom, vamos ver o que faz na corrida… do jeito que os carros estão nervosos… é importante não se envolver em confusão e principalmente TERMINAR a corrida, seja onde for… Pode ser que seja uma corrida de sobrevivência.

  20. charles_the_death_bronson disse:

    Há uma diferença…

    O pai corria com um Ensign fabricado em 1976 (ou seja, tinha 2 anos de uso), o filho corre com um Renault novinho em folha…

    E tomar tempo do Sato que até semana passada nem sabia se iria correr ou não, e que pra piorar ainda tá com o carro 2007 da Honda é qualquer coisa oscilando entre o péssimo e o inaceitável.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>