MENU

7 de julho de 2008 - 22:33Curiosidades, Estatísticas

Barrichello de volta ao top 4


O pódio obtido por Rubens Barrichello ontem em Silverstone teve também significados estatísticos. Com o terceiro posto, o brasileiro subiu ao pódio pela 62ª vez na carreira, igualando-se a David Coulthard como o quarto maior estourador de champanhe da história. Ele e o britânico perdem apenas para Michael Schumacher (154), Alain Prost (106) e Ayrton Senna (80).

O mais curioso, no entanto, é que o resultado fez com que o brasileiro ampliasse um outro recorde. Rubens Barrichello é o piloto que mais vezes chegou em terceiro lugar na história: 27 vezes. Confira abaixo o top 10 de terceirões:

Rubens Barrichello - 27
David Coulthard - 23
Gerhard Berger - 21
Michael Schumacher - 20
     Alain Prost - 20
     Carlos Reutemann - 20
Nelson Piquet – 17
     Kimi Raikkonen - 17
     Mika Hakkinen - 17
10º Dennis Hulme – 16
       Jacques Laffite - 16
       Ayrton Senna - 16
       Eddie Irvine - 16

Comentários do Facebook

comentários

16 comentários

  1. Elker disse:

    Qual GP ???

  2. Zuccherato disse:

    Gosto muito do Rubinho, acho ele um excelente piloto, mas aí vai mais um récorde que ele pode quebrar na próxima corrida: Ele pode se tornar o piloto que mais vezes largou um GP sem vencer! :D

  3. Felipe disse:

    Em números totais de pontos acho que o Coultard ainda é o 4º. Mas como se aposenta esse ano o Rubens tem uma chance boa de acabar a carreira entre os 5 maiores pontuadores da história da F-1 (o Haikkonen ta chegando nele, se é que não passou). Ficaria assim: Schumi, Prost, Senna, Haikkonen, Rubens, Coultard…

  4. Anonymous disse:

    Continua atrás do vasco…

  5. Eduardo Cruz disse:

    E depois tem gente que diz que ele só sabe ficar atrás do alemão.
    Olha lá, ele é o primeiro em número de terceiros lugares, o Schummy é só o quarto.
    E dá-lhe sambadinha sem noção…

  6. Anonymous disse:

    Pódio e com um Honda que é lento em reta, e numa pista totalmente arisca.
    O cara ainda pode dar muito para F1 e para nós brasileiros.
    Abraço a todos.
    Paulo Santos/RJ

  7. Speed Arosi disse:

    Para mim, apesar de tantas criticas que permeian a carreira de Rubens Barrichelo, principalmente pelas frase que fala, considero um dos maiores pilotos que já existiu, vejam as estatísticas e comprovem, ele está em quase todas.

    Anselmo / SBC

  8. Ituano Voador disse:

    Capelli, entre o primeiro e, até agora, último pódio do Barrichello passaram-se 14 anos. Esse intervalo não seria também um recorde?

  9. Luiz G disse:

    Barrichello está na categoria máxima do automobilismo há 15 anos, venceu corridas, fez poles, voltas mais rápidas, foi vice 2 vezes, foi o primeiro Brasileiro na Ferrari, fez corridas memoráveis com carros medíocres (Donington, 93 com a Jordan – Mônaco 97 com a Stewart), etc…

    A meu ver, ele tem mais resultados que Gilles Villeneuve, Ronnie Peterson, Juan Montoya, entre outros…

    Dentre os Brasileiros que já estiveram na F1, só fica atrás de Emerson, Nelson e Ayrton…Ou seja, só não foi campeão…

    Para um Brasileiro de classe média, ele conseguiu mais na vida do que a maioria de nós.

    Não sei como pode ser tão criticado…?

  10. Luiz G disse:

    Essa discussão sobre alguém ser bom piloto ou não é muito tendenciosa. Para os brasileiros, ou o cara é campeão ou é um fracassado. Não existe meio-termo.

    Ou seja, se considerarmos que em 58 anos de F1 só houveram cerca de 30 campeões, todo os outros que passaram na F1 são uns fracassados.

    Imaginem os coitados que nem conseguiram uma vaga…são o quê?

    É um critério um bocado exigente.

  11. Fernando Petucco disse:

    Grande Rubao!!!

    com a carroça da Honda chegar em 3 é mais que uma vitória, e oia só num é só em numero de grandes premios q o rubao lidera, em 3 lugares tambem. E po eu sempre fui fa do rubao, so acho q ele estava na ferrari na epoca errada, na epoca q a ferrari se chamava Michael Schumacher, mas poe o rubao hj na ferrari pra ver se ele num eh campeao do mundo.

  12. flame disse:

    Pelo menos nisso o Piquet ganha do Senna (ahahahahahah)

  13. Luiz G disse:

    Já que Emerson perdeu para Alonso o recorde de campeão mais jovem e Senna perdeu o de pole-positions, só restava Piquet com seu recorde de quartos lugares.

    Agora, Barrichello já detém o recorde de participações na F1 e o de terceiros lugares.

    Ou seja, Barrichello é o brasileiro com o maior número de recordes da F1!!!

  14. Saraiva disse:

    Cadê uma nova charge dessa corrida?
    Provavelmente o massa será o ‘protagonista’ dessa

  15. Rodrigo disse:

    rubinho é bom cara!!!

    se fosse ruim ele nao estaria todos esses anos é f1..

    acontece que o papel dele na f1 nao é ser campeão… simples.

    abraço

  16. Fernando disse:

    e ainda tem gente que fala mal do rubinho…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>