MENU

6 de julho de 2008 - 11:07Análises

Rapidinhas – GP da Inglaterra


- Corridaça na chuva, disparada a melhor do ano até aqui. Vitória acachapante de Lewis Hamilton, que ganhou com praticamente uma volta de vantagem para todo mundo.

- Lewis dominou a corrida desde o começo, com uma largada espetacular, pulando do quarto para o segundo lugar em apenas uma curva. Aliás, por muito pouco não saltou direto para primeiro. Teve tranqüilidade e estudou seu companheiro Kovalainen por cinco voltas, até dar o bote certeiro e assumir a ponta, para não mais perdê-la.

- O inglês andou muito rápido em todas as circunstâncias. Na chuva forte, na chuva fina, na pista ensaboada, na pista seca. Há tempos não se via um domínio tão absoluto. Lewis já estourou sua cota de besteiras nessa temporada, mas a vitória de hoje foi redentora.

- Redentora, também, a corrida de Rubens Barichello. Ao lado de Lewis, o nome da corrida. Executou com maestria a estratégia de Ross Brawn, por algumas voltas voou na pista – quase 10s mais rápido que o resto – e fez uma impressionante escalada do nono para o segundo lugar em cerca de dez voltas. Quando a pista começou a secar, voltou aos boxes para trocar pneus e garantir o pódio na terceira posição. Tivesse continuado a chuva forte, Barrichello poderia ter vencido a prova. Espetacular.

- Nick Heidfeld, que não vivia boa temporada, obscurecido por seu companheiro Kubica, foi outro grande nome em Silverstone. A se destacar a impressionante ultrapassagem dupla sobre Kovalainen e Raikkonen debaixo de um aguaceiro. Merecido segundo lugar.

- Kimi Raikkonen foi discreto hoje, mas poderia ter conquistado uma melhor posição, não fosse o erro de estratégia da Ferrari, que o manteve com pneus intermediários desgastados quando a chuva começou a apertar. Mais um erro dos inúmeros cometidos pela equipe italiana nessa temporada.

- Mas em volume de erros, ninguém superou Felipe Massa hoje. Cinco rodadas numa corrida vergonhosa e irreconhecível, na qual permaneceu a maior parte do tempo em último lugar, posição na qual terminou o GP.

- O brasileiro, contudo, saiu no lucro hoje. A vitória ficou com Hamilton, o que estava mais distante dele na tabela entre os postulantes ao título, a Ferrari errou, tirando pontos preciosos de Kimi, enquanto Kubica rodou e abandonou. Ter saído de Silverstone ainda líder do campeonato depois de uma corrida vexatória como essa foi praticamente uma vitória.

- Nelsinho Piquet fez sua melhor apresentação na Fórmula 1 até aqui, ainda que tenha rodado e abandonado. Fazia excelente prova, era quarto colocado e poderia ter até beliscado um pódio, não fosse a aquaplanagem e o abandono. Como já disse antes, rodar, bater e abandonar quando se está longe do limite é uma vergonha. Mas erros como o de hoje são perfeitamente desculpáveis. Nelsinho estava andando limite, na frente de Alonso, e atingindo posições inimagináveis para uma Renault. Errou? Errou. Mas sai da Inglaterra com o moral alto.

- Tríplice empate na liderança do campeonato, com Hamilton, Felipe e Raikkonen com 48 pontos. Kubica está pertinho, com 46. Atingida a metade da temporada, o título está totalmente indefinido. A Ferrari tem o melhor carro e deveria estar na liderança, com alguma folga até. Mas considerando o nível de erros dos italianos – inaceitável para uma equipe de ponta –, não duvidaria até de um título da BMW, ainda que seja improvável.

- A segunda metade do campeonato vai esquentar… Hamilton está de volta!

Comentários do Facebook

comentários

18 comentários

  1. fabio pinto da costa disse:

    como vcx dizem ai no brasil:
    “cade” o massa?
    lol

  2. terramex disse:

    Ridículo foi a desculpa que o Fantástico deu pra excelente prova do Massa: “A Ferrari errou não trocando os pneus e Massa não conseguia segurar o carro na chuva”. É verdade, mas faltou falar que ele já estava rodando ANTES do erro do pit-stop. Mentir e omitir, neste caso, ficaram bem próximos.

  3. Heliarly disse:

    Vitória acachapante de Lewis Hamilton, com toda certeza, não entendo porque a rede GLOBO tenta boicotar o maior talendo da formula 1 dos ultimos anos.

  4. Hedryk disse:

    Concordo com quase tudo que foi escrito pelo Capelli e comentado na sequência, mas acho que vale uma observação: O Hamilton não reinou absoluto como parece… Na primeira parte da prova, antes dos pits, o Kimi tirou uma grande vantagem que o inglês tinha sobre ele, e se não fosse o erro de estratégia da equipe Ferrari, poderia ter vencido a prova.

  5. Anonymous disse:

    Capelli, só faltou finalizar que nem no post de Mônaco, falando que se o Hamilton ganhar e as Ferraris abandonarem na próxima corrida, o campeonato ficaria muito divertido

    E eu acharia mais divertido ainda vc adimitir que torce pelo inglês =)

  6. Felipe disse:

    O Rubens na Ferrari estaria fazendo muito melhor que o Massa disso não tenho dúvida alguma. Que fiasco do líder do campeonato hoje, de um amadorismo que impressionou a todos…

  7. Felipe Maciel disse:

    O Massa reviveu Silverstone-2002. Só que antes o carro era azul, agora é vermelho. No mais…

    Muito bom ver o Rubinho de volta ao pódio, com direito àquela coisa estranha que chamam de sambadinha.

    O Hamilton se redimiu em grande estilo, nada como uma vitória em casa para acalmar a imprensa inglesa pegando no pé.

  8. Tertuliano disse:

    Massa é abaixo da crítica em condição de pista molhada. revejam suas atuações nessas condições.

    lembro particularmente da hungria em 2006, simplesmente bizonho.

  9. Anonymous disse:

    KIMI BI-CAMPEAO!!

  10. Kimballs disse:

    HAMILTON ESTÁ DE VOLTA….

    CUIDADO…na F1 a distância entre o céu e o inferno é uma corrida!

  11. Daniel Médici disse:

    Pela chuva e pelo domínio que impôs, Hamilton me lembrou a atuação de Senna em Portugal, 1985.

    Para quem não sabe, não foi apenas a primeira vitória de Senna, mas ele foi o mais rápido em todas as voltas menos duas!!

    Ok, Lewis pode não ter feito a pole ou a melhor volta, mas estava um ou dois degraus acima do resto do grid o tempo todo. E não errou. O que eu achei fantástico; todos os estereótipos, as conclusões fáceis e os lugares-comuns desabaram em Silverstone…

  12. r/t disse:

    E pra variar, a italianada incompetente e burra que volta a mandar na Ferrari, destroi a corrida dos seus pilotos

    E destroi na estrategia, no acerto, em tudo

    Em que pese a atuação fraca, abaixo da critica do Massa, Kimi poderia terminar em terceiro ou até mesmo segundo, mesmo rodando como rodou (3x)

  13. Fernando disse:

    Excepcional resultado do Rubens. PERFEITO. Piquet foi muito bem tbm. Mostrou consistência, mostrou que conseguiu passar pela fase ruim, no começo. Só acho que pra se comunicar o cara é MORTO. Carlos Gil conversa com ele, o cara parece que acabou de acordar. É o jeito dele, claro, mas eu acho esquisito. O Massa errou mesmo, rodou 5 vezes, tudo bem. É ruim, claro que é, mas seria pior se o cara tivesse lá no final da tabela do campeonato com uma Ferrari. O importante disso tudo é que ele mostrou ao longo DESSE CAMPEONATO que amadureceu como piloto. Se ele errou 10 vezes hoje, é ruim, mas não é o fim do mundo. Enfim, temos um piloto na ponta do campeonato, outro que fez uma brilhante apresentação com o segundo pior carro do grid e mais um que está começando a se acertar. A pergunta mais importante disso: Por que a torcida brasileira não pára de ser patética e valoriza os três pilotos que tem, ao invés de ironizar sempre um ou dois deles?

    Só uma coisa irritante que eu adorei que aconteceu hoje. Ano passado, o Galvão era só elogios pro Hamilton. Perdeu o campeonato, claro, por culpa dele. Esse ano o cara deixa de ser gênio para ser criticado toda corrida. O MUNDO critica Lewis Hamilton, mas o Galvão quando pega alguém pra Cristo é uma desgraça. Hamilton não podia aparecer na tela que ele via com irônias, com sarcasmo. Pqp, hoje o Massa rodou 5 vezes, foi problema de acerto. O outro lá desde o começo fez uma puta corrida e mesmo assim o Galvão ficava com palhaçada. Só essas mudanças do nada dele que às vezes tiram a crediblidade… =/

  14. Alessandro disse:

    Capelli, essa tabela de classificação é do treino de ontem…

  15. Herik disse:

    Hamilton e Barrichello foram perfeitos.

    Heidfeld, Raikkonen e Alonso foram ótimos, consideradas as circunstâncias. O alemão por não ter um carro tão bom, o finlandês por ter sua corrida atrapalhada pela equipe e que o obrigou a arriscar demais e o espanhol por ter um carro ruim mesmo.

    Piquet foi muito bem.

    Mas o desempenho de Massa foi ridículo, como ridícula é a tentativa de acobertar seu retumbante fracasso como a turma da Globo tentou fazer. Falar que o carro dele estava torto ou tinha problemas por causa do acidente da sexta-feira é mentira. E ainda que o carro dele tivesse um problema de equilíbrio, certamente uma Ferrari não é menos fácil de guiar que uma Force India ou uma Honda.

  16. bruno disse:

    1. barrichello igualou coulthard em pódios novamente, vale lembrar;

    2. além da ultrapassagem sobre a dupla finlandesa, heidfeld ultrapassou glock e alonso em uma manobra semelhante.

  17. Fernando disse:

    LEWIS HAMILTON WINSSSSS !!!!!!!

  18. Fabio Almeida disse:

    Massa com um carro torto, depois da batida forte de sexta. O resultado foi péssimo, porque a imprensa européia simpática ao Hamilton despertou e vai embalar o garoto agora.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>