MENU

21 de agosto de 2008 - 13:03Curiosidades, Estatísticas, História

Bridgestone 200


A Bridgestone comemora, neste final de semana em Valência, sua 200ª participação em Grandes Prêmios na Fórmula 1.

Presente de forma oficial na categoria desde 1997, a fábrica japonesa não contabiliza em seus cálculos duas participações que fez em 1976 e 1977, equipando pilotos nipônicos inscritos como independentes nos GPs do Japão.

Para efeitos estatísticos, a Bridgestone já tem 201 participações e é a quarta fábrica mais presente até hoje na Fórmula 1. Ainda este ano, ultrapassará a Pirelli e passará a ser a terceira, atrás apenas da Goodyear e da Michelin.

Confira abaixo as marcas que já participaram da F1:

Goodyear – 495 GPs (1960 / 1965-1998)
Michelin – 215 GPs (1977-1984 / 2001-2006)
Pirelli – 203 GPs (1950-1959 / 1981-1986 / 1989-1991)
Bridgestone – 201 GPs (1976-1977 / 1997-)
Firestone – 121 GPs (1950-1960 / 1966-1975)
Dunlop – 120 GPs (1958-1970 / 1976-1977)
Englebert – 32 GPs (1950 – 1954/1957)
Avon – 22 GPs (1958 / 1981-1982)
Continental – 13 GPs (1954-1955 / 1958)

Comentários do Facebook

comentários

18 comentários

  1. giuseppe disse:

    Confira o nome de todas e suas respectivas participações em GPs e vitórias:

    Avon – 22 participações – 0 vitórias
    Bridgestone – 146 participações – 95 vitórias
    Continental – 13 participações – 10 vitórias
    Dunlop – 120 participações – 83 vitórias
    Englebert – 32 participações – 7 vitórias
    Firestone – 121 participações – 49 vitórias
    Goodyear – 495 participações – 368 vitórias
    Michelin – 188 participações – 84 vitórias
    Pirelli – 203 participações – 45 vitórias

    OBS: Dados atualizados em Julho de 2005.

  2. Romário Jr. disse:

    @Francis: estou assisitindo o 2º treino livre do GP Itália pelo Speed Channel americano e a transmissão é pela Bridgestone (sem sobrenome), e os comerciais que recheiam a trasnmissão são apenas BRIDGETONE e a sua paixão pela excelência, não tem Firestone nem nas letras miúdas, hehehe…

  3. Francis Rosário disse:

    @romario jkr: não é o que vejo, meu pai trabalha pra uma grande rede de revendas Bridgstone-Firestone e confirmou que as duas marcas continuam existindo, com a Firestone sendo usada mais nos EUA e a Brigstone no resto do mundo.

  4. Romário Jr. disse:

    Acontece que a marca Firestone já não existe mais. Após a fusão, o nome composto Bridgestone-Firestone foi usado por alguns anos para fazer a transição de marca sem perder mercado e consumidores, pricipalmente nos EUA. Conforme as melhores práticas de marketing, após sua consolidação e expansão de mercado, a empresa que faz a aquisição abandona a marca antiga e deixa apenas a sua.

  5. Abrahão disse:

    E em termos de títulos mundiais, como ficaria esse ranking ?

    Abraço.

  6. Francis Rosário disse:

    A Firestone pertence a Bridgestone, logo deveriam ser somadas os GPs de ambas… ;)

  7. Cristiano disse:

    A Firestone de 1950-1960 só corria em Indianápolis, inclusive a Ferrari usou esses pneus na Indy 500 de 1952.

    No mais, essas estatísticas não estão batendo totalmente com o site statsf1, visto que algumas marcas eram usadas esporadicamente em algumas corridas. Por exemplo, pneus Avon foram usados em 1956.

  8. Holy Diggio Bop! disse:

    Se não me engano, no Brasil a Bridgestone e a Firestone formaram uma holding. Isso não se aplicaria no resto do mundo também?

    Abraços!

  9. Lucas Israel disse:

    Já vi pneus avon nos carros de festivais e tal deve ser porque as fábricas “originais” desses carros não fabricam mais pneus naquelas dimensões… Agora que eu queria ver a continental fazendo pneus de F1 hoje, ah isso eu queria.

  10. Nuvolari disse:

    Interesante dato. É uma pena que Goodyear e Michelin nao estejam mais na categoria, gostava de ver esas marcas em pista.

    Capelli pasa por meu blog, tenho algo para voce. Nao… nao é uma foto de Galvao com peruca nem um video de Murray Walker dançando a Macarena.
    Veja la. :D

    Abraços…

  11. Fábio Mandrake disse:

    Englebert é uma conhecida marca belga de pneus, Continental é alemã, alias tenho uma bike alemã que tem esses pneus.Avon existe até hoje e equipa diversas fórmulas na Gra Bretanha.Na temporada de 2001 a Minardi em treinos da pré temporada usou pneus Avon pois estavam proíbidos testes de pneus para todas as equipes e como a Minardi não tinha ainda treinado com o novo carro o jeito foi usar pneus que não disputariam o mundial, o problema é que esses compostos eram usados na F3 e foram adaptados para esses teste.

  12. Anonymous disse:

    Houve algum período no qual houve fornecedor único além de 92-98, com a Goodyear, 99-00 e 07-08 com a Bridgestone?

  13. Hans Loures disse:

    ano que vem já esta em segundo… dai mais 10 anos e ela consegue ficar em primeiro

  14. Anonymous disse:

    Obrigado pela resposta Germano.

  15. Germano disse:

    Avon Tyres é fornecedora de pneus de muitas categorias de base internacional..além de chegar a fornecer pneus pra equipe Fittipaldi nos anos 80

  16. Anonymous disse:

    ops…

    escrevi errado, não é fabrica, é Fábrica.

  17. Anonymous disse:

    Avon?

    Que marca é essa, Capelli?

    Fabrica de pneus perfumados?

    kkkkkkkkkkk…..

  18. Ulisses disse:

    495 Gp’s.
    É uma vida.
    Nem Reginaldo Leme tem isso tudo de comentários em GP’s.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>