MENU

30 de outubro de 2008 - 13:24Análises, História

20 anos da “Batalha de Suzuka”

Foto: Reprodução Grande Prêmio

Foto: Reprodução Grande Prêmio

Vejo agora, no Grande Prêmio, que lá se vão 20 anos da conquista do primeiro mundial de Ayrton Senna, no GP do Japão de 1988. É impressionante como o tempo passa rápido e também como a lembrança daquela corrida permanece viva.

Tinha 11 anos na época e lembro nitidamente de ter pela primeira vez na vida a sensação de estar presenciando algo histórico. Muitos fatos acontecem, acompanhamos, mas só nos damos conta da dimensão deles dias, meses, às vezes anos após. Neste caso, não. O mundo inteiro, em 30 de outubro de 1988, teve a certeza de estar vendo uma das maiores páginas da história do automobilismo ser escrita na pista de Suzuka.

Como já disse no GP Total no começo deste ano, aquela conquista teve um ar heróico, improvável, uma sensação que pode ser equivalente a uma virada aos 48 do segundo tempo de um time estava perdendo de goleada há poucos minutos. Comparável, quem sabe, à Batalha dos Aflitos, quando não há quem não tenha ficado impressionado com aquele time que na casa do adversário, com quatro jogadores a menos e um pênalti contra, conseguiu defender o pênalti, fazer um gol e voltar para a casa com o título na mão.

A “Batalha de Suzuka” foi assim. Ayrton Senna era pole, deixou o carro morrer na largada, caiu para 14º e viu suas chances no campeonato minguarem. E, de forma inesperada, tirou todos de sua frente em menos de 20 voltas para voltar a brigar, no mano a mano, com Alain Prost. É lógico que a McLaren era o melhor carro daquele ano, mas isso não diminui o feito. Ultrapassar seis carros em uma volta, como fez na primeira, não é para qualquer um. Mais dois na segunda volta, mais um na terceira, outro na quarta… Uma escalada para a história, rumo à vitória, rumo a uma conquista épica.

A Folha de São Paulo foi muito feliz quando avaliou hoje que o GP do Japão de 1988 iniciou a mitificação de Ayrton Senna. É certo que o brasileiro teve um acompanhamento midiático até então inédito, é sabido também que frente às câmeras se tratava de um sujeito bem mais polido, bom moço e simpático do que na vida real, narrações gritadas e ofegantes sobre trilhas emocionantes ajudaram a construir o ídolo, a morte à-la James Dean gerou uma comoção mundial. Mas não é só isso que explica a adoração ao gênio. Não adianta bela embalagem sem um bom produto, e Senna foi um produto único oferecido pela Fórmula 1.

Somos apaixonados pelo automobilismo e não devemos entrar na conta, mas coloque-se no lugar de um leigo, alguém que apenas vê carrinhos dando voltas e nada mais. Para quem não tem velocidade nas veias, corridas são chatas. E são chatas mesmo… um sai na frente, troca de pneus, reabastece e ganha. De vez em quando uma ultrapassagem, uma quebra, mas superficialmente tudo não passa de carrinhos dando voltas sem sair do lugar. O vencedor é um cara chato que, como dizia Juan Manuel Fangio, anda na frente “o mais devagar possível”. O segredo da vitória é esse, ser rápido o suficiente para vencer a concorrência e lento o suficiente para não danificar o equipamento. E Ayrton Senna fugiu deste clichê. O modo como se deram algumas de suas conquistas, a começar por Suzuka em 1988, trouxeram aquela analogia da virada futebolística para o automobilismo. E todo mundo passou a acompanhar a Fórmula 1, esperando a cada domingo uma vitória improvável.

Ou há outra forma de classificar o que fez em Mônaco/1984, um novato ultrapassando todo mundo com um carro visivelmente inferior debaixo de um temporal? Ou sua primeira vitória em Interlagos, percorrendo todo o traçado nas últimas voltas com seu câmbio preso à sexta marcha? Ou o duelo com Nigel Mansell em Jerez de la Frontera, cruzando a linha de chegada separados por apenas 14 milésimos de segundo? E o outro duelo com o Leão em Mônaco/1992, segurando a Williams de outro planeta por cinco voltas no final da corrida? E a vitória no dilúvio de 1993 em Interlagos, uma corrida que Alain Prost tinha na mão? A primeira volta em Donington Park e a vitória com duzentas trocas de pneus?

Ayrton Senna pode não ter sido o melhor piloto da história. Quem briga defendendo ou rejeitando tal idéia não sabe o que está fazendo, até porque essa questão de “melhor” é por demais subjetiva. Mas não há dúvidas que foi ele o piloto que mais protagonizou aquilo que se pode chamar de “vitórias impossíveis”. E o impossível começou a ser possível em Suzuka, em 30 de outubro de 1988.

Comentários do Facebook

comentários

133 comentários

  1. Tava olhando por ai… RT @ivancapelli: 20 anos da "Batalha de Suzuka" http://bit.ly/9EhANY

  2. @rmonterrubio disse:

    Caramba, que texto, eu tinha apenas 7 meses de vida, mas foi emocionante ler tudo isso!!!

    • Pedro " Ghostrider " Almeida disse:

      Começo por dizer que sou Português, e que absolutamente detestava o Senna, por sempre ganhar a chuva, foi ridicularizar os adversarios, e por ai.
      Aconteceu Monza, chorei 3 dias e estive de luto, ainda hoje me custa escrever estas palavras sem me aparecerem lagrimas nos olhos, de cad vez que me lembro da vista aerea do acidente, e para mim a mais chocante para mim, no dia do seu funeral o seu capacete no topo da urna, o famoso amarelo de risca azul e verde.
      Deixei de ver F1 revoltado pela sua morte, por ninguem ser responsabilizado, e ainda hoje, ODEIO MAS ODEIO DE MORTE, MICHAEL SCHUMACHER, ODEIO, conseguiu comemorar esse GP no final.
      Tempo depois pensei porque deixei de ver, e vi que aquele que eu detestava era o que eu queria ver, era apenas SUBLIME SENNA.

  3. Frederico Cavalcante disse:

    Fico impressionado como a grande maioria dos comentarios se deixa levar por uma exaltação tão cega ao Senna, como se o mesmo ainda estivesse na ativa se ainda fosse vivo. Ele fez coisas absurdas, inimagináveis, entregava-se a 110% quando guiava, mas daí o grande público desmerecer os feitos de pilotos como Piquet e Prost…Piquet era um trabalhador, um piloto com alma de mecânico, que conseguiu a façanha de ser bicampeão com a Brabham, e vencendo o tricampeonato dentro de uma Williams que trabalhava toda para o Nigel Mansell. Prost foi tetracampeão, o cara que mais venceu corridas até então, tinha o estilo de pilotagem que eu considero o mais belo dentre todos os pilotos…e só falam dele por ter defendido sua posição em Suzuka 89. Senna foi um gênio, mas sempre teve a equipe trabalhando em função dele, sempre teve a mídia a favor, a imagem de bom moço, o namoro com a Xuxa, etc. Por isso considero tolas as afirmações do tipo “hoje a F1 nao tem mais graça” ou então “parei de assistir com a morte do Senna”. Aqueles que acompanhavam a F1 por esta razão podem ser classificados no mesmo grupo daqueles que não vivem sem novelas globais ou Big Brother; se não assistem mais corridas de F1, saibam que perderam entre 2006-2008 as melhores temporadas desde 1994.

  4. Marcel Castro disse:

    o texto é preciso , é fantastico.

    E , embora ache sim Senna, o melhor de todos, inclusive tecnicamente e pela forma com Senna fazia as coisas, esté é o melhor texto que sobre ele

    Parabens

  5. Mauro Santana disse:

    Belo texto, Falar de Senna é lembrar de momentos inesqueciveis, e uma coisa que eu gosto de lembrar sempre, quando todos falam desta F1 moderna e monotona de hoje e com seus carros futuristicos e autodromos que cada vez mais se parecem com kartodromos, pego como exemplo o Gp do Japão de 1989, famoso pela 42° vitoria que lhe foi roubada, que ironia não?
    Logo o n° 42 que lhe era o de sorte, Quem assisitiu aquele gp ao vivo sabe do que estou falando, pois foi tão emocionante quanto o de 88, mas com um pequeno grande detalhe, as cameras colocadas nas duas Mclaren o que nos proporcionou andar junto com Senna na captura de Prost, ali podemos ver ele tocando um F1 de verdade, com câmbio manual e suspenção normal e um volante de verdade e não um computador giratorio.
    Infleizmente este tempo não volta mais, uma época em que se eu citar os nomes dos pilotos que correram com ele eram, de 26 no grid uns 12 + ou – menos tinham chances de vitória, e isso não acontece hoje, ali era que tem mais braço vencia e nem sempre o melhor carro chegava na frete, pois existiam ultrapassagens.
    Enfim, uma época de ouro e de pilotos e carros de verdade, e vendo a F1 de hoje me faz sentir que estamos vendo uma corrida de F2 ou GP2 ou F3000, mas não de uma F1.

  6. joao freire disse:

    SENNA é o cara.

  7. Paulo Berger disse:

    Oi Capelli;

    Parabéns pelo seu texto, está pérfeito. Gostaria apenas de acrescentar que Senna conseguiu com sua mágica e maestria nas pistas conquistar o respeito não só dos brasileiros como do mundo todo e isso não é para qualquer um, apenas para alguém predestinado que cumpre uma missão. Lembra do estrondoso aplauso que ele recebeu em um estádio francês quando foi dar o pontapé inicial em um jogo de futebol entre seleções duas semanas antes do acidente em Imola? E era a casa do seu maior rival! É a prova inequivoca de que a mensagem positiva que ele transmitia durante as suas incríveis exibições tocou fundo os corações de todos independentemente de ser brasileiro.

  8. jonas disse:

    Eu posso dizer que fui um privilegiado,em ver esta corrida de AYRTON SENNA.logo na largada eu não acreditei que o carro dele tinha apagado motor,mas depois ele deu um verdadeiro show na pista que até hoje não vi igual.e ali realmente nasceu um mito das pistas.

  9. Murilo Maximo disse:

    Bom dia Capelli!!! Parabéns pelo texto. Eu, na corrida de 1988 tinha apenas oito anos de idade e não me recordo bem o quer aconteceu. Mas, diante desse texto dá para se ver o quanto foi perder um gênio das pistas como Senna. Obrigado pelo conhecimento e pelas palavras que antes nunca tinha escutado falar… Você acha o Massa um grande piloto como foi Senna??? Abraços!!!

  10. maria josé disse:

    Muito bom o seu texto. Melhor ainda ter vivido, naquela época e lembrar com carinho do inesquecível Senna. A Fórmula Um era um espetáculo imperdível,
    acompanhava tudo que dizia respeito ao nosso ídolo, a sua partida levou também o nosso entusiasmo, ontem pela primeira vez desde 94 senti a emoção voltando. A morte prematura de Senna nos fez ter um sentimento de traição…. Poxa e agora …..Ainda não consigo ouvir a musiquinha do Senna sem me emocionar, ontem foi MASSA!

  11. Flavia disse:

    Tem quem fale q Prost foi melhor (paesar q quem falou isso foi Piquet e a opiniao dele nao pode contar… afinal, ontem, depois q o filho saium ele nao teve nem o respeito de ficar até o fim da corrida em Interlagos, mesmo sabendo q um brasileiro poderia ser campeao)…mas…voltando… Imaginem Senna corrrendo nos dias do hj? Imaginem um duelo entre ele e o alemao?
    Ele nao ganhou mais, nao teve mais titulos, pq morreu…só por isso… pois se tivesse vivo ainda, duvido que alguem o superasse….

  12. PAULA disse:

    Até hoje ainda não consigo ficar em frente da tv para ver uma corrida. É como se faltasse Senna agitando a nossa bandeira , e na verdade falta. Ainda era adolescente quando ele faleceu por isso perde o gosto pela corrida.

  13. Ayrton foi um gênio que jamais será esquecido, não só pelos brasileiros, mas por todos aqueles que amam o automobilismo.
    Lembro pouco das conquistas deste Gênio, pois eu era muito nova, mas o amo de todo o meu coração.
    Tenho uma vasta coleção sobre ele, sua vida e conquistas.
    Fiquei muito feliz em ler todos os comentários contidos nesta página.

    Bjs a todos!

  14. Rosemary disse:

    Quando o Senna disputou as corridas tinham pilotos bons e com carros bons, ele estava de igual para igual com os outros e se sobresaiai pela capacidade de pilotar como nimguem. Este alemão que ganhou tantas vezes, não teve pilotos e nem carros para disputar corridas como no tempo do Senna. portanto ele e nem um outro chega aos pés do nosso Airton.

  15. Pra mim não há como comparar Senna e Schummacher. O segundo era o homem que se misturava à maquina. Quando o Schummi entrava no carro parecia que os dois se tornavam um só (ou uma só – máquina). Sua competência era inegável porém a era negra do marasmo da F1 o teve como precussor e grande exemplo, talvez até sem culpa, por falta de adversários à altura, de piloto que começa na frente, troca pneus , abastece, e termina na frente como bem retratou Capelli. Já o primeiro não se misturava ao carro. Era aliás, o perfeito exemplo do homem que dominando a máquina e isso é que o tornava um fenômeno à parte! Muito dificilmente outro piloto conseguirá aquecer os corações dos amantes da F1 como o fez Ayrton Senna. Eternas saudades…

  16. elias disse:

    o que tornou SENNA o maior d todos os pilotos é o simples fato de que ele não apenas corria pelo dinheiro, ele corria com a alma e isso era tão claro que conseguia deixar quase todos os brasileiros acordados de madrugada para ter a sensação de ouvir aquele musiquinha rolando enquanto a bandeira do brasil subia no mas alto do pódio.
    o que se tem a dizer sobre ele é obrigado AYRTON por grandes emoções nas corrridas vç sempe será nosso heroi.

  17. FELIPE - ASTORGA disse:

    Ayrton Senna para sempre, jamais vou esquecer dele.

    Melhor piloto da história, deu um novo rumo a fórmula 1 mostrando que tudo é possível atras de um volante.

    Que falta ele faz, a fórmula 1 perdeu 99% da graça quando ele morreu. Parabens Ayrton, em qualquer dimensão que você esteja, parabéns.

  18. George Lisboa disse:

    Uma lembrança histórica de um herói que não deve ser esquecido..coloquei num comentário em meu fotolog que não devemos misturar as estações e nem, como certos orgãos de imprensa querem mostrar, dizer que o Massa é um “novo Senna”..não existirá nem novo nem velho, porque Ayrton Senna é único..e se o sobrinho Bruno for 50% do que o tio foi, já será um grande passo…e que o Massa esqueça o “incidente” do passado que teve em relação ao Senna, pois foi graças a isso que não tenho hoje esse piloto que, espero como brasileiro, seja campeão mundial, da mesma maneira que esses órgãos da imprensa, ou num patamar que se manteria como bom torcedor…um abraço e parabéns pela lembrança

  19. Marcus disse:

    Gênio!!! Essa é a palavra. Quando eu achar que existe algum outro piloto capaz de fazer o que o Ayrton fazia com um carro muito inferior, como por exemplo aquela Lotus preta que ele pilotava, aee sim eu digo que existiu alguem melhor q ele. E sim, sem duvida foi e continua sendo o melhor, na minha opinião. Pra mim não é quantidade de titulos, afinal isso ja fica bem mais facil se vc tem o melhor carro, mas como se conquista cada titulo.
    Acho q Ayrton Senna, fez a diferença e tornou a luta nas pistas entre a astucia e a coragem dos homens e não soh entre a potência das maquinas.

    Excelente post o seu!(desculpe pela falta de acentos, meu teclado não possui..rs)

  20. Junior disse:

    (((simplesmente senna)))

  21. paulmartan disse:

    São fatos que jamais se repetirão… Airton Sena é uma lenda… Vamos torcer agora por um jovem que está surgindo agora: Felipe Massa e também por Nelson Pequit… Uma esperança…

  22. Armando Juan Herbas Menacho disse:

    Sou boliviano e aprendi a amar este pais por conta de um tal de Ayrton Senna que posteriormente passou a ser meu ídolo, precisamente por isso, por mostrar ao mundo enteiro que o impossível é possível. Quanta saudade!!!! Hoje nem com um carro superior se consegue um capeonato mundial, e nao adianta Massa tentar ganhar-lo, domingo-a-domingo torco por ele mas mesmo conseguindo nao poderá apagar a lembranca de domingos épicos, da alegria do povo brasileiro e da admiracao do mundo por um brasileirinho oussado, carismático e heroico.

  23. ELIANE disse:

    SENNA NÃO MORREU…CONTINUA VIVO NOS CORAÇÕES DOS BRASILEIROS…
    ELE SERÁ SEMPRE O MAIOR E VENCEDOR NAS PISTAS

  24. Eliane Sales disse:

    Pais Pinto …

    Concordo com você ao dizer que não existem palavras para descrever Ayrton Senna na total pefeição.

    Sim . Existem atos, sentimentos, gestos, que nenhuma palavra do dicionário é capaz de expressar.

    Desculpe, mas quanto ao Michael Schumacher a meu ver ( que não entendo nada), não foram brilhantes suas conquistas, não tinha com quem competir.

    Explico: Queria vê-lo disputando com NOSSO Ayrton Senna.

    Além dos registros na memória de momentos inesquecível SENNA, tenho album, recorte de jornais.

    Dizem o ditado que ninguém é insubstituível, digamos que sim, mas, existem pessoas que fazem a DIFERENÇA e isso faz de SENNA insubstituível, INESQUECÍVEL.

    Pela primeira vez meu coração alegra-se diante da TV, depois da partida de Ayrton, e da ” MORTE” da F1.
    Prá mim que nunca mais alegrei ou vi F1.
    Com a vitória de MASSA (Nosso campeão) para os brasileiros sensíveis, que gostam do esporte ELE é campeão.
    E, claro, com a espera de BRUNO SENNA às pistas dos circuitos de F1.

    SENNA eternamente SENNA.
    Ao Felipe MASSA, parabéns, obrigada e estamos com você nos próximos anos.
    BRUNO SENNA, seja bem vindo!!! Obrigada pela coragem.
    Deixe o sangue SENNA correr em suas veias, pulsar em seu coração, e o mais é ser profissional ( nossos corações agradecem antecipadamente).

    Abraços.

  25. silvana disse:

    Ontem voltei a chorar ao final de uma corrida de formula 1.O Massa foi grande, guerreiro, mostrou o talento que tem.Parecia que estava vendo Senna na pista.O domingo voltou a ser espetacular.Uma certa vez li uma reportagem em um jornal onde perguntaram ao Schumacher qual era a diferença entre ele e Senna.Ele respondeu que o Senna levava o carro como um jogador de futebol brasileiro leva a bola em campo e ele levava o carro como um jogador de futebol americano.Grande Senna.Idolo sim.Parabens Massa.

  26. Pais Pinto disse:

    Caros amigos:
    Falar de SENNA é estranho porque nenhumas palavras o descrevem na total perfeicão…nem proximo disso. Pessoalmente adimiro muito mais o MICHAEL SCHUMACHER mas, o reconheco como um dos grandes titãs da historia dessa modalidade.

    Pais pinto

  27. Djalma Pereira Tonhá disse:

    Ayrton Senna ! Maior em todos os tempos!

    Futuro CAMPEÃO! Temporada de 2009, não terá pra minguem, que venha
    à concorrência!

    FELIPE MASSA, CAMPEÃO DO BRASIL!

  28. Marco Aurélio - Muriaé disse:

    A Viviane irmã de Ayrton, contou um dia que quando ele ainda era menino e participava de corridas de kart, em uma corrido debaixo de chuva Ayrton rodo várias vezes e chegou em último lugar, disse ela que ele chegou em casa morto de vergonha e chorando muito, a partir daquele dia ele determinou que nunca mais iria passar or uma vergonha daquelas e toda vez que começava a chover ele passava a mão em seu caacete e ia correndo para o autódromo para treinar sob chuva e o resto da história voces já conhecem, virou simplismente o melhor piloto do mundo em pistas molhadas (e secas também). Só contei essa história para mostrar que ninguém nasce pronto é preciso determinação, perseverança e sacrificio. Por isso Ayirton Senna sempe será o melhor de todos os tempos ele sempre acreditava que podia vencer os seus limites.

  29. Dante Parisi disse:

    …olhem so… nunca mais esqueco do comentario do nosso saudoso AYRTON SENNA…como todo brasileiro que sou…nao me conformo em ser o segundo….sempre corro para ser o primeiro como todo o brasileiro e…

  30. Mariana disse:

    Acompanhei a carreira do Senna na F1 praticamente toda (mesmo sendo na infância), ainda me lembro do dia em que ele morreu. Eu nunca mais achei graça em assistir as corridas. Ainda torço pelos pilotos brasileiros, mas não é a mesma coisa. Sempre que ouço o tema da vitória espero o grito “Ayrton Senna do Brasil!!!”. Em todo caso deixo aqui meus parabéns ao Felipe Massa.

  31. willian disse:

    O senna foi o cara sem duvida, e é claro pra se ter alguem tão fantastico, deveria ter alguem que competisse a altura como os pilotos da epoca, todos eram bons, mas o senna se destacava. como disse alguem mais acima, milhares de pessoas deixaram de assistir a formula 1, assim como eu, e hj com um brasileiro voltando a honrar o nosso país resolvi torcer, depois de 14 anos. E me decepcionei mais ainda com a F1, o que se ve hj em dia nao são pilotos, do jeito que esta tudo, qualquer um pode pilotar, cheio de frescuras, cai um pingo e ja tem que ir pra boxe trocar pneu pq ninguem tem habilidade suficiente.
    E no fim, o unico que nao trocou de pneus deu a vitoria do campeonato a hamilton. Me mostrem onde esta a habilidade, onde estão as vitorias impossiveis? Onde estao os novos sennas e pq nao os prosts, para fazerem frente e darem emoçao novamente a essa categoria?? Espero que voltem a ser menos centrana em maquinas e sim nos pilotos, afinal quero ver um piloto que faça um corrida perfeita debaixo de chuva com pneus snick(é assim que escreve?), ou sem alguma marcha, ou uma prova de recuperaçao.

  32. ADALBERTO_RJ disse:

    Tinha 17 anos quando SENNA foi campeão pela 1ª vez e a partir deste momento passei a acordar cedo aos domingos, coisa antes impossível de acontecer, tive a sorte de assistir várias e várias vitórias e derrotas de SENNA, sem dúvida o MELHOR disparado, hoje ainda choro quando lembro de AYRTON, brasileiro que fez brasileiro acredidar que com insistência, ousadia, garra tudo podemos. SENNA era alegria pura de domingo, eu ficava contando os dias para poder assistir a outra sensacional corrida de AYRTON. Choro como criança ao lembrar desse ser-humano notável, e hoje senti algo que jamais pensei em sentir novamente a emoção de ser brasileiro vendo MASSA correndo atras de seus sonhos, hoje posso dizer que a formula 1 vai voltar a ser um belo amanhecer de domingo.
    SENNA esta eternizado, marcado a ferro e fogo em nosso peito.
    Agora aquela luz no final do túnel esta, cada vez, mais forte, mais MASSA, acreditamos, sem comparações, que ele ainda vai nos encher de orgulho.
    Parabéns pelo texto
    Parabéns MASSA
    Parabéns SENNA
    E obrigado SENHOR, por AYRTON SENNA ser BRASILEIRO.

  33. Lu Pisarro disse:

    Parabens Massa ! Grande corrida a do nosso campeão Felipe Massa !! Vi a corrida
    pela TV5 da Espanha que pega aqui no Algarve (Portugal) Os jornalistas espanhois estavam perplexos perante a vibração da nossa querida torcida e da sua força !
    E gostei tb porque eles vibram com a narração (como no Brasil) ao contrário dos
    jornalistas portugueses que narrando qualquer evento nos fazem dormir tal a apatia com que descrevem os eventos ou jogos. O que falar do nosso amado Senna…
    Saudades… vc nos faz muita falta Ayrton ! Só estou voltando agora com Massa a vibrar outra vez com F1 ! Chorei muito naquele 1º de maio. Estava com meus filhos pequenos em um churrasco quando soube da morte. Acabou o dia. Choramos muito… Senna ! Nunca te esqueceremos !!! Parabens Massa ! O Brasil se orgulha de ti !! Bem vindo Bruninho Senna !! Abraços a todos !!

  34. fabiano disse:

    Seja o q seja, mas ninguem sera igual ao SENNA q JESUS o tenha em um bom lugar, akele fez muito pelos titulos Brasileiro, NINGUEM IGUAL A ELE SE REPITIRA MAS…

  35. Maristela M. Monaco disse:

    SENNA o melhor dentro e fora das pistas, onde quer que ele esteja continuara a ser o melhor….
    SENNA é para SEMPRE…..

  36. Ronaldo disse:

    Não há duvida quanto a qualidade do Felipe Massa. Um grande piloto… mas não é um Ayrton Senna. Hamilton é campeão… mas não é um Ayrton Senna. Schumacher, apesar de todos os seus records, nunca foi um Ayrton Senna. Somente agora, depois de 14 anos de sua morte é que eu chego a gravar as corridas que passam no meio da noite. Quando êle corria eu acordava as 4 da manhã para assistir, até naquele primeiro de Maio que, em Phoenix, Arizona, acordei as 4 da manhã para assistir a sua morte. Muitos anos se passaram antes que eu ligasse a TV para ver outra corrida de F1.

  37. Diego Carvalho Alves disse:

    Cara muito boa Matéria, Realmente Senna foi incrivel acho q não ha palavras pra definir como ele conseguia fazer as manhas de domingo serem inesqueciveis, e pior q no dia da morte antes da corrida perguntei a um tio meu ´´toninho“ como seria se Senna morrese. mas isso era coisa de criança e agora ninguem acredita quando eu conto isso , o que vale é q quando vejo o nome “Senna´´sempre paro pra ler ou assistir uma matéria, e é comum me pegar chorando, enfim Ayrtom Senna pra mim é um daqueles seres q Deus manda pra terra só pra poderem animar e divertir um povo q tem tanto problemas como o brasileiro, e depois deixar muita saudade, q ele possa estar la de cima vendo o quando ele faz falta . VIVA SENNA!

  38. joaquim disse:

    Olha o texto foi bom, mas quem e vc pra falar que o Senna não e o melhor piloto de todos os tempos??? Melhor é o alemão que conseguiu perder algumas corridas, pole etc…pra ele mesmo, pois corria sozinho. Ou o Massa e o Hamilton que parecem dirigir um carrinho de autorama dentro do proprio carro, cheio de tecnologias???? O reginaldo Leme por exemplo deveria ser proibido de pronunciar o nome de Senna…e não venha vc dizer que ele era isso na frente das camaras e outra por trás delas.

    O SENNA ganhava era de campeões, bi-campeões, tri-camepões do mundo, ETC…ETC…e ganhava correndo, nada de ficar esperando os carros da frente quebrarem…E querem saber o que mais eles o mataram e eu sei porque, afinal quem manda soldar a barra de direção do proprio carro??? Pensem antes de escreverem ou falarem opinioões bestas sobre o SENNA.

  39. João disse:

    tinha 15 anos ,foi de + de madrugada senna realizava o sonho de um brasileiro sem esperança,brasil ñ ganhava copa nen nada de importante fazia tempo,Apesar de tudo isso hoje foi de +. Massa merecia e nós respeitamos ele pra sempre ,perder assim tudo bem .

  40. Inacio B Nogueira disse:

    Aompanhei muitas corridas do saudoso Airton Senna, na maioria das vezes, êle não nos deixava ter emoções, quase sempre largava na poli e muitas e muitas corridas chegava tambem na poli. Contudo em algumas corridas êle fez coisas incríveis, que apenas êle soube fazer.
    Morreu sedo, mas deixou um grande exemplo de coragem e perícia.
    Não tenho dúvida: de todos os pilotos de Fórmula 1, ninguém pode ser comparado ao Senna, talvez um dia surja alguém para que possamos reviver as audaciosas proezas do nosso grande Senna.

  41. Patrícia Reis disse:

    O domingo passava em branco quando não tinha corrida…Ayrton Senna…e o hino da vitória…Quando ele se foi o Brasil ficou sem grandes emoções, a fórmula 1 ficou chata e o domingo apático! O alemão era bom? Talvez…Mas ganhar qd não tem ninguém para atrapalhar é fácil,monótono e sem brilho…

  42. silvanastemboch disse:

    piloto igual a SENNA jamais….Ele era único….. não sei se aparecerá alguém igual…
    melhor com certeza não….

  43. Tiago disse:

    Viva FELIPE MASSA! Melhor que o Hamilton, melhor que Raikkonen, melhor que qualquer outro que tenha pisado em Interlagos hoje, nessa data em que o inglês, em 5°, derrotou o brasileiro, vencedor!

  44. Valdir Guerra disse:

    Ayrton Senna do Brasil! Se foi o melhor não sei, isso depende, mas com certeza o mais brilhante, isso eu não tenho dúvida. Com certeza não era o meu ídolo, e sim É O MEU ÍDOLO!!! O outros pilotos me desculpem mais acho impossível surgir outro AYRTON SENNA.
    Parabéns Capelli pelo texto.

  45. Fernando disse:

    O Felipe Massa terminou a corrida mais de 12s na frente do segundo colocado, foi um vencedor inquestionável, o garoto pilota muito, está de parabéns.

  46. parabéns! Capelli.
    pela reportagem, mas foi esse herói que nos ensinou a gostar da formula 1. tchê,
    e lembro que ele sempre nos referênciou nas conquista pegando a nossa bandeira,
    nos enchento de orgulho de sermos brasileiros. e viram muitos outros 20 anos e ele será sempre a referência.

  47. Gabriel disse:

    Para mim, Airton dá de dez nesses pilotos que hoje correm fórmula um, primeiro
    porque hoje é mais o computador que comanda que o piloto, e Airton pilotava com técnica e raça. Como os seus antecessores. Hoje corrida de formula é sem graça.. é muita tecnologia e pouco piloto de voltante mesmo… Pode até ser nostalgia… Mas brigas como o do Airton e Alan Prost. e outros não vimos mais . Vemos brigas de carros e tecnologia…Aperte botão aqui, se colocar no piloto automatico do carro ele vai, a qualquer lugar, quem sabe com um controle remoto das arquibancadas nós mesmos podemos ganhar um campeonato de fórmula 1.

  48. Wagner disse:

    Com a emocionante vitória de Massa e o tema da vitória tivemos a lembrança viva de nosso Ayrton Senna,Ayrton Senna do Brasil !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  49. marcia disse:

    PÔ GENTE…………….HOJE FOI DIA DO MASSA……FELIPE MASSA

    VAMOS PARA DE HOMENAGEAR QUEM JÁ SE FOI………….

    VAMOS DAR FORÇA AO FELIPE MASSA………..A VIDA CONTINUA…

    O RUBINHO JÁ SOFREU ESSA COMPARAÇÃO COM SENA, NÃO VAMOS FAZER O MESMO ERRO AGORA COM O MASSA.

  50. juditeleitão disse:

    O melhor piloto quyew teve no brasil Senaaaaaaaaaaaaaaa…………………………….

  51. Geraldo L.F. Neves disse:

    Tenho, como muito prazer deleitar com pequenas palavras e muita emoção que é ler este artigo e lembrar de um gênio como o Ayrton. Não quero prender uma emoção egoísta e ao mesmo tempo materialista. Tudo foi feito ele cumpriu esse dever e deixou um legado cheio de maravilha para ser conquistado e superado. Não vamos olhar parar trás e penar pela perda mais a energia fica. Vamos torcer pro Massa, por Nelsinho e o Bruno Senna. Esse legado e sonhos que o Ayrton deixou… Força Brasil !!!!

  52. gerson filho disse:

    Sem querer ser ufanista, na época da geração de Senna havia vários concorrentes fora de série (Piquet, Prost, Mansel, Shumacher); Já na geração do Shumi não havia concorrentes… Talvez até eu seria campeão mundial (he.he.he..)? Por estas e outras qualquer comparação é injusificavel. Sei que teve uma votação há mais tempo num site de um jornal especializado em automobilistico da Itália em que o Senna foi considerado o melhor de todos os tempos. (e disparado). Cada nova geração há um nome de provável melhor de todos os tempos (shumi não nos deixa mentir)só que records não elege o melhor de todos, e sim performaces e a técnica da pilotagem e pra mim Senna foi o melhor (quem sabe teremos outro melhor?

    abraços

  53. Simone Brito disse:

    Sua matéria me deixou muito emociada. Se Deus perguntasse para mim se eu gostaria de ter 20 anos e esquecer o meu passado, tudo que vi, eu direi que não, porque esquecer aquela época, isso jamais, porque nem todos tiveram o privilégio de ver o Ayrton correr, ser vitorioso, guerreiro, humano, só quem viveu isso sabe o que eu estou sentindo nesse momento. Para mim ele é o melhor até hoje.

  54. Franklin disse:

    Independente de “recortes” desse ou daquele jornal, Senna foi, é e sempre será o ícone do automobilismo brasileiro.

  55. joão cachiné disse:

    Parabéns pela matéria!Com cincoenta anos de idade,eu nunca vi ninguém ser unanimidade como foi o Senna!Mesmo que ele não tivesse toda a Globo por trás dele,ele seria o mito,o herói,pelos seus feitos incríveis na fórmula 1!Eu tive a felicidade de poder assisti-lo aos domingos!O cara sabia tirar proveito da situação,com ousadia e maestria!Pra quem diz que ele cometeu algumas imprudências,eu diria que ele tinha aquela qualidade que só os campeões conhecem:ousadia!Se havia um espaço,ele ia pra cima,e deixava o adversário na fumaça!Dizer que sua morte precoce é que fez dele um mito só pra quem não assistiu os swos que ele dava na pista!Valeu Senna,orgulho de brancos,negros,amarelos,orgulho do Brasil e memória saudosa no mundo inteiro!

  56. jorge silveira disse:

    Como o lendário senna dizia: “o fácil é sem graça”….
    “segundo e último é a mesma coisa”.
    Eu sempre adorei a garra desse piloto que, com certeza, não era deste mundo.
    Eu acho que Deus gosta de f1 e convocou o melhor professor…e ele foi.

  57. pyter disse:

    É quando saiu essa reportagem tinha 2 anos…nem sabia o q era automobilismo…mas senna foi o melhor…ninguém poderia imaginar o q ele iria fazer nas pistas…parecia mágico…senna foi o expetacular sem descrição, o melhor de todos

  58. Eliane Sales disse:

    Walfredo, concordo com você, plenamente.

    Que coisa mais chata a F1 depois que ele partiu.

    Queria ver se o grande alemão MICHAEL teria vencido tanto…e seria o tal.

    SENNA SENNA ….quanta saudade, lembranças, exemplo como profissional para todas as áreas e para todos nós como SER HUMANO.

    Saudades…

  59. walfredo disse:

    senna sempre foi o melhor piloto da formula 1, e ninguem alcançará o mérito desse rei do GP.

  60. Eliane Sales disse:

    SENNA eternamente SENNA.

  61. francisco coutinho disse:

    SENNA VIVE..

  62. francisco coutinho disse:

    SENNA ..ETERNO CAMPEÃO..

  63. Eliane Sales disse:

    FELIPE MASSA

    Você fez renascer em mim a alegria, o orgulho de ser brasileira, de ver a bandeira todos os domingos de Formula I, ouvir o hino e o tema da vitória.

    Tenho certeza que para mim e para muitos brasileiros você é o CAMPEÃO, e tem lugar nosso coração.

    Parabéns, chore…mas, de emoção, orgulho da nossa nação.

    Esperamos por você em 2009. VALEU….Campeão.

  64. isabel disse:

    Como ! Senna nunca mais tera , mas é certo que podemos comparar o Felipe ao senna garra simplicidade, carisma , ele tem muito do nosso querido senna , por isso ele sera o proximo campeão , do mundo isso é certo está escrito , pessoas como vc nascerão p/ vencer sou sua fã

  65. Eliane Sales disse:

    Desculpe, Fernanda…eu escrevi Fernando.

    ótima semana para você.

  66. Eliane Sales disse:

    Fernando, concordo plenamente com você.
    Eu não era criança, pude viver esses momentos inesquecíveis.
    Minha fillha assistia comigo e perguntava : mãe, você não vai chorar hoje?

    Confesso que nunca mais vi. A Fórmula I, havia acabado ali.

    Hoje, consigo alegrar, em ver o Felipe, esperar pelo Bruno Senna.

    Enfim, sei que nunca mais as manhãs serão SENNA AYRTON, mas poderão ser brasileiras com nossos novos pilotos.

    Pense nisso.
    Senna ficaria feliz, sabendo que sua saudade, suas vitórias, sua garra, sua determinação, enfim sua vida, influenciou de certa forma uma geração de torcedores, e até seguidores : pilotos.

    Ayrton Senna da Silva inesquecível do Brasil.

  67. Fernanda Ribeiro disse:

    Que saudade do nosso herói quando era criança… Acordava de madrugada e junto com meu pai assistíamos as corridas do Senna… Hoje, pra falar bem a verdade, não tenho mais vontade nenhuma de ver as corridas…

  68. Eliane Sales disse:

    Quanta saudade das manhãs de domingo, em que a alegria, o orgulho de ser brasileira eram expressas em lágrimas, coração acelerado, sorrisos.

    Lágrimas que tinham nome: Ayrton Senna da Silva.

    Sim, ele era capaz de arrancar ao mesmo tempo lágrimas, sorrisos, alegria, tristeza, enfim, comandava a manhã de domingo, o coração do executivo ao coração de um mendigo.
    Sim, lágrimas de brasileiros.

    Vinte anos após sua partida, e as lembranças continuam vivas….e continuarão com certeza no meu coração, dos brasileiros, e de fãs espalhados por este mundo.

    Hoje, vinte anos depois, somos presenteados com o nosso campeão FELIPE MASSA.
    Sim, Felipe é nosso campeão.
    A história da fórmula I, principalmente para nós BRASILEIROS, recomeça, com a simplicidade, o carisma, a garra, a raça de FELIPE MASSA.

    Ao Bruno Senna, seja bem vindo, como piloto, como ser humano, independente das cobranças, comparações e críticas.
    Seja você, deixe o sangue SENNA correr em suas veias, pulsar em seu coração, e a emoção apoderar-se de seu coração em cada acontecimento, sejam elas expressas através de sorrisos ou lágrimas.
    Como piloto oficial ou de testes, o Brasil o receberá com alegria, claro, impossível não sentir SAUDADES , dele, SENNA.

    Parabéns Felipe…vc merece e vai conseguir mais e mais.
    Seja bem vindo Bruno
    E você, Ayrton, é impossível esquecer e ninguém esquece o que foi bom, e continua sendo depois de vinte anos, através das lembranças inesquecíveis e das suas ações como ser humano.
    E Viviane Senna, parabéns, força, alegria, orgulho, pela continuidade do trabalho do nosso inesquecível SENNA e antecipadamente obrigada pelas manhãs vindouras dos domingos, que serão proporcionadas com Bruno Senna.

    PARABÉNS FELIPE MASSA
    Inesquecível Ayrton, você está em nossos corações.
    Bruno Senna, esperamos por você.

  69. Troiano disse:

    Olá, Ayrton sempre será insubstituivel. É até hoje e sempre será o MAIOR DO BRASIL. Valeu senna. Os domingos nunca serão iguais sem vc.
    Valeu folha.

  70. Beto Gomes disse:

    Falar de Senna é falar de um cara destemido.
    Falar de Senna é falar do esporte mais emocionante da atualidade.
    Falar de Senna é falar de emoção,garra e amor leo esporte.
    Falar de Senna é saber gostar de quem realmente tem valor…
    Ayrton Senna do Brasillllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllll

  71. Ana Paula disse:

    Eu conheci fórmula 1 com Emerson Fitipaldi (esqueci alguma letra(s)), que trouxe muita emoção pra nós brasileiros, mas o grande artista das corridas no mundo, foi sem dúvida o Ayrton Senna (e não apareceu outro até hoje! (vejo um pouco dele no Hamilton)

  72. Wagner Martins disse:

    Um exemplo de esportista e de ser humano. Saudades

  73. Anderson Fernandes Silva disse:

    Não tem nenhum piloto que se compara ao que foi e que ainda cativa muitas pessoas quando se fala neste nosso grande piloto. Ele foi um exemplo de alguem que trabalhou e dedicou sua vida com amor e dedicação ao que fazia enchendo nossos corações de alegria nas manhãs de domingo. Há uma vitoria dele que pra mim ficou marcado, foi no grande premio de Mônaco, onde o carro da Willians de Mansell era superior ao dele da Mclarem e faltando poucas voltas para terminar o GP o pneu do carro da Willians furou e Ayrton Senna assume a ponta da corrida e suportou a pressão do inglês e cruzou a linha final na frente proporcionando mais uma das vitórias deste nosso grande campeão.

  74. quem somos nos a falar de alguem que respeitou seus limetes e seus ideais falar de senna e como falar de um irmao que perdemos e como falar de alguem que sempre esteve no meio de nos querendo ou nao ele era presente em nos olha suzuka brasil e ate monte carlo sabe a falta que nos faz sabe gente acho que o senna nos ensinou a ser brasileiro nos ensinou a sempre querer ser brasileiro tudo que pesso e DEUS AINDA NOS DE CHANCER DE VER O BRUNINHO SER MAS UM BRASILEIRO QUE POSSO NOS FAZER FELIZ E DEUS ABENCOA ELE E TODOS DA FORMULA 1 POIS DEPOIS DO FUTEBOL E O ESPORTE MAS VISTO DA TERRA OK AMIGOS

  75. sonia disse:

    senna foi um grande exmplo paranbespara ele se ele estives aqui a vitoria era garatida

  76. LUCIANE SENA disse:

    SENNA REALMENTE IMPRECIONOU A MUITOS COMO CORREDOR DA FORMULA 1 FOI O MELHOR CORREDOR QUE JA TEVE,NAO A DUVIDAS EM RELAÇAO A ISTO.MAS O QUE ME CHAMOU ATENÇAO FOI SUA SIMPLICIDADE SUA SINCERIDADE COMO PESSOA.DEIXOU UMA OBRA MUITO IMPORTANTE QUE SUA IRMA ADMINISTRA QUE E O INSTITUTO AYRTON SENNA PARABENS PARA ELE.QUE AJUDOU A MUITAS CRIANÇAS NO BRASIL.

  77. Marcio disse:

    Fez muito bem em lembrar histórica vitória em Donington Park em 1993, a melhor corrida que já vi em toda minha vida.

  78. Marcos Jacoby disse:

    Olha, eu sempre fui piquetista pq quando comecei a assistir F1, o Piquet ainda era promessa e o Emmo tava na saudosa Equipe Copersucar ao lado do saudoso Keke Roseberg…
    Eu vi o Piquet lutar contra tudos e contra todos, sem o apoio de ninguem, assim como deve ter sido com o Pacce e com o Emmo…
    Eu nao via nele um super-heroi pra me salvar, e ele sempre tinha um humor azedo, mas lutava pra ser o melhor… E afora alguns amigos e fans, nunca vi a imprensa brasileira dar apoio total e irrestrito a ele, ate pq ele jamais se prestou a bancar heroi de ninguem… Ele era um ser humano, um homem, piloto de corridas e assim como o corredor X do desenho Speed Racer, o negocio e vencer…
    Nao demorou muito pra mim virar um anti-sennista, pq o que eu via na tv era uma babacao em cima do cara, como se ele fosse um Jesus Cristo brasileiro atras de um volante…Foi tanta tietagem da TV Globo, essa infamia nacional, que eu simplesmente enojei e ate desisti por nao aguentar toda aquela baboseira…
    Musica do Senna? Que Senna que nada, a musica ja tava feita e tocava bem antes, mas como o Piquet nunca se prestou pra lamber a TV Globo, nem ficar concedendo entrevista a torto e a direito, o Gaviao Boiola da TV Bobo espalhou aos 4 cantos que era a musica do Senna e os babacas tupiniquins aceitaram de bracos abertos…
    So bem mais recente, antes daquele maldito acidente, consegui me desligar daquilo tudo. O Senna tava com um inimigo poderoso em ascencao (Schumacher), nada bobo como era o Mansell. Ai eu voltei a torcer e a ter uma opiniao diferente, batendo com o seu texto!
    Eu lembro bem daquele domingo…Eu tava com a minha namorada, que hj e minha esposa, e nem assisti a corrida..Mas ai veio a informacao, fomos conferir na TV e confesso, chorei como crianca…
    De remorso tb, afinal ele sempre foi e sempre sera um piloto acima da maioria dos pilotos de ponta, senao o melhor…
    Chorei mesmo, e acompanhei tudo o que pude pela TV…Dai em diante larguei F1 mesmo, e afora uma corrida ou outra, o que vejo e uma mesmice de dar do, de dar sono…Senna era um piloto dos mais ageis e velozes, um jedi eu diria, um Anakin Skywalker da F1…
    Parabens pelo post, exceto pela comparacao…Tem Gre-Nal pra usar como comparativo, so que nos e que fomos os herois em cima de vcs, haushaushaush…
    Desculpe o texto sem acento pois to com um laptop americano, sem cedilha e a acentuacao nao funciona…Abracos…

  79. vinicius disse:

    ele foi um grande homem para o brasil

  80. Lúcia Cheohen disse:

    É SEMPRE FELIZ QUEM MENCIONA AYRTON SENNA. MAIS FELIZ QUEM ESCREVE UM ARTIGO E MUITO FELIZES SOMOS NÓS QUE TIVEMOS ESSA FIGURA ÍMPAR NO AUTOMILISMO!! GRANDE, IMENSO NOSSO QUERIDO SAUDOSO E SEMPRE BEM LEMBRADO, NOSSO GRANDE ÍDOLO E CAMPEÃO!!!
    QUE FELIPE MASSA POSSA HOJE CONSEGUIR TAMBÉM A SUA VITÓRIA, QUE CONSIDERO JÁ
    CONQUISTADA PELA SUA GARRA E DETERMINAÇÃO COM O GRANDE FEITO DA POLE!!
    FAÇO SABER A TODOS OS LEITORES QUE DESDE DE AYRTON, SÓ MASSA TEM ME FEITO OLHAR PARA AS CORRIDAS!!nÃO É MEU ESPORTE MAS ADMIRO PESSOAS COM GARRA E PERSONALIDADE. DAÍ, COMPARTILHO MINHA TORCIDA COM OS AMANTES DESSE ESPORTE.

  81. Adilson Calixto disse:

    Ótimo texto , parabéns, mas com vi nos comentários sobre Senna ser ou não o melhor através dos numeros. o que eu penso é que Ayrton Senna é o melhor de todos os tempos e só não foi o melhor em dados e numeros foi pq ele nos deixou antes da hora, ele morreu lutando por isso pq ele era um guerreiro das pistas e se não tivesse acontecido aquela fatalidade não teria pra ninguém com certeza levariam séculos para que seus recordes fossem batidos.

  82. Joao Paulo Felipe disse:

    Sem duvida , um dos grandes pilotos que fizeram da formula um algo marcante em minha vida

    esse especial me arrancoiu lagrimas agora e assim pode relembrar grandes momentos de minha vida uma delas foi assitir a uma corrida de Ayrton Senna da Silva

  83. Kleber (Barbacena) disse:

    Nunca existirá um substituto de Airton Senna da Silva… muito me impressiona ainda existir alguma ou qualquer tipo de discussão para poder chegar à conclusão de quem foi o melhor. Alguém te dúvidas? Senna foi muito mais do que o melhor piloto, Senna foi exemplo, foi símbolo de vitória, de competência, de dedicação, de luta, foi exemplo de homem. Não surgirá um outro mito ou símbolo que despertará em milhões de pessoas o sentimento que até hoje, Airton Senna desperta em nós. Me sinto privilegiado de ter assistido, mesmo que tenha sido na minha infância, suas vitórias, suas conquistas, sinto-me feliz por ter vibrado e comemorado nos domingos com o meu ídolo aquela vitória que parecia ser dedicada à mim, ou a todos os brasileiros. Obrigado Airton!! Este sentimento nunca irá se apagar!!!!

  84. Airton Senna sem dúvida é um mito, hoje milhões estão torcendo para o surgimento de mais um, e desta vez há de ser o Felipe Massa.

  85. JOSÉ ADRIANO FERREIRA disse:

    SENNA É O MELHOR QUE ESSES PILOTOS DE HOJE . SENNA É O BRASIL!!!!!

  86. Andrea Honaiser disse:

    Muitos chegam ao pódium, mas a forma como alguns chegam lá
    é que criam os mitos. Neste ponto não tem discussão!
    Senna foi mesmo um artista das pistas!
    Fez uma geração inteira se encantar com a F1,
    esperar o almoço de domingo com aquele gostinho a mais de
    “Aiton Senna do Brasilll”!!!!

  87. Ronaldo disse:

    Sigo F1 desde o momento em que Emerson se juntou ao circo. Procurei sempre assistir a todas as corridas, desde os anos sessenta, mas residindo nos Estados Unidos nos anos Senna, com a pouca disponibilidade de transmissoes naquele pais, perdi muitas participacoes do Senna na F1. Nao obstante lembro-me de comentar com o Emerson (como torcedor metido), na garagem de sua equipe em Indianapolis, sobre a nova revelacao brasileira na F1, quando aquele moleque com um carro de brinquedo poderia ter ganho a corrida de Monaco, desbancando o grande Prost, se Balestre nao tivesse dado a corrida por terminada antes de Senna acabar com a festa do frances. Eu disse a Emerson que esse menino ia dar o que falar, no que ele concordou.
    Tenho re3cordacoes de muitas vitorias brasileiras na F1, como o Emerson passando o Clay Regazzoni por fora na Belgica, depois de varias tentativas, e vencendo aquele grande premio, como o Piquet grunhindo para a imprensa em Las Vegas depois de ganhar o campeonato com o braco machucado… e muitas outras, mas tenho muito mais recordacoes de feitos do Senna que de qualquer outro, e ate de uma breve conversa que tive com ele, no aeroporto de Los Angeles onde coincidentemente estavamos, depois do ultimo grande premio do ano, na Australia, antes que a Lotus recebera o motor Honda na seguinte temporada. Eu disse a ele que acreditava que ele seria o campeao no seguinte ano, e ele me perguntou por que eu achava assim. Expliquei que ele era pe pesado e consumia muito combustivel e, como o motor Honda era mais economico, que ele poderia baixar o pe sem muito risco. Ele somente disse “veremos”. Me entusiasmei e disse que eu sabia que ele iria ficar sem combustivel naquela corrida em Estoril, Portugal, depois de disputar palmo a palmo com Nelson Piquet, pe em baixo, e ficar sem combustivel na ultima volta. Ele reagiu: ” Voce sabia, o box sabia, todos sabiam, menos eu. Meu computador dizia que ainda tinha 1.8 voltas disponiveis, e ai se acabou”. Fiquei meio sem graca e expliquei que nao presumia saber mais do que ele, mas sempre que ele andou forte ficou sem combustivel, dai…
    Foi a primeira e ultima vez que tive a emocao de conversar com o Ayrton Senna, em um ambiente extranho, mas como se diria por ai, tive vontade de nunca mais lavar a mao que apertou a dele em despedida. Bobagen de um admirador?

  88. Fonseca disse:

    Cara! O Senna é meu melhor ídolo por toda minha vida; uso como princípios na minha vida a frase dele: não existe meio termo; você faz bem feito ou não faz (…)

  89. Tiago disse:

    Belíssimo texto do Capelli, pq o do $ÉRGIO……. hauhauhaahuahua

  90. Daniel disse:

    Belíssimo texto, impossível nao notar o feito heróico do maior herói das pistas que o mundo já presenciou…………Grande Senna!!!!!!!!!!

  91. $ÉRGiO disse:

    SENNA ERA UMA PESSOA Q D FATO C SUPERAVA SUA INCOnciencia TRANQUILA e PErsISTENTEMEnte Obtido No seu senTido EmocionaL,Em questão de AGIR CONFIAR,FALAR,SORRIR,COMENTAR,anjo ESPORTISTA Q CUTIVAVA SUA ADRENALINA ETC…UMA PESSOA Q pra MIM d FAto só PQ VeiO Uma Noticia ou seja MENSAGEM trágica PELOS NOssOS DIANTES OLHOS POREM DENTRO DA MIDIA Q SEJA DEIXO UM ENORME VAzio DEntrO do público brasileirO…+ a QUestão do outro lado da vida é q um dia VIVEREMOS o MISTériO!!!SENNA VC foi INGNORANTE COMO PESSOA NAS PISTAS……RESUMINDO A ética!!!Só

  92. Tiago disse:

    Ayrton Senna foi e sempre será, com toda a certeza, a figura mais citada da história do automobilismo brasileiro. Mais que Nelson Piquet ou Emerson Fittipaldi. Por que foi herói? Por que foi ídolo? Não… Porque foi mártir. Morreu fazendo o que gostava. E ficou aquela coisa de “Se ele estivesse vivo…” ou “Ah, se fosse o Senna. Coitado. Pena que morreu”. José Carlos Pace, que também morreu ainda sem se aposentar, deixou sua única vitória na categoria como herança. Mas este não é tão conhecido (apesar de o autódromo de Interlagos ser batizado com seu nome). Fez pouco para o que o brasileiro acha justo. O bom nunca é suficiente: tem que ser o melhor. E todos os outros que passaram pela F-1? Zonta, PP Diniz, Christian Fittipaldi, Burti, Marques… Quanto ao Barrichello, a história é outra. Mas d que falar deles? Heróis? Vilões? Nada fizeram?
    Parabéns a Senna, e ao Massa, mas um VIVA à F-1 brasileira, que é muito mais que qualquer título de qualquer piloto, por mais que ele tenha sido o Deus das Pistas.

  93. Bruno disse:

    O seu texto, como quase tudo relacionado ao Ayrton Senna, meu deixou com lágrimas nos olhos. Eu estava no Morumbi (Palmeiras 3X2 São Paulo) quando ele morreu e foi a primeira vez que vi tanta gente junta (com opiniões normalmente tão contrárias) em silêncio sepulcral respeitando o minuto de silêncio em sua homenagem… Fiquei arrepiado e entendi, naquele momento, porque o Senna sempre foi o melhor do mundo…

  94. Vimicius T. disse:

    Tricolor, Tricolor….
    Grêmio, Grêmio…

  95. ebiscaia disse:

    Vou ser chato, mas só considero grandiosas esta vitória em Suzuka e a de Donington. Vou justificar:

    1984 – Bellof ganharia e até a Toleman já sabia disto. Senna tinha problemas na suspensão e não demoraria para quebrar. Imagine se Bellof tivesse corrido pela Ferrari (ela já tinho sido contratado antes de falecer em Spa).
    1986 – não posso falar, não tenho lembranças.
    1991 – a distância aberta antes do problema ajudou bastante, ele não precisou defender a posição.
    1992 – foi legal, mas Bernoldi aguentou o Coultard por mais tempo com uma diferença de carro muito maior (Arrows contra MacLaren).
    1993 – fora Donington, acho que o maior feito do Senna foi aquela disputa em Silverstone (contra o Prost, Schumacher foi mais incisivo e ganhou rápido a posição). Interlagos, foram dois presentes da Willians: erro de comunicação com Prost e inocência do Hill.
    Para terminar: Prost acertou em cheio em solicitar ao Ron Dennis a contratação do Senna. Talvez até tenha superado as expectativas.

    Capelli, poderia criar alguns posts citando vitórias impossíveis através da história da Fórmula 1.

    Quanto aos meus comentários não levem tão a sério. Não são eles que diminuírão a carreira do Senna.

  96. Renato Rolim disse:

    Sou um fã dele. Prefiro não comentar muito, pois talvez seria tedencioso. Apenas deixo essa mensagem aqui, para não passar em branco, um dia tão importante para meu ídolo.

  97. Giordano Adjuto disse:

    O parágrafo de fechamento do post é simplesmente a melhor argumentação que já li sobre a eterna discussão de quem teria sido o melhor piloto da F1.

    Perfeito Capelli!

  98. Sheldonn Reis disse:

    Meu caro Capelli e todos os amigos que acompanham esse excelente blog. Falar do Ayrton Senna para mim é algo muito especial, sobretudo por que acompanho assiduamente a F1 somente a partir do ano de 1993, porém assistia algumas corridas esporadicamente desde o ano de 1990.
    Não gostaria de entrar na discussão a respeito do melhor piloto do mundo, até por que acredito que todos que ascenderam a categoria máxima do automibilismo já possuem em si uma grande competência e uma boa dose de genialidade, porém sou obrigado a concordar que o Ayrton foi o piloto que protagonizou os mais espetaculares momentos de todos os tempos na fórmula 1.
    Ele soube como ninguém se aproveitar do melhor equipamento para estabelecer toda a vantagem que precisava, bem como também soube extrair o máxido de um equipamento inferior para conseguir a vitória e o fez com extrema maestria.
    Concordo plenamente com o amigo que disse que ao correr Senna escrevia uma música ou pintava um quadro, e obras de artes são eternas. E realmente as são; o estilo de pilotagem, agressividade, bem como domínio absoluto do carro ainda são referência no mundo da fórmula 1 e o serão para sempre.
    Ayrton Senna, um homem que atingiu um status mítico, mas nunca perdeu a garra e a perseverança de lutar por vitórias e por conquistas, pois foi a forma que ele encontrou de elevar o nome do nosso país ao topo do mundo e mostrou que com esperança, força, dedicação e coração tudo é possível.

  99. Leandro disse:

    Seu texto é um dos melhores que já li a respeito do Senna, Capelli… concordo plenamente que estas vitórias na adversidade que fizeram dele um ídolo. Colocava nosso país na frente de ingleses, franceses, italianos e outros paises do primeiro mundo. Fazia com que acreditassemos que tinha um jeito.
    Cito os seguintes exemplos como os principais para construção desta imagem que temos do Senna:
    - a quase vitória do GP de Monaco de 1984, com bastante chuva e um carro inferior ao dos outros;
    - a vitória no GP dos EUA de 1986, levando a bandeira brasileira para o topo do podium um dia depois da derrota do Brasil para a França na Copa do mundo;
    - o já citado GP do Japão de 1988;
    - o GP do Brasil de 1991, vencendo com um carro com nítidos problemas de cambio;
    - o GP de Monaco de 1992, em que venceu a toda poderosa Williams no circuito de maior glamour e dificuldade;
    - suas famosas vitórias em 1993 (Brasil e Donington principalmente), fazendo com que tivessemos algo a acreditar e nos apoiar pouco tempo depois dos escandalos na política (impeachment de Collor, etc)
    Grande abraço

  100. Felipe Playmobil disse:

    - Campeão.
    Essa é a palavra.

    Não perco meu tempo com comparações, ja as fiz, pra mim Senna é o melhor piloto que passou pela F1.
    Um piloto Rápido e Determinado, cometeu seus erros. Buscava sempre o melhor, Arrancava as Poles, Lutava pelas Vitórias, e Conquistou a Glória de ser Campeão.

    Sempre será lembrado Ayrton Senna.

  101. C_S_A disse:

    A morte não fez de Senna um mito, ele já o era em 1º maio de 1994…

  102. Alan disse:

    E naquele dia um certo moleque carioca nem se deu conta que presenciava um momento histórico. Apenas foi dormir feliz da vida. 20 anos depois, as lembranças daquela madrugada ainda estão comigo. Guardoa-as com carinho. Não me importa se ele foi o melhor, se ele foi um marketeiro. Para mim será sempre o meu herói. O herói de um moleque que um dia varou a madrugada para ve-lo ser campeão.

  103. Marcel Pilatti disse:

    ‘Ayrton Senna pode não ter sido o melhor piloto da história. (…) Mas não há dúvidas que foi ele o piloto que mais protagonizou aquilo que se pode chamar de “vitórias impossíveis”.’

    não há o que acrescentar.

    http://www.f1critics.blogspot.com/

  104. Exemplos, Carlos… be happy!! E, Lucas, foi nas quartas…

    Capelli, sem palavras. Seu texto é sensacional!!! Volto aos meus 5 anos de idade onde chorei toda a corrida: primeiro, vendo o Senna quase parar na largada, depois quando ele deu um baile no Prost e no retardatário, assumir a ponta e ganhar o caneco.

    Por tudo isso que Senna é mito. O melhor? Não sei, é injusto dizer O MELHOR quando se compara nomes como Senna, Stewart, Fangio, Clark, Fittipaldi, Schumacher, Piquet, Mansell, Prost, Lauda (e por que não Villeneuve, Hakkinen e Alonso, só pra falar dos campeões).

    Mas Senna foi o cara que encantou a todos. Onde quer que se vá, seu nome é sinônimo de genialidade. Isso já basta para definir o mito!!

    Grande abraço!

  105. Carlos disse:

    Compara Suzuka 88 com a final do Brasileiro da série b é forçar a barra… O Capelli, uma vez meu time no salão tava perdendo de 3 a 0 e viramos pra 4 a 3!! Uau! Uma virada tão histórica qt a do Grenau dos Aflitos…

  106. Lucas Israel disse:

    Só não lembro se foi quartas de final ou semi-final…

  107. Lucas Israel disse:

    Aquela corrida foi algo fora do comum, a prova final de que “quando é pra ser, é e ponto final”, como diz a minha vó. Ninguém sai da pole cai pra 16 e vence a corrida por coincidência. Se acontecer algo parecido em interlagos, o autódromo cai!

    Sobre a virada da copa do Brasil foi Palmeiras 4×2 Flamengo 2 com dois gols do Palmeiras nos acréscimos do jogo.Foi em 99

  108. Gerhard Schlee disse:

    “Foi o texto mais sensato e já li sobre o tema “o mito Senna”.”

    De fato. E também o melhor post que já li nesse blog! Ótimo texto, Capelli!

    E dale Grêmio, o Imortal Tricolor, vencedor da eterna Batalha dos Aflitos! Rumo ao tri-campeonato brasileiro, espero (esse time do Grêmio é muito vagabundo, tem tudo pra dar merda até o final)!

    Feitoooooo

  109. Renato Almeida disse:

    Capelli, simplesmente emocionante…eu tinha apenas dois meses à Época destes acontecimentos, mas me lembro de ver várias corridas dele com meu Pai, aliás a única coisa que me fazia acordar cedo por sinal rsrs. É impressionante o fato de, mesmo 14 anos depois de sua morte, ele ser símbolo de perseverança, de garra, de ‘nada é impossível’.
    Acompanho o blog desde o ano passado todos os dias, e esse post, relembrando as corridas memoráveis, foi sem dúvida o de maior nostalgia (num ótimo sentido) e o que mais emocionou, acredito que a mim e um monte de gente!
    Obrigado por isso Capelli.
    Grande Abraço!

  110. Squa disse:

    Foi o texto mais sensato e já li sobre o tema “o mito Senna”.
    E para lembrar, foram dois títulos disputados com batidas, com a mesma pessoa, seu maior rival, no mesmo circuito, em anos seguidos, ufa!, e o segundo com sabor de revanche, com imagens exploradas exaustivamente pela mídia.
    Parabéns

  111. marcos disse:

    ótimo texto.Você pegou a síntese ideal sobre a mitificação do Senna.Excelente Capelli!

  112. Hugo Becker disse:

    Lindo texto, Capelli.

    Para quem gosta e tem conhecimento de automobilismo, fica um pouco difícil falar de Senna, especialmente se for fã dele. Falar sobre Senna é difícil sob qualquer ótica: a pessoa pode passar por ufanista se fizer elogios em demasia, ou pode passar por criminosa, se ousar criticar o “mito”.

    Acho que você encontrou o ponto ideal nesse texto, que de tão bom, vou salvar aqui no meu PC.

    Senna não precisou morrer para virar um mito, ele já era visto assim antes disso. A Alessandra Alves perguntou, em seu blog, qual foi o “GP decisivo”, que fez com que as corridas passassem a ser uma paixão, e não um programa a mais na TV.

    Respondi Imola 94. Por que, indo de encontro ao que vc citou no texto sobre os leigos, naquele domingo milhões e milhões de brasileiros abandonaram a Fórmula-1, por que eles não assistiam a Fórmula-1, assistiam Senna. E eu fui em direção oposta a isso: a curiosidade pra ver quem seria o “sucessor do trono”, quais pilotos formariam a nova geração que substituiria a geração de Senna e Prost, tudo isso virou atrativo. E eu ali, vi que era apaixonado pelo esporte, não pelo desempenho de um piloto.

  113. Luiz G disse:

    Não sei se foi o “melhor”, e como bem diz o Capelli, isso é algo muito difícil de definir, mas é certo que era um gênio!…Um sujeito anormal.

  114. Vitor, o de Recife disse:

    Provavelmente Senna não foi “o melhor” se ficarmos apenas nos dados técnicos, mas, sem sombras de dúvidas, foi o mais espetacular. E como, pessoalmente, acredito que esporte é mais do que técnica, é emoção, para mim foi o melhor.

    Havia de fato muito marketing fora das pistas, mas o que ele fazia dentro delas não era brincadeira…

  115. Há 20 anos, Senna ganhava seu 1º título na #F1 . O melhor piloto de todos os tempos! http://tinyurl.com/5bkblp e http://tinyurl.com/5zmpnx

  116. Pedro disse:

    Ótimo texto. Tinha oito anos e acordei na metade da corrida sem entender nada. Foi um espetaculo para quem gosta de automobilismo.
    Capelli, o Schumacher vem para assistir o GP do Brasil?
    Abraço.

  117. Harerton disse:

    Muito bom o seu texto, Capelli! Aquela corrida foi inesquecível mesmo!

  118. Ainnem Agon disse:

    Concordo contigo, Vinicius. Não sou um “Senna whore”, mas vejo que há uma certa repulsa pelo Senna pos alguns “especialistas de F-1″…

  119. Vinicius disse:

    Ainnem Agon… Se tu ver isso tente pensar no meu ponto de vista…

    O conceito de MELHOR como disse o Capelli eh subjetivo, isso depende do seu ponto de vista, por exemplo…Schumacher poderia ser considerado o “melhor” ja q ele eh akele que possui mais titulos e praticamente todos os recordes da F1.

    Piquet uma vez perguntado que Senna era melhor do que Prost ele disse q nao, ja q Senna tinha 3 titulos contra 4 de Prost e vendo por esse lado, Piquet tinha razao.

    Mas uma coisa eh certa, Senna foi um dos pilotos que mais deram espetaculos dentro da pista e isso eh inegavel.

  120. Eu tinha 10 anos. Era Piquetista. Hoje eu odeio tudo o que é “ista” em F 1.
    Schumacher pode ter sido mais competente, mais profissional que Ayrton. Melhor, mesmo, quem sabe
    Mas Ayrton era diferente de todos.
    Ayrton era o artista das pistas. Quando ele pilotava, era uma música que ele escrevia, um quadro que ele pintava. E obras de arte são para sempre.

  121. Breno Mossaro disse:

    Aí sinceramente eu não lembro, Capelli. Zero pra mim.

  122. Ainnem Agon disse:

    Se ele protagonizou as melhores e muitas “vitórias impossíveis”, como ele não pode ter sido o melhor de todos os tempos?

  123. Breno Mossaro disse:

    Capelli, me permita lembrar de outra virada futebolística histórica. Final da Mercosul de 2000, o Vasco da Gama terminou o primeiro tempo perdendo por 3 x 0 e virou para 4 x 3 no segundo tempo em cima do Palmeiras, em pleno Palestra Itália, com um jogador a menos boa parte do segundo tempo. A virada do século!

  124. Guto disse:

    Esse título eu não vi. Tinha 3 anos só… Mas, mesmo pequeno, em 90, 91, 92 e 93 vi (e lembro) grandes atuações do destemido Ayrton Senna. Vibrava a cada vitória e ia direto para minha coleção de carrinhos (a maioria quebrada, tá certo) para fazer a corrida da Fórmula 1. Senna terminava, na minha corridas particulares e fantasiosas, sempre em segundo (atrás de Alesi, normalmente), depois de largar da última posição. Em segundo porque eu, com meu carro de polícia, sempre ganhava. Coisa de criança.

    Uma pena que a história do meu (nosso) ídolo tenha terminado antes do que todos esperavam. Mas foi bom saber que não chorei sozinho. Italianos, japoneses, ingleses e até franceses, quem diria, se juntaram em uma tristeza absoluta em luto ao que foi o maior piloto da história da Fórmula 1. Para não ser injusto: junto com outros grandes campeões – ou não -, o maior nome do automobilismo mundial.

    E tudo começou a exatos 20 anos atrás. Que saudade daquela Fórmula 1! Daqueles pilotos que encantavam. Dos meus carrinhos com pilotos de verdade, em que Senna sempre terminava em segundo…

  125. Luis Antonio Mendes disse:

    Uma vez lendo a explicação de um colega porque o Ayrton foi o maior de topos os tempos, ele falou algo parecido com o que você escreveu hoje Capelli, foi o piloto que mais fez corridas fantásticas, foi ele quem fez das adversidades coisas que ele sabia que podia e vencer.

    Abraços.

  126. Jader disse:

    Simples….ele foi o melhor!!!

  127. Belo texto, Capelli. E pensar que nesta mesma corrida seu homônimo chegou a assumir a liderança, algo inimaginável quando lembramos que a dupla dinâmica tinha os todo poderosos MP4/4, aquele carro que, se eu fosse um multi-bilionário, pagaria o preço que pedissem pra ter na minha coleção. Aliás, ele sozinho podia ser minha “coleção”.

    O texto em si é fantástico. Acabo me irritando muito com discussões sem razão sobre F1 e automobilismo, especialmente quando misturam o que ele fazia dentro da pista com o modo trágico que morreu. A morte “purificou” alguns de seus pecados, claro, mas na pista é impossível esquecer o que foi feito.

    Vitórias impossíveis eram com ele mesmo

  128. Muito bom o especial que o GP fez com essa data comemorativa. Muito bom também o seu texto Capelli. A FOLHA tem essa vocação para a polêmica de boteco, eles querem sempre ser “do contra”.

    Se o Senna fosse adorado apenas aqui no Brasil é até daria agum crédito a qum o tenta diminui-lo, mas converse com qualquer espanhol, italiano ou mesmo com quem mais entnde de Formula 1 no mundo, os ingleses, e els dirão que o Senna foi o grande piloto que eles já viram em ação.

    O Ed Gorman, quem tem um dos mais populares blogs de Formula 1 do mundo, fez uma pesquisa com os seus leitores e adivinha “quem” eles acham que é melhor de todos os tempos:

    http://timesonline.typepad.com/formula_one/2008/05/senna.html

    Abraços

  129. Lucas disse:

    Concordo com a Folha quando diz que foi em suzuka que começou a mitificação de Senna. Eu nasci somente no ano seguinte, mas desde que eu comecei a acompanhar a Formula 1, la pelos meus 6 anos, meu pai sempre falava daquela decisão em suzuka, de como foi surpreendente e tal. Acho que foi por causa dos comentarios de meu pai e das corridas que ele tinha gravado que eu virei fã desse esporte.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>