MENU

22 de dezembro de 2008 - 13:04Notícias, Sem categoria

As medalhas do Tio Bernie

O Felipe Maciel enviou um e-mail alertando para uma entrevista de Bernie Ecclestone no site oficial da F1. Nela, o dirigente fala de seus planos de virar a categoria de pernas para o ar, com suas alterações no sistema de pontuação, substituindo os pontos do Mundial de Pilotos por medalhas de ouro, prata e bronze, introduzindo uma contagem como a olímpica para definir o campeão do mundo.

Mas o mais interessante não é a entrevista em si, mas sim a pergunta aos internautas que aparece ao final dela. A F1 quer ouvir a gente: você é a favor ou contra o sistema de medalhas? Clique em um dos botões ao final da entrevista e deixe sua opinião. Não há melhor local para manifestar seu apoio ou veto à iniciativa.

Comentários do Facebook

comentários

26 comentários

  1. Paulo de Tarso Moraes disse:

    Também acho absurda a ideia das medalhas! E os pilotos que lutam por posições intermediárias? vão correr pelo que? apenas por pontos para as equipes?????? ridículo!!!!

    Imaginem só a situação de um piloto que teve algum problema e vai fazer uma corrida de recuperação… é quase impossível largar lá atrás e conseguir um pódio… ele vai acabar, na melhor das hipóteses em 5º ou 6º lugar, e não vai levar NADA além dos pontos para a equipe!

    Concordo com o Bernie quando diz que é desestimulante ao espectador ver um piloto que luta para ser campeão correr para acabar em 5º lugar… mas vamos ser coerentes, o Hamilton não ganhou o campeonato no Brasil, com a 5a posição… ele foi campeão ao longo do campeonato, qdo somou um pontinho a mais que o Felipe, o que fez a diferença… fazer o q? paciencia!

    O ideal, na minha opinião, é aumentar a diferença de pontos entre as primeiras posições, para que a vitória tenha um peso muito maior do que a 2ª e a 3ª colocação… isso já aumenta muito a necessidade de vencer a corrida… Mas apenas os 6 primeiros devem pontuar, ou no máximo os 8 primeiros… esse esquema da Champcar é inviável na F-1, pois temos poucos carros no grid…

    gostei da sugestão do Jonas:
    1º – 15 ptos
    2º – 10 ptos
    3º – 7 ptos
    4º – 5 ptos
    etc…

  2. Luciano de paula disse:

    fala capelli,

    dá uma olhada ai… parece que o Senninha vai se dar bem: http://ultimosegundo.ig.com.br/paginas/grandepremio/materias/505001-505500/505283/505283_1.html

  3. Junior disse:

    Não se iludam. O Bernie vai manipular a votação.

    Notei que você só tem como votar, mas não tem como consultar o resultado parcial.

    Nenhuma novidade. Como esporte de elite, a última coisa que se espera da F1 é democracia.

  4. Juliano disse:

    Tem que adotar o sistema de pontuação utilizado na ChampCar até 2002.

    1º = 20 pts
    2º = 16 pts
    3º = 14 pts
    4º = 12 pts
    5º = 10 pts
    6º = 8 pts
    7º = 6 pts
    8º = 5 pts
    9º = 4 pts
    10º = 3 pts
    11º = 2 pts
    12º = 1 pt

    Pole Position = 1 pt
    Maior número de voltas lideradas = 1 pt

    Ah, e pra constar na Nascar e na IRL basta classificar o carro para pontuar… Ainda que o sujeito não largue, se ele classificou faz metade dos pontos que o último colocado teria direito.

  5. Willian disse:

    Até que eu gostei da idéia!

  6. Priscilla Bar disse:

    Já tinha votado na enquete e acho essa história de medalhas a coisa mais absurda que já quiseram inventar na F1.

    No mais,queria desejar um Feliz Natal e excelente Ano Novo pra vc , Capelli e para todos os leitores do blog.

    AH! Ainda estou esperando seu email…;)

  7. marcelo disse:

    Grande Capelli

    Um grande Natal,com muita saude,alegria e que no próximo ano possamos continuar nesta caminhada.
    Parabéns pelo trabalho e obrigado por linkar o blog.
    Muito sucesso e um excelente Ano Novo

  8. Jonas disse:

    Bom, medalhas são ridículas em competições automobilísticas! Não é como uma ginástica olímpica ou os 100 metros rasos, onde a diferença entre vencer e perder depende só do atleta. Em corrida de carro, o piloto conta, mas equipe, carro, se faz chuva ou sol, se o set de pneus está bom ou não… muitas coisas estão envolvidas, e premiar apenas os três primeiros seria injusto. Campeonatos muito mais competitivos que a Formula 1, como Nascar e IRL, distribuem pontos a muito mais pilotos do grid. Na Nascar, basta chegar que o piloto já soma alguma coisa. Na IRL, os 15 primeiros somam pontos. E como disse, são categorias muito mais competitivas. Como os primeiros lugares somam muitos pontos, uma corrida em que o piloto fique fora do podium é um grande prejuízo, fazendo com que tenha que correr mais nas provas seguintes. Mas para a quase “sessentona” Formula 1, inovar não é comum, mas como já pus em outros posts, não custaria nada dar uma inovada, e valorizar os três primeiros de verdade:

    1º – 15 pontos
    2º – 10 pontos
    3º – 7 pontos
    4º – 5 pontos
    5º – 4 pontos
    6º – 3 pontos
    7º – 2 pontos
    8º – 1 ponto

  9. Luiz disse:

    Lamentavel a ideia.
    Respondi a pesquisa, contra o novo sistema…
    Agora, foi eu quem nao achou resultados parciais ou eles nao disponibilizaram mesmo?

  10. Fábio Mota disse:

    Pra mim uma idéia legal que eu já tinha pensado e que o Marco Antônio do blog “GP Séries” já tinha opinado é diminuir a pontuação do segundo colocado para 7 ao invés dos 8 atuais. Pq pra mim 12 para o vencedor também seria demasiado.
    Ficaria assim:
    1º: 10
    2º: 7
    3º: 6
    4º: 5
    5º: 4
    6º: 3
    7º: 2
    8º: 1

  11. fabiano disse:

    sou super a favor das medalhas… boa ideia

  12. Renato Rolim disse:

    Todos votando contra!! O Bernie tá ficando gagá.. malukinho, malukinho…

  13. Felipe Maciel disse:

    Sobre as suspeitas de manipulação do resultado, acho que nem devemos nos preocupar com isso. Afinal, nem sabemos se haverá publicação do resultado final.

    O que vejo de interessante nisso tudo é que a questão das medalhas é um dos tópicos de regra que a FIA pretende abrir para votação popular.
    Daí aparece essa pesquisa sendo feita no site da F1 após uma entrevista do Ecclestone. Dá a entender que o todo-poderoso da FOM quer ter uma idéia de como anda a visibilidade sobre seu sistema patético de medalhinhas antes de a FIA realizar a sondagem oficial.

    Eu queria ver a cara do Bernie assim que ele botar o olho no resultado e conferir o índice de reprovação, mesmo com a enquete sendo feita apenas com seus argumentos a favor dessa bobagem olímpica.
    E olha que nem assim ele deve cair em si. Creio que de um jeito ou de outro vai continuar pensando em desfigurar a categoria que comanda, lamentavelmente. Mas é aí que a gente percebe a influência deste senhor. Ecclestone parece ser o único do circo que concorda com a idéia que ele mesmo teve. Praticamente todos os demais são contra. E ainda assim há uma discussão enorme sobre ela, que corre certo risco de ser aprovada. Mas eu permaneço achando que, no fim das contas, ela não vai passar.

  14. Matheus Araújo disse:

    O que pesa contra as medalhas, e muito, é o fato de que as equipes medianas e principalmente as pequenas (que já sofrem bastante) quase não teriam chance de pontuar.
    É melhor passar para 12 pontos pro primeiro colocado e manter o resto.

  15. Tiago disse:

    Eu acho a idéia do Ecclestone muito boa.
    Quem quer ser campeão do mundo tem que fazer de tudo para ganhar corridas.

    O Kubica, que ganhou uma corrida só no campeonato todo, tinha chance de ser campeão (remota, mas tinha chance) faltando duas corridas (eu acho) para o término do campeonato. Isso sim é ridículo.

  16. Jobson disse:

    Essa de medalha, é ridículo. A F-1 peca em mudar demais, nunca manteve uma constância, todo ano muda alguma coisa. Se é para mudar mais uma vez penso, que aumentar os pontos do vencedor seja mais justo. Por exemplo 12 pontos para o primeiro e deixa o resto como está, até o oitavo!!!

  17. Onyas disse:

    Pergunta: ninguém aí é a favor do sistema antigo (vencedor com 9 pontos)? Só eu??

  18. Vitor, o de Recife disse:

    O melhor são “opções”: “apóio a idéia” ou “deixe como está”. Creio que poucos estão satisfeitos com o sistema atual e uma parcela ínfima apóia as idéias mirabolantes do Bernie. Mas seria curioso que eles deixassem uma opção mais óbvia: voltar ao sistema antigo (10, 6, 4, 3, 2, 1). Alguém arriscaria o vencedor?

    Mas não parece ser próprio da F1 escolher as opções mais óbvias, logo, não duvido que mais uma idéia estapafúrdia vingue por aí…

  19. andre disse:

    Não acho que na hora de decidir o sistema de pontuação alguém vai dizer: “olha, os internautas votaram dessa forma, vamos levar isso em consideração!” Me engana que eu gosto.

    Mas eu sempre apoiei esse sistema de medalhas. Imagina: se chove em pelo menos um terço das provas, o Vettel pode ser campeão com uma Red Bull. Seria muito interessante.

  20. Silvia disse:

    É pessoal, manipulação deve ter mas se a desaprovação nessa pesquisa for em massa quem sabe convenceremos Tio Bernie a desistir das medalhas!

  21. Eduardo Casola Filho disse:

    Outra do Bernie é o cartão de natal que ele fez, foi primeiro divulgado aqui no Brasil pelo blog do Mike Vlcek, do Lancenet, onde é feita uma analogia ao escândalo das prostitutas com o Max Mosley, para verem acessem:

    http://img151.imageshack.us/img151/377/cartaoberniebl1.jpg

  22. Onyas disse:

    Bem lembrado Becken Lima! Também estranhei por não ter aparecido nenhuma parcial, mas nem me toquei.

    Do jeito que o Bernie está acostumado a manipular as coisas do jeito dele, dá mesmo para desconfiar…

  23. Eu não sei…

    Não há nehuma parcial da votação, como eu posso confiar em uma pesquisa que não parece ter nenhuma base de dados confiável?

    Se você vota “sim ou não”, quem garante que não haverá manipulação? O melhor lugar para se fazer uma pesquisa desse tipo seria em uma publicação que cobrisse jornalística e imparcialmente a Formula 1, como a Autosport ou até, o F1fanatic, que tem opinião de verdade dos leitores.

    Eu não confio em um site que pertence à própria FOM, ou traduzindo, que pertence ao próprio Bernie…

    Abs

  24. é um absurdo tem q voltar a pontuação antiga primeiro 10
    segundo 6
    terceiro 4
    e assim por diante1

  25. Onyas disse:

    Não tem o menor cabimento esse método das medalhas, pois prejudica e muito para quem é piloto regular. Eu, particularmente, sou a favor da volta do sistema com 9, 6, 4, 3, 2, 1. Do vitorioso ao sexto lugar, respectivamete. Mas também ficaria contente com 10 pontos para o vencedor ou o proposto pelo Tiago acima, mudando a pontuação do sistema atual dando 12 pontos ao vencedor.

    Até porque, nem sempre a vitória fica com o melhor piloto. Mas o melhor piloto, sem dúvida, anda sempre perto dela.

  26. Tiago disse:

    Esse negócio de medalhas é o maior absurdo que eu já ouvi! Se a idéia do titio Bernie é valorizar mais a vitória, que voltem ao antigo sistema de pontuação (10 pontos para o primeiro, 6 para o segundo e assim por diante, até o sexto lugar). Ou então dêem 12 pontos para o primeiro lugar, enquanto o segundo permanece com 8. Soluções muito mais simples e muito menos chocantes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>