MENU

5 de março de 2009 - 23:56Charges

Charge do Tuta: o red button de Barrichello

Rápido no gatilho, Tuta sintetiza em imagem o lance inesperado envolvendo Rubens Barrichello e a transição Honda/Brawn.

Arte: Tuta

Arte: Tuta

É bom esse guri.

Comentários do Facebook

comentários

18 comentários

  1. SP disse:

    Alôoou. o BR no carro da Brawn se refere aos pneus. Reparem que diversas equipes tem o BR no bico do carro também.

  2. Nungo disse:

    Charge do Tuta: o red button de Barrichellolingüiça…

    Seu coração, digo, artigo foi citado no Nungo: http://nungo.com.br/humor/charge-do-tuta-o-red-button-de-barrichello/ #…

  3. Ilo Aguiar disse:

    Charge que resume o lance inesperado envolvendo Rubens Barrichello e a transição Honda/Brawn http://tinyurl.com/d8wfp5

  4. Ilo Aguiar disse:

    Charge que resume o lance inesperado envolvendo Rubens Barrichello e a transição Honda/Brawn http://tinyurl.com/d8wfp5

  5. Ricardo Silva disse:

    Embora tenha a bandeira do Japão na charge, quem apertou o botão para ejetar o Barrichello foi o Nick Fry.

    É o Nick Fry quem foi colocado de lado pelos Japoneses e ainda pode perder a boquinha na Fórmula 1 antes do final da carreira do Barrichello.

    O momento para demissão do Barrichello seria após aquele GP Brasil onde ele falou cobras e lagartos da equipe japonesa.

    A Honda nunca teve moral para demitir o brasileiro. Ganhou um GP mas durante muito tempo do brasileiro por lá foi uma equipe do meio para o final do GRID.

  6. A Mercedes-Benz tem parceria com a MOBIL.Comercialmente, e também em termos tecnológicos, é algo impossível de acontecer uma parceria com a Petrobras!

    Interessante o “apelo” do Barrichelo para charge. O Senninha foi deixado ao léu e ninguém arrisca uma charge com o garoto…

  7. mauricio von abel disse:

    foi exatamente por causa do “BR” que eu pensei na petrobras… tomara que seja mesmo!

  8. Aderson disse:

    Achei Fraquinha.

  9. PAULO SANTOS/RJ disse:

    O que eu acho legal, Capelli, é que você além de ter as suas charges, que são ótimas, abre espaço para outras. Essa foi simplesmente hilária.
    Um abração e continue sempre assim

  10. Eduardo Casola Filho disse:

    Aliás, no blog do Mike Vlcek do Lancenet, foi mostardo um cálculo que ele correu nada menos do que 28,333333…. % de todos os anos de Fórmula 1, imaginando como o mundo era bem diferente em 1993, ano de estreia do Rubinho, podendo chegar a 300 GPs em 2010, cerca de 1/3 de toda a história da categoria, por mais que ele teha sido detonado por todos, Rubens Barrichello ficará eternamente na história da Fórmula 1!

    Para quem quer saber como era o mundo em 1993 acesse:
    http://msn.lancenet.com.br/blogs%5Fcolunistas/mike/

  11. Ylan Marcel disse:

    Haha, sensacional!!! Barrichello ainda chega aos 300 GPs, podem anotar!

  12. PG disse:

    Capelli,
    Esse artigo tem tantas curiosidades sobre Rubinho que parece ter sido feito por você:
    http://tazio.uol.com.br/f-1/textos/8556/

  13. JucaRocha disse:

    BR de Brawn ou o famoso British Racing !
    Será que não qq sentimento de desconfiança desde quando, muitos dos nossos sérios jornalistas afirmavam que o RB escondia algo na vez em que “não admitia aposentadoria???”.

    • Capelli disse:

      Eu acho que são as duas coisas, Juca. Até a Honda anunciar que abandonava a F1, ele não admitia a aposentadoria. Quando Ross Brawn começou a negociar o controle da equipe, ele passou a esconder algo.

  14. Mauricio Von Abel disse:

    CAPELLI, vc tem alguma informação sobre os patrocinadores??? estou curioso pra saber se a Petrobras está na parada…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>