MENU

23 de março de 2009 - 16:41Curiosidades

21, o número zicado

Foto: Divulgação/Brawn

Foto: Divulgação/Brawn

Rubens Barrichello, definitivamente, não dá muita sorte. Com a alteração na lista de entrada na FIA, coube ao brasileiro utilizar o número 21 em seu carro na temporada 2009, em vez do 19 previamente destinado a ele.

O problema é que, dentre todos os números a serem utilizados na temporada 2009, o 21 é o que menos vitórias tem na história da Fórmula 1. Apenas uma vez, e há quase 40 anos, um carro com esta numeração venceu uma corrida. Foi a Tyrrell de Jackie Stewart, no GP da Argentina de 1972. De lá pra cá, praticamente todos os números venceram corridas. Menos o famigerado 21.

Conseguirá Barrichello derrubar este tabu e desfazer sua pecha de azarado? Confira abaixo o número de vitórias obtidas pelos números presentes na temporada 2009:

Vitórias por número no carro
Nº 1 – 148 vitórias
Nº 2 – 77
Nº 3 – 47
Nº 4 – 29
Nº 5 – 121
Nº 6 – 51
Nº 7 – 26
Nº 8 – 41
Nº 9 – 17
Nº 10 – 14
Nº 11 – 36
Nº 12 – 37
Nº 14 – 9
Nº 15 – 15
Nº 16 – 11
Nº 17 – 5
Nº 18 – 8
Nº 19 – 2
Nº 20 – 13
Nº 21 – 1

Comentários do Facebook

comentários

111 comentários

  1. Hugo Leonardo disse:

    Agora o 21 não tá tão zicado, graças a Massa ou Piquet (que foram as únicas ausências capazes de influir astrologicamente para os pilotos brasileiros)

  2. Etel-Bauru-SP disse:

    POis é , o ano passado o número 22 foi campeão, e esse ano será campeão o número 23…rsrsrsrsrsr

  3. Ty G; disse:

    capelli, o barrichello agora vai ser o 23, a force india reclamou com a FIA e ficou com o 20 e 21, por causa q ja tinha feito todo marketing em cima desses numeros, a brawn ficou com 22 e 23, button e barrichelo! abs!

  4. Gláuber disse:

    Agora é 23!

  5. C. Henrique disse:

    Babacas que não entendem nada de corridas, parem de falar bobagens sobre o Rubichelo, deixa o cara correr em paz.
    Agora essa babaquice de numero.
    Sentem lá se podem fazer melhor!
    A vida prega peças e verei muita gente mordendo a lingua se ele sagrar-se campeão esse ano.

  6. Gustavo AM disse:

    Agora o 5 é fácil de explicar, geralmente a equipe que o usa não é sempre a 3ª melhor do ano anterior, as vezes é a segunda, quando por exemplo um campeão muda de equipe, como foi o Alonso da Renault para a McLaren, leva os números 1 e 2 para aquela equipe, o 3 e 4 ficam com a melhor do ano anterior e o 5 e o 6 com a segunda melhor, que no caso da comparação, é a Ferrari, que acabou como campeã de pilotos com o Kimi que também venceu mais corridas(5).
    Creio que é por isso.

  7. Gustavo AM disse:

    Percebi que muitos estão reclamando, mas o Capelli só colocou isso a título de curiosidade, parece que qualquer coisa dita sobre o Rubens relacionada a recordes negativos como o número 21 ter vencido só uma vez já começam a dizer que é perseguição ao Barrica e outras coisas.
    Será que agora, qualquer coisa que seja dita sobre o Rubens, mesmo que uma curiosidade, é motivo de ingnação, esse tabu já é de muito antes do Rubens usar o 21 e mesmo assim acham que estão achincalhando o piloto brasileiro.
    Na Espanha, como o Capelli colocou em outra matéria, fizeram o mesmo em relação ao Alonso e ninguém reclama.
    Brasileiro vê malícia em qualquer informação dada, impressionantel, não é de se surpreender que hajam tantas pessoas a favor de censurarem qualquer tipo de veículo de comunicação, inclusive na internet, porque não engolem que uma informação seja apenas uma informação.

  8. Will disse:

    Estatísticas como essa só servem para acompanhar a cerveja com amendoim no boteco!

  9. KBK disse:

    Capelli,
    explique-nos o motivos de tantas vitórias do número 5!
    Parece que a 3ª equipe do ano anterior sempre vem forte, será a vez da BMW?
    Quando vi o número 5 me veio a imagem da willians do Leão! Com número em vermelho, não era?

  10. Fiquei mais impressionada com #5. Será que é mesmo o ano de Kubica?

  11. Vantoil Lima Jr. disse:

    Desculpa, eu dei só uma lida por cima dos outros posts, se falei algo repetido, desculpe…

    Se o Barrichello ou o Button ganharem alguma corrida, vão bater outro recorde, carro mais fio que ganhou corrida.

    Imagina (se bem que eles devem mudar a pintura para o GP), o carro não tem um patrocinador se quer (pneu não conta) e desbancam os carros cheios de anúncios…

  12. Reinaldo disse:

    Se analisarmos os números, os piores são 14 e 18. Não ganham uma corrida desde 1971. Como o nº 21 não ganha desde 1972, não é um mau negócio…

  13. Leandro Leite disse:

    Eu acho que o Rubinho está com muita sorte, como nunca teve na vida.
    Primeiro a crise ajuda ele a conseguir uma vaga na F1 e agora ele recebe um número que é o slogan da Embratel, que já cogitou patrocinar outro piloto na F1. Para a Embratel isso pode ser uma grande chance de marketing!

  14. Miguel Brás disse:

    Capelli pelas suas contas o #19 também é parco em vitórias (podemos dizer quem tem o dobro do #21 mas mesmo assim…)

  15. Thiago disse:

    Vinícius – Eu torço!!!

  16. Thiago disse:

    Eu acho extremamente válida a consideração referente a numeração, uma vez que ela, de maneira antecipada, ratifica a performance do nosso querido Piloto Quelônio, que com todo seu saudosismo irá seguir a tradição de sua atual numeração no decorrer dessa temporada.

  17. Capelli, obrigado pelo elogio ao meu comentário.
    Com certeza, é uma brincadeira bem humorada com a história da F1. Isso é muito construtivo, pois ninguém aqui torce contra o Rubens.

    E Glaucio Branco, valeu também pela correção! Você tem toda razão.
    Eu fiz a parte do Keke com a cabeça pensando no título dele.
    Foi sim em 1980.

    http://2.bp.blogspot.com/_E5n3j6YR978/STvMlbJDZCI/AAAAAAAADcU/1F9IWpYNWZc/s320/Rosberg.1980.jpg

  18. Glaucio Branco disse:

    em relação a afirmação do amigo Vinicius Perazzi “… gloriosa Fittipaldi, com o futuro campeão mundial, Keke Rosberg, em Buenos Aires, 1982.” o ANO correto é 1980, quando a fittipaldi correu com o patrocinio da skol com so bólidos F-7 (um Wolf disfarçado) e o F-8 .

    No mesmo ano de 1980 Emerson nos EUA tab obteve o seu ultimo pódio com a 3a colocação . nesta corrida o Piquet venceu.

    Em 1982 o KEKE correu na williams e foi campeão mundia com 1 vitoria, sendo que em 1981 não havia marcado sequer um mísero ponto.

    AXÉ a todos

  19. Samuel Oliveira disse:

    Capelli, pela estatística feita por Vinícius, tida por vc como verdadeira, desde 1989 só carros ruins e/ou pilotos fracos que andam com o número 21. Então por este prisma, já são cerca de 330 corridas a menos a serem levadas em conta, ou seja em torno de 40% de todas as corridas até então disputadas na F-1. Portanto, Rubinho, depois de 20 anos, vai fazer vários “vinte e uns” prá melhorar a estatística do número e, quiçá, ainda será campeão com o carro do número que menos venceu na F-1. Bora Barrica!!!

  20. João disse:

    Então se ele vencer 2 corridas com esse número, conseguirá mais um record na carreira, a de mais vitórias com o número 21… De que mais ele poderá ser recordista esse ano, Capelli?

  21. Etel-Bauru-SP disse:

    agora me diga a estatística para o número 22 em 2008 eram boas?

  22. Etel-Bauru-SP disse:

    ano passado Hamilton correu com o 22 e kova com o 23…pois é …

  23. Etel-Bauru-SP disse:

    Que bobeira!!!!!!!!!!!!!!!Pessoal, pessoas inteligentes não acreditam em superstição…Capelli, eu sei que vc não acredita…rsrsr isso é só estatística..pois é óbvio que quanto pior colocada uma equipe fica numa temporada, no próximo ano tem números mais altos… por que vc não mencionou que no ano passado a McLarem assim como a Brawn GP( somente por ser considerada uma equipe nova) , ficou com os últimos números do grid..,e o seu piloto foi campeão mundial??? Capelli, estou começando a desconfiar que vc faz parte do coro que canta contra o nosso Grannnde piloto Rubens Barrichello……espero estar errada….por hora, hoje não vou mandar um grande abraço para vc ..estou de mal..rsrsrsrsrsr

    • Capelli disse:

      É claro que é só uma curiosidade bem-humorada, não tem validade alguma para fazer qualquer análise séria. Ainda bem que alguém entendeu…

  24. D´Artagnam disse:

    Esqueçam o Rubinho!!!!!!

    Prefiram comentários motivadores.

    Deixa o homem trabalhar!!!!!

    Dá uma moralzinha para ele aí Capelli. Fala alguma coisa boa do rapaz!!!!!

  25. Rodrigo Dias disse:

    É só o cara começar a se destacar que já colocam esses números supersticiosos nele… =P

  26. O 19 só tinha 2, não faz muita diferença. O Rubinho ganha umas 4 neste ano pra melhorar a estatística do 21 e pronto.

  27. Gustavo Lucena disse:

    Capelli, adorei esse post, sugiro que se tiveres tempo, faça uma estatística apurada sobre quais os números que mais venceram corridas na F-1, incluindo aí o legendário 27.

    Gustavo Lucena

  28. Pedronha disse:

    Se macumba, mandingas, mau olhado e etc. funcionassem campeonato baiano de futebol terminava empatado…então nem ligo pra isso.

  29. Jose disse:

    ou esse cara tem uma puta ferremanta de pesquisa ou fica horas pesquisando essas coisas!! hahaha

  30. Athos disse:

    Zicado? Pôxa, o cara nem correu e já estamos jogando maus fluídos nele… O Rubinho tem um monte de defeitos (e muito mais qualidades), mas nós brasileiros é que sempre pensamos em coisas ruins pra ele, mesmo que sem querer ou de brincadeira.

    Torço pro Massa, pois acho que a Brawn na aguenta o ano todo, mas espero que o Rubinho tenha muita sorte neste ano.

  31. Daniela disse:

    Noooossa, por que será que o número 1 tem tantas vitórias e o 21 só uma???

    “Definitivamente” essa implicância sem fim com o Rubinho já encheu o saco!

  32. PG disse:

    Se em vez do Rubinho, estivesse o Bruno Senna, aposto que seu patrocinador (Embratel) iria fazer questão de ficar com o 21!

  33. juka bala disse:

    o numero mais zicado deve ser o 13 !
    alias pq nao tem o numero 13?
    o zagalo nao deve entender essa decisao tmbm neh!

  34. Pedro Araújo disse:

    hehehe…

    Ô Capelli, mas o 19 também não é essa maravilha, né?

    Deixando a brincadeira de lado, espero um bom ano do Barrichelo. Ainda acho que ele é mais rápido do que pelo menos metade do grid. E se a Brawn for boa mesmo (treino é treino, jogo é jogo) vai ser legal ver ele brigando lá na frente de novo…

  35. Capelli falou tudo. É mesmo um numero zicado, haja visto quantas vezes ele participou de provas.

    O número 21 esteve em “apenas” 545 coridas, tendo ganho apenas uma, com Jackie Stewart.

    Algumas outras passaram perto, como a espetacular corrida de Jacques Laffite, em Nürburgring, 1975, onde largou em décimo quinto e terminou em segundo lugar com sua Williams #21.

    Também obtiveram destaque, as terceiras colocações de Bruce McLaren e sua Cooper, em Watkins Glen, no ano de 1962 e a gloriosa Fittipaldi, com o futuro campeão mundial, Keke Rosberg, em Buenos Aires, 1982.

    Ainda sobre o curioso número, ele debutou na F1 junto com a categoria, em Silverstone, 1950, na primeira corrida da categoria, sendo ostentado pelo excêntrico e mulherengo Birabongse Bhanudej Bhanubandh, o famoso Príncipe Bira.

    Ainda levando em consideração o ínfimo número de vitórias, devemos lembrar que o número já passou pelos cuidados de grandes pilotos, como Bruce McLaren, John Surtees, Jim Clark, Jacky Ickx, Pedro Rodriguez, Jackie Stewart, Gilles Villeneuve e Keke Rosberg, além de ser ter sido o companheiro de Niki Lauda e Jacques Laffite por temporadas inteiras.

    A parte ruim de tudo isso, é que desde 1989, o pobre 21 não tem mesmo dado sorte, caindo nas mãos de equipes frágeis, tais como Scuderia Italia, Forti Corse, Minardi, Spyker e Force India.

    Para deixar mais dramática a situação, o 21 é considerado número de estimação da Minardi, utilizado pelo segundo piloto da equipe, que certamente era de qualidade duvidosa, durante as derradeiras corridas da equipe.
    Foram 120 corridas pela simpática escuderia.

    É… Essa tinha mesmo que cair nos braços do nosso Barrica!

  36. Hugo Becker disse:

    O cara já tem fama de azarado e ainda vai correr com o número 21… bom, olhemos pelo lado positivo: É o número que menos venceu, mas ao menos venceu, não? Sabe como é, metade do copo está vazia, mas a outra metade está cheia! rs…

    Capelli, no final de 2008 excluí meu blog sem querer e demorei para me motivar a escrever novamente, por questões pessoais. Mas às vésperas do início da temporada, a motivação voltou e estou de volta à blogosfera. Ficaria feliz se passasse por lá.

    Abraços!

  37. Bruno R. disse:

    Ademar, partindo-se do princípio de que a numeração fixa por piloto demorou mais de 20 anos para ser aplicada, não teríamos campeões com números por um bom tempo… Difícil de se aplicar isso.

  38. Ademar Luiz Mendonça Neto disse:

    Capeli, queria saber como ficaria esta estatística com numero de titulos por numero. Será que o “1″ perde a primeira posição ??

  39. Rodrigo Rocha disse:

    E o número 0? O Damon Hill ganhou algumas com esse número.

  40. Mateus Ferreira disse:

    Capelli, olha uma estatística curiosa:
    Ayrton Senna tem 41 vitórias. A última vitória dele foi com o carro número 8, que por sinal também tem 41 vitórias. Foi a última vitória tanto de Senna quanto do carro número 8 o GP da Austrália de 93, já que a McLaren só voltou a vencer em 97, certo?
    Abraços.

    • Capelli disse:

      Não exatamente… Em 1997 Berger usava o 8 quando venceu o GP da Alemanha. Hakkinen também foi campeão com esse número em 1998, Frentzen venceu com ele no ano seguinte e Fernando Alonso conquistou sua primeira vitória em 2003 também com o 8.

  41. cristiano disse:

    só de sacanagem o numero anterior erá o 19 que só venceu 2 vezes. no caso do rubinho tanto faz o numero 19 ou 21 os dois são ruim.

  42. Pesosal.. deixem de besteira.. aff o que tem o capelli fazer uma materia sobre isso?? Isso aqui não é um blog?? Tb o povo não tem um pingo de senso de humor..

  43. Robinson disse:

    Antidemocrático e antibloguístico o ato de censura ao meu comentário. Depois de um post – na minha modesta opinião – muito infeliz, foi a segunda marcha-a-ré do Capelli no dia.

    Não imagino ter infringido quaisquer regras do seu blog, mas se de alguma forma se sentiu ofendido, peço desculpas.

    Mas sem problema. Será sempre bem-vindo no http://www.blablagol.com.br.

    Visite quando quiser.

    Abraço.

    • Capelli disse:

      Robinson, nenhum comentário seu foi censurado. Você comentou no post errado, seu comentário está lá, preservado, no post anterior a este.

      Faz uma operação básica de forma errada e ainda sai acusando o blogueiro de censura… dá um tempo!

  44. Eduardo Baptista disse:

    Se o Barrica conseguir ultrapassar esta zica, pode até arrumar uma gigante da telefonia como patrocinador particular… Não que lhe falte dindin, mas seria inusitado vê-lo novamente como garoto-propaganda.

  45. Alisson disse:

    O Barrica é a zica em pessoa hehe

  46. Paulo Ferreira disse:

    Vejamos pelo lado positivo: com o 21 ele é o primeiro de trás prá frente e o primeiro colocado nesta estatística ridícula de trás prá frente tb… Nada há ver, gente; o Barrichelo além de quebrar este tabú, pode muito bem encerrar a carreira como campeão, para quebrar a língua de uns e outros brasileiros que parece que não são… até rimou…

  47. Daniel disse:

    Essa é uma matéria sem sentido e que não tem qualquer utilidade prática, a não ser maaaais uma vez fazer piadinhas com o cara!! E como as pessoas adoram! Já tá lá no Grande Premio estampada na primeira página a mesma chamada. Tá e daí que o nº 21 foi o que menos venceu na história? De verdade, na prática, o que isso tem a ver com a temporada que está para começar? Sou leitor de carteirinha do blog e sei que antigamente zoar o Barrichello era uma das especialidades da casa – nada contra desde que em um contexto, mas em iniciativas como desse post eu só consigo ver a pura e simples vontade de sacanear o cara… Sinceramente, dessa vez você Capelli e o pessoal do Grande Premio (que também abraçou a ideia) pisaram na bola…

  48. Thiago Reda disse:

    o numero de vitoria do 19 para o 21 tambem não muda muita coisa huahauhauhauaha

  49. Ricardo disse:

    Concordo com o Guilherme,aimprensa faz pouco caso do Rubinho que para mim também é um dos melhores pilotos em atividade na F1.Esse ano estaremos torcendo novamente por ele.

  50. Gustavo AM disse:

    Rubens é um zicado a décima potência, pega justamente o número com menos vitórias entre os que haviam.
    E com numeração fixa até agora o 21 não tem vitórias, impressionante a zica.

  51. Guilherme Bezerra disse:

    O número que ele vai usar não é a questão. Na verdade não há nenhum problema com o numeral 19. Problema mesmo é correr como segundo piloto sem chances de lutar por vitórias ou ter um carro lento, desiquilibrado ou que só vive quebrando. E este ano o Rubens pelo visto não terá nenhum destes contratempos. Correndo com qualquer número, vai ser o domonador deste início de campeonato. De energia negativa já basta toda a Imprensa não-especializada que, na onda do oba oba, tenta sempre desmerecer este que é certamente um dos 5 melhores pilotos em atividade hoje na F1. Toda a SORTE pra ele!!!

  52. Holy Diggio Bop! disse:

    E completando o que o Leonardo Lago falou, várias categorias usam numeração fixa. Afinal, quem não lembra do 12 do Jimmy Vasser na Cart, do 46 de Dr. Valentino Rossi na MotoGP, e por aí vai…

  53. Leonardo Lago disse:

    Eu acho que já disse isso em um post com tema semelhante, mas sou da opinião da volta da numeração fixa por equipe. Mas fixa mesmo! Por exemplo, a McLaren agora carrega o 1 e o 2 pq abriga o atual campeão mundial Digamos que sua numeração fixa fosse 7 e 8, então no ano em que a McLaren tivesse o atual campeão mundial ninguém usaria o 7 e 8, que ficaria reservado para ela. Acho que em termos de merchandising seria muito interessante associar números uma equipe. A turma dos anos 80 tem uma identificação muito forte com as Williams 5 e 6, as Ferraris 27 e 28, a Tyrrel 3 e 4. Isso poderia ser resgatado.

  54. Ricardo disse:

    e foi campeão!!

  55. Ricardo disse:

    Faltou o mencionar o número 27 que o Senna utilizou em 1990 e obteve 6 vitórias naquele ano!!!

  56. Leonardo disse:

    Não seria interessante contabilizar apenas a numeração após, caso não esteja errado, 1996, quando isso era de um certo modo um indicador do desempenho do carro/piloto no ano anterior?

    Se pegar números de antes, é só numerologia mesmo…

  57. DanielN disse:

    Depois de tanto azar do rubinho , talvez esse número ajude. Aquele esquema de menos com menos dá MAIS.
    Mas vale lembrar que 21 é o dia do meu aniversário. Se bem que não me acho nem um pouco sortudo, hehehehehehehhee.

  58. Renato disse:

    Por sinal, o nosso “hermano” Gastón Mazzacane correu com o 21 em 2000, não?

  59. Ryan Cooper disse:

    Vamos lá Barrichello.
    Faz um 21 e vai pra galera!!!

  60. Francisco disse:

    se eu fosse o barriga pedia pra correr de TREZEEEE
    qq é um peido pra quem já tá cagado???
    quero ver essa estatística no final do campeonato, tocalopau barrigaaa!!

  61. Gaston Mazzacane disse:

    Ah, como forçam a barra para avacalhar com o Barrichello

    e para os leigos o 21 é um baita número segundo os cabalistas

  62. Seria legal ver o Rubens ganhando em Melbourne.
    Quem sabe…

  63. Samuel Oliveira disse:

    Ok, vc venceu, mas Rubinho vai quebrar essa e melhorar a estatística do 21. Fui.

  64. Samuel Oliveira disse:

    De qualquer sorte, ainda assim, são 13 anos (1996/2008,inclusive), onde foram disputadas mais de 220 corridas, que não é um número a ser desprezado, nessa contagem. O número 20, tem tantas vitórias que devem ser atribuídas ao período anterior a 1996, por ser um número redondo, devia ser escolhido com maior frequência pelos pilotos de ponta.

    • Capelli disse:

      Sim, mas 220 diante de 800 representa pouco mais de um quarto da amostra. Não serve para explicar o todo.

      O número 20 ganhou corridas principalmente por Wolf e Benetton. Também não serve como explicação.

      A propósito, os números 22, 23, 24, 25, 26, 27, 28 também ganharam corridas, sempre mais de uma. Até 30, 31 e 32. Só o 29 é que é mais agourento ainda, nunca ganhou nada.

  65. Eduardo Casola Filho disse:

    Capelli, outra coisa me intriga:

    Se com o nº 21 o Jackie Stewart ganhou a única corrida com essa numeração, ele não era pra ser o nº 1 na temporada de 1972, já que ele era o atual campeão mundial?

    • Capelli disse:

      Naquela época os números eram distribuídos aleatoriamente corrida a corrida, Eduardo. Numeração fixa como temos hoje só passou a existir a partir de 1974.

  66. Samuel Oliveira disse:

    Grande bobagem essa matéria, minha vida não teria sentido sem ela.
    Se as equipes que recebem os números maiores são as piores em rendimento no ano anterior ou as novatas, não é de se estranhar que tais números possuam poucas vitórias na história da F-1. E mais, número de azar é 13. 21 é múltiplo de 7 que é número de sorte!
    Rubinho vai passar por cima dessa hipotética zica só prá quebrar a de vocês, agourentos jornalistas.

    • Capelli disse:

      Essa regra só passou a existir a partir de 1996. Há 46 anos de história antes disso e o grande número de vitórias de números como 27 e 28 desmontam a sua tese.

  67. Andrews disse:

    Capelli, por que vc não levanta o nº de vitórias na temporada daqueles que lideraram os treinos da pré-temporada? Será que isso aumentará as chances dele de vitória?

    Abraço

  68. Andrews disse:

    Não acho zica… acho engraçado como vocês fazem de tudo pra jogar energias negativas no Barrichello. Quantas temporadas ele correu com o nº 2? E isso deu sorte pra ele? Não será um nº que vai zicar o Rubens e sim um carro ruim e isso eu acho que ele não tem esse ano.

  69. Renato disse:

    Cacete, não é o Barrichello que é zicado, são as pessoas que zicam com ele! Vão buscar uma estatística que não tem nada a ver com a carreira dele e com as coisas que ele fez para provar que o cara é azarado!
    Só acredito que o 21 dá azar se me disserem que o Chris Amon corria com ele.
    Aliás, houve pilotos com efetivas chances de vitória correndo com o 21?
    Um abraço.

  70. Ivair disse:

    O 13 nunca mais será utilizado na F1 !? Superstição? O primeiro GP foi num dia 13, mas nunca um carro 13 completou uma corrida na zona de pontuação. Em 1976, Divina Galica guiou pela última vez um número 13, mas não chegou a se classificar.

  71. Renato disse:

    Ô Capelli, vc já disse que só considerou os números de 2009, mas tá lembrado do “zero” do Damon Hill na Willians? Deve ter somado um número considerável de vitórias…

  72. Gláuber disse:

    Na F1 eles jogam muito bem um carteado e o Rubens com 21 ganharia no Blackjack. Acho que ele vai dar uma alavancada nesse número.

  73. Lúcio disse:

    Capelli 11 e 12 são todas vitórias da Duplas Senna e Prost ou só uma grande parte?

  74. Bruno R. disse:

    E… rá, comentário 21!

  75. Bruno R. disse:

    O que sei é que números zicados mesmo são o 2 e o 6, em outro aspecto. Salvo equívoco, são os números com o maior número de acidentes fatais na F1…

  76. Leonardo Lago disse:

    Com o 5: Schumi na Benetton em 1993/1994 e na Ferrari em 1997; Hill na Williams em 1996; Piquet na Brabaham, Mario Andretti e Emerson na Lotus…

  77. Cassius Clay Regazzoni disse:

    HAHAHAHAHAHAHAAHAHAHAHAH!!!!

  78. Felipe Mafra disse:

    Não sou tão ligado e entendido de estatísticas e fiquei surpreso com o número alto de vitórias do número 5? Com a minha memória de Bagre só consigo lembrar da Williams 5 do Nigel Mansell e tou com preguiça de procurar o resto depois de “gugar” um pouco e não achar nada…

    Qual é o esquema do #5? Quais foram os pilotos que ganharam tantas corridas com esse número?

  79. Thiago disse:

    Nem acreditava nessas coisas de número, mas agora acredito e acho que o número 21 caiu po barrichello como uma luva!!!

    Como Rubens respeita a tradição, já sabemos como será sua temporada…

  80. Leonardo Lago disse:

    O 19 tem o dobro de vitórias do 21!

  81. Ives disse:

    Para que não tinha nem carro, qualque numero está bom… até o 24.

  82. Grün disse:

    Rubens vai passar por cima dessa zica. Assim espero…

  83. Felipe disse:

    O 19 também não traria muita vantagem, vai :P

  84. Rafael Aun disse:

    Pelo visto a macumba do Rubens foi forte.
    Nem a Fia sabe que vai receber o numero azarão…

  85. É isso aí, Capelli. Tentei te avisar antes de ler a matéria… agora que vi sua resposta. E com certeza corrigem logo, igual fizeram com o sistema de vitórias. :)

    O importante é que na quinta-feira às 22h começa, finalmente, o ano de 2009!

  86. Leonardo Lago disse:

    Se fosse o número 13 não seria tanto azar!

    Sente o poder do número 5! Segurem o Kubica!!!

  87. ué… agora não entendi… fiquei confuso.

    “The FIA have also recognised the Brawn GP Formula One Team’s status as a new constructor, dropping them to the base of the entry list with Jenson Button and Rubens Barrichello now numbered 20 and 21 respectively.”

    mas logo abaixo consta:

    “Brawn Mercedes
    21 Jenson Button (GB)
    22 Rubens Barrichello (BR)”

    será q a mudança precisa de unanimidade tb? hehe

  88. capelli é o paladino mascarado da f1 :)

  89. capelli… houve mudanças. a zica agora está com button. (:

    http://www.formula1.com/news/headlines/2009/3/9043.html

    abraços!

  90. Tuta disse:

    E o 27 e o 28???
    E o 13??/ Este tem zero vitórias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>