MENU

21 de março de 2009 - 23:20Jogos

Trunfo das Equipes (8/16): Honda e Renault

Nas cartas de hoje, duas montadoras com histórias até semelhantes na Fórmula 1. Primeiro a Honda, que entrou como equipe nos anos 60, obtendo algum sucesso mas abandonando as pistas depois da tragédia de Jo Schlesser. Seu retorno como fornecedora de motores nos anos 80 revolucionou a categoria e ganhou tudo com Williams e McLaren entre 1987 e 1991, mas quando decidiu voltar a ser equipe, a partir de 2005, não logrou o mesmo sucesso.

E a outra equipe é a Renault, que nos anos 70 também revolucionou a F1 com os turbos, mas que como equipe obteve um sucesso apenas relativo em sua primeira fase. Quando forneceu só motores, marcou época com Williams e Benetton entre 1992 e 1997. Retirou-se e foi brilhante em seu retorno como equipe, conquistando dois mundiais com Fernando Alonso.

Na soma geral, a Renault acaba levando alguma vantagem. Infelizmente, a história recente da Honda marcou negativamente sua passagem pela Fórmula 1.

Às cartas, pois!

Honda - clique para ampliar Renault - clique para ampliar

 

Comentários do Facebook

comentários

12 comentários

  1. Renan disse:

    assim fica fci pra ferrari

  2. Onyas, as outras vitórias foram em 1965, no México com Richie Ginther e o Button, em 2006 na Hungria.

  3. Allan Guimaraes disse:

    Capelli, peço a V. Senhoria que disponibilize outra foto do Renaul: ou do primeiro carro, ou do último (de 85), em qualquer dos números (15 vermelho ou 16 azul). Eram infinitamente mais belos que esse azulão sem sal. Só não discordei da escolha pq este deu os títulos aos franceses. Mas que é feio demais, isso é (desenho e cor).

  4. Diego Camargo - Floripa/SC disse:

    Legal o Trunfo Capelli! Estou colecionando, assim como fiz com o outro que você publicou por aqui. Abraço.

  5. Onyas disse:

    Quais foram as vitórias da Honda? Eu sei que Surtees ganhou em Monza 1967, mas as outras duas eu nem faço idéia. E as poles foram nesta última fase da equipe, não?

  6. Luís Henrique disse:

    Oi Capelli o comentário que faço é a Renault forneceu motore para Williams em 1989 ou em 1992 como esta postado em sua coluna?

  7. Eduardo Casola Filho disse:

    Mas a atual segunda fase também é de sucesso Capelli, afinal bi-campeonato de pilotos e construtores de 2005 e 2006 é claro sinal de sucesso!

  8. Vinny disse:

    “E a outra equipe é a Renault, que nos anos 70 também revolucionou a F1 com os turbos, mas que como equipe obteve um sucesso apenas relativo em sua primeira fase.”
    é, se conquistar dois titulos mundiais seguidos não for sucesso, não sei o que é…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>