MENU

21 de junho de 2009 - 11:27Análises

Rapidinhas: GP da Inglaterra

Foto: Mark Thompson/Getty Images/Divulgação Red Bull

Foto: Mark Thompson/Getty Images/Divulgação Red Bull

- Vitória tranquila de Sebastian Vettel, numa das corridas mais monótonas da temporada. A Red Bull sobrou em Silverstone, mais do que se imaginava.

- O alemão garantiu a vitória logo no primeiro terço de corrida quando, mesmo com um carro mais pesado que os principais pilotos do grid, saltou à frente na largada e passou a abrir um segundo por volta para o resto.

- Mark Webber, seu companheiro e único capaz de fazer frente a seu domínio, ficou preso atrás da Brawn de Rubens Barrichello, sem conseguir ultrapassar. Quando conseguiu, durante o primeiro pit stop, já tinha 21 segundos de desvantagem para Vettel. A corrida já estava ganha e conformou-se com o segundo lugar.

- Terceiro, Barrichello fez uma boa corrida com uma Brawn irreconhecível. Era nítido o quanto ele e Button brigavam com o carro, nervoso e arisco. Será que a equipe andou para trás ou foi apenas um final de semana ruim?

- É com a segunda hipótese que Jenson Button prefere contar, pois seu desempenho foi péssimo, tanto nas corridas quanto nos treinos. Pelo rádio, reclamava gritando do quanto o assoalho batia no chão e o carro ficava desequilibrado na curva 1. Nem de longe lembrou o Jenson dominador das provas anteriores. Chegou em sexto, fora do pódio pela primeira vez no ano.

- E Felipe Massa, surpreendente com a Ferrari, foi um dos destaques da corrida. Largava apenas em 11º, saltou para oitavo já na primeira volta e recuperou posições na estratégia de box. Quando efetuou seu segundo pit stop, já era quarto, posição na qual terminou a prova. Um grande feito, principalmente se comparado com a corrida fraca de Kimi Raikkonen, oitavo colocado.

- Quinto, Nico Rosberg garantiu mais alguns pontinhos para a Williams. Coisa que não conseguiu seu companheiro Nakajima, que assombrou saltando para quarto na largada, mas foi perdendo terreno com um ritmo ruim de prova até cair para o 11º lugar, fora da zona de pontos.

- Destaque para Giancarlo Fisichella, décimo colocado com a Force India. Ganhou cinco posições na largada, saltando para 11º. Fez um primeiro pit stop tardio e fez várias voltas bastante rápidas enquanto ficou na pista, retornando em décimo. Segurou Nakajima, Piquet, Kubica, Heidfeld e Alonso atrás de si. Não fez ponto, mas valeu como vitória.

- Outro que conquistou uma vitória foi Nelsinho Piquet, na batalha interna da Renault. Fez bom uso da estratégia de uma parada e aproveitou-se de um Alonso perdido no tráfego para chegar na frente do companheiro. Foi 12º, contra 14º do espanhol. A lamentar a performance da Renault e seu paralelepípedo sobre rodas, que deixa um piloto como Alonso andando em posições como essa.

- Pior que a Renault, talvez só a McLaren. Os carros prata andam para trás a passos largos, a ponto de Lewis Hamilton chegar em antepenúltimo lugar correndo em casa, um fiasco histórico. O inglês animou a corrida, tentou ultrapassagens, rodou, saiu da pista… mas não faria pontos do mesmo jeito. Uma corrida lamentável.

- E nem o mau resultado de Button foi suficiente para dar uma esquentada no campeonato. A vantagem para Barrichello, segundo, caiu de 26 para 23 pontos. Ainda é muito confortável. Já o brasileiro começa a ser seguido de perto por Vettel, que agora está a apenas dois pontos de diferença.

- Nos construtores, Brawn e Red Bull disparadas: 105 e 74,5 pontos respectivamente, contra 34,5 de Toyota e 26 da Ferrari. A Williams desbancou a McLaren, que caiu para sexto.

- Agora a F1 tem três semanas de férias, retornando só em 12 de julho, em Nürburgring. Mas, com toda a confusão do racha entre FOTA e FIA, assunto é o que não vai faltar. Tem reunião do Conselho Mundial no meio da semana, o bicho vai pegar para Max Mosley.

Resultado GP da Inglaterra

Comentários do Facebook

comentários

44 comentários

  1. Rodrigo disse:

    “Terceiro, Barrichello fez uma boa corrida com uma Brawn irreconhecível. Era nítido o quanto ele e Button brigavam com o carro, nervoso e arisco. Será que a equipe andou para trás ou foi apenas um final de semana ruim?”

    Vai bem de encontro com o post mais antigo onde você diz que Rubens com um carro não tão bom, desbanca os companheiros de equipe.

  2. greyhound disse:

    Voltei ! Quero manifestar minha concordância com Claudio F1 e Mauro Bala.
    1º) O Rubinho é MUITO , MUITO BOM sim . E ignorantes de plantão, querem denegrir sua imagem. Senta a bota Rubinho, essa taça vai ser uma das mais bonitas conquistas da história!
    2º) Escalar o Cléber Machado é um desrespeito de quem detém o monopólio.
    Já que não chamam o Edgar de Mello Filho (esse sim é 2 em 1,ou melhor 3 em 1: narra mais que o Galvão, conhece toneladas mais que o Reginaldo Leme e acelerava muito mais que o Burti), tragam pelo menos o Sérgio Maurício, se possível, com o Lito Cavalcânti), afinal ele é da casa e é fera. Vejam na coluna do Bueno, mais comentário do greyhound. Abraços.

  3. LEO OMENA disse:

    Acho que desta vez o Rubens não acertou o carro de proposito, para o Button não ganhar mais uma na Inglaterra. A Brawn não andou nada no fim de semana todo.
    FORÇA RUBENS

  4. An∂ré disse:

    “André, é claro que o Button não chegou tão longe do Rubens: o carro da Brawn, mesmo que mal acertado, não fica além do 5, 6 lugar no grid pois é um carro muito bem projetado.” (Vini)

    O que você acabou de dizer é coerente com as afirmações de que o Barrichello só consegue bons resultados quando carro é bom. Os contra-argumentos às suas demais afirmações eu já deixei nos posts anteriores. Cabe a cada um entender devidamente o que está escrito.

    Agora, eu só peço que me poupem de comentários como “Se vc acha que conhece tanto de carro, preste atenção à corrida…” Acho que o público deste blog é composto maioritariamente por pessoas de respeito, que tanto dão o direito a cada um de opinar, como não enveredam a confrontos pessoais julgando o que cada um sabe ou deixa de saber, coisa que você, prezado colega, não sabe de mim.

    Se quiser continuar debatendo o assunto comigo, peço que antes de me responder novamente, releia o que eu escrevi, e conteste cada ponto que eu levantei com argumentos que derrubem o meu ponto de vista. O resumo do que eu disse é o seguinte: mesmo com dificuldades com o carro e mesmo com a má largada, o Button terminou a prova a poucos segundos do Barrichello, o que pela minha lógica quer dizer que o inglês tirou mais sangue de pedra, por assim dizer, do que o Rubens. Acho que essa lógica é quase matemática. É evidente.

    Podemos discutir à vontade, contanto que seja sobre Fórmula 1 e não sobre o que eu sei ou deixo de saber.

  5. Na Atividade: GP da Inglaterra morninho e Fernando lá atrás :S http://bit.ly/GIjfu

  6. Maurobala disse:

    como tem gente que manja pouco de corrida !!!
    o Capelli tem que ter muita paciência ….
    um piloto tem um mal resultado, e já se torna um M….
    o ‘gênio’ HAMILTON anda numa ‘carroça’ , e já virou um Bos..
    ontem na transmissão online , perguntaram se o carro Vettel poderia quebrar???
    ORA BOLAS , pode quebrar até a unha do pé dele, santo cristo !!!
    aliás, até a sapitilha do Vettel descolou ….
    em corridas tudo, mas tudo mesmo pode acontecer, isso é normal !!!
    aí as RBRs voam na pista , metem uma naba em todos concorrentes …
    e quem é o culpado por ter perdido???? Sr. Barrichello ????
    ‘façaomeufavor’ , ‘pelamordedeus’, vão analisar um pouco mais o que é automobilismo ….
    não confundam F1 , com simulador de PC …
    nem se o cara é ruim ou bom num corrida apenas …
    se fosse assim o que diríamos do ALONSO ontem ??

    tem muita gente escrevendo e pouco gente vendo e entendendo de corridas…
    até a próxima

  7. Raul Pasqualin disse:

    Capelli,
    Obrigado pela oportunidade de podermos escrever nossas opiniões.
    O problema que eu vejo, é que para a grande maioria dos que gostam e acompanham a F1, o Rubinho ainda tem de provar que ele vale alguma coisa. Um verdadeiro pecado.
    Se não bastassem os resultados na Ferrari, o reconhecimento de pessoas como o Stewart e o próprio Ross Brawn, toda sua historia vitoriosa e ainda toda a experiência acumulada na F1, todas essas pessoas que desmerecem o Rubinho deveriam observar detalhes como a velocidade dele (Speed Trap) em Silverstone ser uma das mais baixas.
    Tá guiando o fino e ainda com a faca nos dentes o tempo todo.
    Se o Rubinho não acerta o carro, o Button não teria feito pelo menos umas 2 poles neste ano.
    E tem mais, o Vettel larga na frente do Button e erra curva. O Vettel larga na frente do Rubinho e guia como um relógio suíço. Tem sim um componente de sorte e azar, mas todos fiquem muito tranqüilos que essa historia vai mudar.
    Parabéns Rubinho

  8. Pinheirinho disse:

    Red Bull Realmente dá asas.
    Os dois pilotos da equipe, Vettel e Webber, chegaram à frente no GP da Inglaterra, realizado ontem.
    Barrichello comemora posição.
    Na segunda parte da corrida, Vettel recebeu orientação da equipe para reduzir a euforia para evitar problemas com o tráfego. Vettel de ponta a ponta.
    Pinheirinho é divulgador cultural é maranhense, a partir de Brasília. – E-mail: [email protected]

  9. Rodrigo disse:

    Olá, bom dia! bom esse ano não espero mais nada, quem poderia ser campeão esse ano era o falecido Rubinho Barrichello que anda mau até da coluna já, com a idade chegando, com o azar todo que ele fala que tem? é melhor aposentar antes que se acidente na pista!! vai ser ruim assim lá no fim do mundo… Ainda bem que ano que vem esta vindo eu acho umas das maiores renovações na f1, Véio moslley vai sair, tião Bourdais,Kovalainen, Nakajima,Fisichella, Sutil, ( Piquet), e, também o Tião Boemi. E se Deus quiser um filho de deus para aposentar o Barrichello. Concorda o Capelli?

  10. Vini disse:

    André, é claro que o Button não chegou tão longe do Rubens: o carro da Brawn, mesmo que mal acertado, não fica além do 5, 6 lugar no grid pois é um carro muito bem projetado. Se vc acha que conhece tanto de carro, preste atenção à corrida. O Button apenas ultrapassou o Massa (com o tanque lotado de combustível) e depois não avançou mais durante toda a prova. Apenas nas paradas que ganhou as posições. Como que o Rubens conseguiria segurar um carro que andava 1,2s mais rápido por volta?? Milagre foi colocar o carro entre as RBR… e desde quando o Rubens precisa de carro perfeito p/ correr? Desde quando o carro da Stewart era perfeito?

  11. An∂ré disse:

    “Não é o Barrichello que não sabe frear, mas a Brawn que não apresentou um freio ao estilo dele. Ele já tem esse problema desde que foi para a Honda, não é novidade.” (Cranio)

    Sim, e a culpa é do carro… (sarcasmo) E você acha que do tempo que o Barrichello está na Honda/Brawn e da importância que ele tem no acerto do carro já não teriam construído um carro que satisfizesse melhor o estilo de pilotagem dele? Tanto quanto consta, o carro da Brawn foi feito de raiz e ambos os pilotos estão satisfeitos com o seu comportamento. E mesmo que o carro não estivesse 100% ao agrado dos pilotos, um bom piloto sabe se adaptar e tirar o melhor proveito do carro. O Barrichello não, ele precisa do carro perfeito ao estilo dele para ir bem nas provas. “Se liga” você, porque o que eu disse acima não foi mera opinião de mesa de boteco, foi baseada em declarações de quem conhece o Barrichello desde o tempo do kart. Se você estiver atento às sutilezas, às declarações daqui e dali e ao comportamento do Rubinho em pista, consoante o tipo de pista, vai perceber o que eu estou lhe dizendo tem lógica. Frenagem é um fator crítico para ser rápido, coisa que o Barrichello nunca foi.

    E Jonas, eu não estou minimizando a má largada do Button, apenas ressaltei que apesar disso, e apesar dos problemas com o carro, ele terminou a corrida muito próximo do Barrichello. Por isso não achei que o brasileiro foi superior. Não é só chegar à frente do outro que caracteriza quem foi melhor ou pior.

    Sejamos imparciais e frios nas nossas análises, é o que eu digo.

  12. Cláudio F-1 disse:

    Olá Capelli, tudo tranquilo!

    Como o blogueiro Luiz Carlos Silva já comentou anteriormente, você está de parabéns pela sua análise precisa do estilo de guiar do Barrica, quando o carro é excelente, ele se perde e toma um tremendo capote dos companheiros de equipe, já quando o carro está ruim, acontece justamente o contrário, o companheiro é que se perde e o Barrica é quem dá o capote, como aconteceu claramente neste GP de Silverstone com o Barrichello largando em 2º e terminando em 3º e o Button largando e finalizando a corrida em 6º, bem longe do pódio que ele sempre frequentou durante toda a temporada.

    A corrida em si foi um tédio só, excluindo algumas brigas interessantes no pelotão intermediário, sobretudo, aquelas que envolviam Alonso x Heidfeld e Alonso x Hamilton. Agora, uma coisa devemos reconhecer, definitivamente, automobilismo não é a praia do Cleber Machado, pois, esta foi uma das piores transmissões de F1 que eu já vi, com o narrador substituto errando mais e falando muito mais abobrinhas do que oficial, o Bonzão Bueno pode ser um bobão, mas pelo menos é do ramo e faz alguma idéia do que esta narrando, enquanto o Cléber parecia estar mais perdido que cachorro depois que cai de um caminhão de mudanças. Nunca pensei que diria isso, mas desta vez eu senti falta Galvão falando um monte de besteiras em série como se fosse uma matraca e trazendo um pouco de diversão para uma corrida que foi monótona quase que do princípio ao fim.

  13. Dayan disse:

    rubinho foi bem no final de semana e acredito que ele seja melhor que o jason,porem seja sem sorte ,tudo dá errado pro cara esse fim de semana não teve azar,Barrica acredito em vc.

  14. Adriano disse:

    Me parece que estão querendo colocar na F1 a máxima de que “OS ÚLTIMOS SERÃO OS PRIMEIROS”. Explico: O Massa largou na 11ª posição e seu companheiro na 9ª, mas como os pilotos que largam acima da 10ª posição não são obrigados a largar com o combustivel da classificação o Massa (assim como o Kimi) não ultrapassou niguém na pista (com excessão da largada) encheu o tanque, permaneceu mais tempo na pista na 1ª parte da prova. Resultado: chegou em 4º e o Kimi em 8º deu para entender???

  15. greyhound disse:

    Alguém duvida que Nelsinho é capaz de brigar de igual para igual com Hamilton ou Alonso ? Já mostrou na Alemanha ano passado e esse ano na Turquia e Inglaterra.
    A regra da MotoGP que obriga novatos a disputarem a primeira temporada em equipes satélites, cairia muito bem na F1. Pois Hamilton seria isso tudo mesmo ? Relembrem suas equipes nas categorias de base : Manor, ASM e ART todas de primeiríssima linha. Grandes pilotos mostram seu valor andando em carros ruins(Senna na Toleman e McLaren 93, Schumacher na Jordan, Vettel na Toro, Piquet de Ensign e até Webber e Alonso de Minardi. Essa, o Hamilton está devendo.

  16. Adilson Ventura disse:

    Bom , vamos lá:

    - Hoje. Button foi Button ? Button foi Barrichello ? Barrichello foi Button ? Barrichello foi Barrichello? RBR foi Ferrari/2002 ? Vettel foi Schumacão? Cleber Machado foi Galvão ? Dunga foi Felipão?

    - Barrichello enganou Button ? O barriga (ops barrica) deu o acerto errado pro britanico orelhudo ?

    - Massa enganou Kimi ? Uai.. kimi largou em nono, pulou para quinto, Massa em decimo primeiro, pulou para oitavo, caiu para nono.. e .. uai… apareceu em quarto ? … uai… ele estava 7 voltas mais pesado no primeiro trecho,.. uai..

    - Alonso pegou o acerto do Piquet ? Piquet pegou o acerto do Alonso?

    - Carro mais lento é desculpa? Desculpa é o carro mais lento ?

    - Barrichello é ruim por chegar em terceiro? Button é bom por chegar em sexto?

    - Massa não fez nada por largar em decimo primeiro e chegar em quarto? Kimi não pode fazer nada por largar em nono e chagar em oitavo ?

    - Por que o brasileiro já nasce gorando o prórprio brasileiro??

    - Por que o brasileiro já nasce odiando o Galvão Bueno ?

    - Parece até aquele experimento com comportamento de macacos: “Não sei porque, só sei que é assim..”

    até Nurburgring

  17. Como é que Massa provou que é melhor que Kimi se o que conseguiu nessa corrida foi sobretudo devido à estratégia de corrida?? Fez mais ultrapassagens? Não. Foi mais consistente? Não. Foi muito mais rápido? Não. O que se viu nessa corrida é que a Ferrari continua a fazer borrada atrás de borrada quando chega à estratégia de corrida e paragem nas boxes (super-lentas), coisa impensável nos tempo de Todt e Brawn.

  18. Marcelo Migliorini disse:

    realmente, sua teroria faz todo sentido…

    otima e fria analise

  19. DANILO, RECIFE/PE disse:

    Para mim, Massa ratificou que é melhor que o Kimi, como vem se desenhando desde 2008, sem falar que o Kimi só foi campeão em 2007 por um favor de Felipe, no GP do Brasil.

    Acho que se a Ferrari der uma melhoradinha que seja, Massa carimbará algumas vitórias na temporada.

    Rubinho eu não comento, porque já tentei torcer para ele umas mil vezes, mas ele não deixa…quase sempre lento, inventa desculpas que não acabam mais.

  20. Jonas disse:

    Engraçado que o pessoal evita falar da largada ruim (e performance) do Button. Quando o Barrichello larga mal, é um oceano de reclamações e zoações com o cara. Aliás, ninguém vai zoar o Button por usar “desculpa de barrichello” sobre assoalho de carro?! hahaha Falando normal (e com consciência), diante do desempenho AVASSALADOR da RBR e fraco da BRAWN no final de semana inteiro, não vejo nada de ridiculo o Barrichello achar que não passaria do terceiro lugar na qualificação (atrás das RBR, não dos outros). Tanto que o Webber reclamou de ter sido atrapalhado na volta que poderia pegar a segunda posição.

    Do mesmo jeito que a BRAWN cansou de sobrar (e ai ninguém ridiculariza uma Ferrari, uma mclaren, williams, RBR, Toyota… e seus pilotos), a RBR sobrou e não tinha pra ninguém… o Button poderia ser colocado para largar meia pista a frente que não conseguiria segurar as duas RBRs. Ponto para o Barrichello que conseguiu largar entre as duas, conseguiu ficar a frente do segundo carro boa parte da prova e conseguiu um podium. (que seu “ridiculamente superior” companheiro de equipe não conseguiu).

  21. Cranio disse:

    Ô André… Se liga rapá… Não é o Barrichello que não sabe frear, mas a Brawn que não apresentou um freio ao estilo dele. Ele já tem esse problema desde que foi para a Honda, não é novidade.

    As Red Bull sobraram nesta pista impossível de ultrapassagem. Mais um trenzinho, como na Hungria, Monaco, entre outros… Se tivessem largado mais atrás, não ganhariam… E o terceiro do Barrichello foi de muito bom tamanho.

  22. Szeliga disse:

    essa do acerto do carro errado para o button vai render assunto.. hehehe
    ele parecia nervoso mesmo…

  23. An∂ré disse:

    Aliás, o que eu disse agora há pouco me fez lembrar o que eu pensei noutro dia: o Barrichello talvez tivesse sucesso em categorias como a IndyCar ou a NASCAR. Ficam todos andando em círculos, ninguém precisa frear muito. Bom para o Barrica.

  24. An∂ré disse:

    “Capelli, estou enganado ou foi você que outro dia escreveu um post sobre “quando o melhor é pior” destacando o fato de que com um carro ruim Rubinho é melhor?! Se foi, parabéns! Eis a comprovação de sua tese.” (Luiz Carlos Silva)

    Discordo. Sou da opinião de que em Silverstone prevaleceram os seguintes fatos:

    - Experiência do Barrichello em acertar o carro em conjunto com a experiência dele nessa pista. O Button desta vez pode ter tido mais dificuldade em afinar o carro num circuito que não joga com os pontos fortes da Brawn.

    - O fato de Silverstone não ser sensível à frenagem, como disse recentemente alguém da Brawn, que é, segundo o que já vi ou li, um ponto fraco do Barrichello.

    Por isso não sou da opinião de que o Barrichello só se saiu melhor do que o companheiro de equipe por ter um carro ruim em mãos. Simplesmente acho que foi circunstancial. E reparem que mesmo assim o Button não terminou muito atrás do Barrichello. Não levando em consideração a má largada do inglês, durante a corrida teve melhores prestações que o Rubinho.

  25. Sidewinder disse:

    Será que o Rubens deu uma de Piquet (pai), e forneceu o set up errado p’ro Button? O cara gritava desesperado no rádio sobre a instabilidade do carro.

  26. Ricardo disse:

    Será que Button só anda se tiver carro bom?????

  27. Luiz G disse:

    Massa foi brilhante! Simplesmente brilhante!!

  28. Luiz G disse:

    Pô Capelli…..Há pouco tempo você escreveu um e-mail (brilhante, por sinal) no qual defendia que o Barrichello costuma oferecer melhores resultados com um carro mais nervoso…

    Se hoje o carro estava nervoso e, ele brigando com o carro, por que ele não ganhou? (Tá bom que ficou na frente do Button, mas não ganhou…)

    Porque ele é ruim!!!!!…Não ganha com o carro suave, nem com um carro nervoso…

    Se o carro dele estava nervoso, eu fico mais ainda de vê-lo sem ganhar Necas!!!

  29. Abreu disse:

    Prezado Capelli. O Reginaldo Leme citou no início da transmissão que a March,por sinal a escuderia que marcou sua carreira ( do Capelli ), teria sido campeã do mundo no passado. Procede a afirmação?

  30. Jobson disse:

    O pacote de medidas para aumentar as ultrapassagens nos carros de 2009 revela-se um fiasco quanto ao seu propósito. Troca de posições ainda sendo decidida nos boxes.
    Não se pode negar que alguns pilotos tentaram, mas, sem sucesso a ultrapassagem, como no caso de Fernando Alonso e Lewis Hamilton ambos presos atrás dos carros da BMW. Aliás, Alonso e Hamilton proporcionaram a melhor disputa da corrida duelando lado a lado nas curvas do circuito.

  31. Ótimos comentár ios!

    Quanto ao mau desempenho da Brawn, suspeito que tenha sido pontual. Silvertone é um circuito extremamente atípico em relação ao resto da temporada(Silverstone atípico… depois ninguém sabe por que o automobilismo mundial está em crise).

  32. Aderson disse:

    Eu acho que em materia de porcaria, ninguem supera a Ruinault.
    Vc vê Alonso tirando leite de pedra para entrar no Q3 mas o carro é tão sofrivel e penoso que fez o espanhol cair para 14°!?
    Por mais que o Alonso culpe o Heidfeild pelo prejuizo, se ele tivesse um carro competitivo conseguiria passar a BMW com certa facilidade. Mas nas curvas o carro destracionava e ficava inguiável.
    Eu fico reparando nas declarações do projetista Bob Bell da Renault e antes de cada GP ele diz que novas peças foram introduzidas. Nova asa dianteira e novo difusor. Mas olhando as fotos do carro em cada GP não se vê diferença nenhuma. São as mesmas peças introduzidas desde do GP do Bahrein.
    Tenho a impressão que a Renault fechou a torneira e não vai gastar mais nada.
    Vai investir o resto do dinheiro no fiasco, digo, carro do ano que vem.
    Alonso e Nelsinho vão guiar essa mesma cadeira eletrica até o fim do campeonato.
    Pro Alonso acho que nem importa, é só cumprir o resto do contrato que tem.
    Já deve ter seu lugar na Ferrari garantido para o ano que vem.
    Alias, neste GP da Inglaterra, ele presenteou o Nelsinho com um dos seus capacetes e ficou com um do Piquet. Até parece que já está arrumando as malas e dando adeus.

  33. Ridson disse:

    Opa Capelli e leitores do blog, tudo tranquilo?
    corrida monótona na frente e maluca, cheia de trens atrás. Mas atrás, não vale muita coisa, só p/ gente tentar se divertir com a falta de emoção dos líderes.
    E…
    Quem quiser conferir , comentar, fiquem à vontade.
    http://historiasevelocidade.blogspot.com/2009/06/analise-de-corrida-inglaterra-2009.html

  34. LIOMAR DE OLIVEIRA disse:

    Agora vai !!!!! Eu acredito no Barrica e ele começou a sua recuperação no campeonato com este fantástico 3º lugar (que aliás foi o que ele mesmo disse ontem após o treino que esperava e não o 2º…), agora ele vai colocar 25 PONTOS de vantagem em cima do Button, vai ganhar a próxima corrida de ponta a ponta e vai ser campeão mundial de 2009. Eu estou até fazendo uma lista das pessoas que também acreditam nisso junto comigo; já tenho as assinaturas da mula sem cabeça, de 3 políticos honestos, do boitatá, do ET, do saci pererê e do coelhinho da páscoa. Quem mais quiser entrar nessa lista…

  35. vitor disse:

    tem toda a razao o filipe…o kimi e o massa andaram spr ao mm nivel, o kimi na corrida andou primeiro em cima do nakajima, para dpx passar a andar nos calcanhares do trulli…e um circuito dificil de passar pk sao curvas mt rapidas cm deves saber, alias o proprio actaul deus da f1, jenson button disse k n conseguiu fazer mais pk n conseguia ultrapassar ninguem…o massa sendo o primeiro dos que podem partir pesado, c o kers ganhou posiçoes no arranque para dpx quando parou ganhou um numero de posiçoes a gente que estava mais rapido que ele, casos de button, rosberg por exemplo…foi uma boa corrida a de massa, mas tb beneficiada por esse mm motivo…na volta o melhor foi mm ter s enganado no q3…senao tb ia ter uma corrida c paragens normais e n ia a lado nenhum…
    incrivel foi dos poucos sitios onde da pra passar alguem, a pista ficou c destroços de dois f1′s e mais ninguem podia passar ali…devia ter havido SC…meia pista c destroços e n foi limpa…axo unico…

  36. KBK disse:

    - Destaque na largada para a Ferrari. Devem ter discutido melhor traçado, utilizando o concre-grama e conseguindo ótimo avanço. Nota 10.

    - Ótima corrida do Massa, estratégia certa. Quem largou pesado se deu bem em geral. Foi o melhor junto com Vettel (que não foi brilhante, mas fez o que precisava, inclusive melhor volta).

    - Williams (Rosberg) surpreendendo com carro leve, sua melhor volta foi melhor que a do Webber. Boa prova do alemão, Nakajima…

    - Disputa de Hamilton com Alonso foi como algumas loiras por ai, bunita mas sem importância.
    Em um momento a imagem de TV tinha: Kubica, Fisichella, Alonso e Hamilton. Em outros tempos seria briga por vitória, no caso era o 13 º lugar em jogo.

    - Impressionante Button gritando pelo rádio. Más línguas dizendo que dessa vez ele não copiou o Barrica.
    Impresionante també o Reginaldo achando que o webber seria 1 segundo mais lento que Vettel mesmo se não tivesse o Rubinho ali.

    -Brawn. Se tomar o Barrichello como parâmetro, pouco mudou. Ainda superiores a Ferrari, Toyota, Williams e cia. Button que teve um fim de semana ruim e Barrichello não foi tão bem. A RBR sim evoluiu.

  37. Filipe disse:

    Não sei se apagada é a palavra exata para descrever a prova do Kimi. Ele largou bem seguiu em quinto e sumiu depois do primeiro pit, menciono isso não para defender o Kimi, mas para apontar que o erro do Massa no treino que lhe custou o Q3 foi um dos seus grandes aliados na prova de hoje. Todos os carros leves do Q3 (Nakajima, Alonso, Kimi) perderam muito terreno após as primeiros pits, por mais combativo que o Massa se mostrasse no caso provavel da Ferrari coloca-lo num peso similar ao do Kimi perderia espaço após as primeiras paradas e acho que no máximo recuperaria a posição que perdera para o Trulli.

  38. Sidewinder disse:

    E mais um alemão queixudo para andar na frente do piloto tupiniquim.

  39. Luiz Carlos Silva disse:

    Capelli, estou enganado ou foi você que outro dia escreveu um post sobre “quando o melhor é pior” destacando o fato de que com um carro ruim Rubinho é melhor?!

    Se foi, parabéns! Eis a comprovação de sua tese.

  40. Se Brawn andou para trás então as outras equipes nem chegaram ao circuito!?!?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>