MENU

12 de julho de 2009 - 11:22Análises

Rapidinhas: GP da Alemanha

Foto: Mark Thompson/Getty Images/Divulgação Red Bull

Foto: Mark Thompson/Getty Images/Divulgação Red Bull

– E deu canguru em Nürburgring! Mark Webber soube aproveitar a superioridade da Red Bull e venceu o GP da Alemanha com alguma facilidade, mesmo tendo sofrido uma punição de drive-through. Foi sua primeira vitória na Fórmula 1.

– Inacreditável o que aconteceu na largada. Webber quase atirou tudo pela janela ao jogar seu Red Bull sobre a Brawn de Rubens Barrichello. Por muito pouco um acidente grave não aconteceu e a direção de prova tomou a decisão acertada de puni-lo. Tal agressividade não é comum no piloto australiano, o que leva a crer em uma manobra mal calculada. Não pareceu algo deliberado ou mal intencionado.

– Felizmente, para Webber, a punição não fez diferença alguma no resultado final da prova. Muito mais equilibrada, a Red Bull dominou a corrida como quis, fazendo dobradinha com Sebastian Vettel em segundo. A Brawn viu como única alternativa de vitória arriscar largar leve e fazer uma parada a mais de box, mas mesmo assim, não teve a mínima chance.

– Rubens Barrichello saltou à frente na largada e parecia que poderia vencer, até ficar claro que sua estratégia era de três paradas. Brigaria pelo pódio, mas teve tudo perdido quando a máquina de reabastecimento falhou. A partir daí, seria quinto, mas foi “sacrificado” na última parada para que Jenson Button ganhasse a posição. Terminou em sexto.

– Não há, no entanto, motivos para críticas. Button lidera o campeonato, a Brawn não tem sido mais páreo para a Red Bull e a política da equipe daqui pra frente certamente será a de evitar a todo custo que Webber ou Vettel consigam ultrapassar o piloto inglês. Quando não se consegue mais vencer e o adversário está sobrando no campeonato, a escolha óbvia é cuidar de cada ponto com muita atenção. O ponto a mais que Button conseguiu hoje pode fazer muita diferença em novembro, em Abu Dhabi.

– Destaque para a excelente corrida de Felipe Massa, que conseguiu seu primeiro pódio na temporada. Largou bem, segurou bem Sebastian Vettel e depois impediu qualquer tentativa de ultrapassagem de Barrichello, que retornou de seu primeiro pit stop logo atrás. Manteve um ritmo consistente de prova e poderia até ter conquistado um resultado melhor caso não tivesse perdido a posição para Vettel na primeira parada. A Ferrari evolui a olhos vistos, mesmo com os constantes erros que comete.

– Kimi Raikkonen é que não tem tantos motivos para alegria, já que abandonou no começo com problemas mecânicos.

– Nico Rosberg foi outro grande nome da corrida, ganhando 11 posições com relação à largada para chegar em quarto lugar. Foi sua melhor prova em muito tempo, conseguindo colocar sua Williams à frente das duas Brawn.

– Fernando Alonso, mesmo fazendo a bobagem de rodar na volta de apresentação, foi impressionante na corrida. Andou rápido e conseguiu inclusive marcar a melhor volta da prova, terminando em sétimo lugar, na cola das Brawn de Button e Barrichello. Nelsinho Piquet largou mal, perdeu cinco posições na primeira volta e, dali para frente, não se recuperou. Terminou apenas em 13º aquela que pode ter sido sua última corrida pela Renault.

– Adrian Sutil, o inconsequente veloz, perdeu uma grande chance de pontuar com a Force India. Largou numa ótima posição, manteve-se sempre na zona de pontos e brigava pela sétima posição na saída dos boxes quando envolveu-se em um toque desnecessário com Kimi Raikkonen. Forçou a barra, perdeu a asa dianteira e uma chance de ouro. Mas Fisichella fez as honras da casa, chegando uma honrosa 11ª posição.

– A McLaren finalmente volta a pontuar, com o oitavo lugar de Heikki Kovalainen. Lewis Hamilton, no entanto, foi novamente decepcionante. Teve uma arrancada sensacional na largada, saltou de quinto para brigar pela ponta na primeira curva, mas exagerou, saiu da pista e furou o pneu. Caiu para último e não teve qualquer chance de recuperação, com problemas de câmbio.

– Saído de último, Timo Glock fez uma boa corrida, chegando em nono. Seu companheiro Trulli, em compensação, foi penúltimo. O que até é impressionante, já que ninguém o viu na pista.

– BMW mais uma vez sem marcar pontos, é a equipe-mico do ano. Pobres Kubica e Heidfeld…

– No Mundial de Pilotos, a chapa esquentou. A dupla da Red Bull ultrapassou Barrichello, que caiu para o quarto lugar. Button continua líder, mas sua diferença para Vettel, que já foi de 32 pontos, foi reduzida a 21 em apenas duas provas.

– Webber está no encalço, a apenas um ponto e meio de Vettel, mesma distância que tem para Barrichello.

– Surpreendente a reação da Red Bull. Nürburgring confirmou o domínio de Silverstone, dando uma nova cara para o campeonato. Resta ver como será na Hungria, onde tradicionalmente faz muito calor. Se, mesmo nessas condições, a equipe austríaca continuar dominando, a Brawn estará em séria encrenca.

– Mesmo no Mundial de Construtores a Brawn começa a ser ameaçada. Agora tem 112 pontos, contra 92,5 da Red Bull. O que parecia inatingível agora começa a ser possível.

– O campeonato está mesmo aberto? Faça suas apostas.

Resultado do GP da Alemanha 2009

Comentários do Facebook

comentários

41 comentários

  1. Sanders disse:

    Na minha opinião é uma baita falta de respeito por parte do Ross Brawn por um piloto que é sem sombra de dúvida um ds principais responsáveis pelo estágio atual da Brawn GP. Digo isso porque ouví dizer no início da temporada que o Barrichello receberia um salário reelativamente baixo pros padrões da F1, euma bonificação por ponto conquistado. O Button tbm teve o salário reduzido, mas o caso do Barrichello foi quase vexatório. O Barrichello sabe tudo de set up e é um piloto equivalente ao Button. Está em quarto no campeonato apenas porque seu carro apresenta vários problemas durante a maioria das corrídas(câmbio, anti-stall, embreagem, freio), o que não acontece com o Button. Outro fato que sempre ocorre com o Barrichello são os erros de box. Como o Barrichello as vezes deixa seu ímpeto aflorar nas declarações pós corrídas, é bem provável que ele não continue na equipe em 2010 e Ross Brawn tenha que procurar outro piloto experiênte. Me pergunto apenas porque Ross Brawn não demitiu o Barrichello após as fortes declarações do brasileiro após o GP da Alemanha.Será que o Button não têm capacidade para continuar o desenvolvimento da Brawn GP? Será? Se for o caso, acho que o Barrichello está pagando um preço muito alto para seguir na F1. Se ele está sendo humilhado, na minha opinião é porque quer.

  2. EnioWare disse:

    “Tal agressividade não é comum no piloto australiano”…

    Me poupe… O farsante do Webber é agressivo e muito.

  3. Rodrigo disse:

    Ato falho Capelli: o ótimo blog F1 Around registra a verdade com Hamilton…

  4. […] frenagem e tangência da curva. Galvão apressou-se em culpar Hamilton “pela besteira” e nem o super competente Ivan Capelli — do blog do Capelli — escapou do brilhante “achismo” de Galvão em seu post […]

  5. Alan McLaren disse:

    Kimi x Sutil. Ainda vai dar casamento!!! Já não bastou se atracarem em Mônaco…

    Sobre McLaren, Hamilton e criticas ao Kova, não tenho mais nada a dizer.

  6. Becken disse:

    Capelli,

    O Hamilton não fez besteira nehuma. O Webber furou o pneu do Hamilton na reta, logo depios de tocar no Barrichello…

    Ele só saiu da pista por que tava com o pneu fá furado no fim da reta:

    http://premium.f1-live.com/f1/photos-hires/2009/gpnurburgring/diapo_325.jpg

  7. Jorge H disse:

    WilliamP… ele não furou o pneu! Foi furado pelo Webber… e por causa desse toque que lhe furou o pneu é que ele saiu largo na curva. Mas será que nao chegaram as repetições para as pessoas verem?

    Cappeli, se vc acha besteira o que ele vem fazendo esta época, nem vale mais a pena discutir!

    Está época com um carro verdadeiramente mau, a época nem começou mal de todo…uns pontos aqui e outros acolá… mas eis que depois da 3 ou 4 corrida, o mclaren estancou e outros evoluiram… agora este fds parece que a mclaren teve novas e boas evoluções.

    Achar besteira o arranque deste fim de semana é no minimo curioso, tendo em conta que quem provoca o toque e o respectivo furo é o Webber (que ja antes tinha pregado uma marretada no Burrinho Barrichelo).

    Mas pronto, acho que vc deve continuar puxar pela Ferrari porque eles precisam…

    Quanto ao incidente entre o Sutil e o Kimi é outro disparate do Finlandês (e olha que eu até gosto dele…). Ele só fez aquilo porque sabe que passa impune. O Sutil recebe bandeiras azuis como é normal quando circula na via de aceleração das boxes, mas ele nao tem de parar pra deixar o kimi passar. E a verdade é que o sutil sai da via das boxes claramente à frente do Kimi, e na trajectoria correcta. O kimi força a passagem por fora. Ele tem de saber que ao forçar a passagem naquele ponto é um risco porque o Force-india vem pesado e com os pneus em aquecimento, e vai alargar a trajectoria. Fosse o kimi um tipo inteligente e fazia a “tesoura” entrando por fora e saindo por dentro… era facil. Mas ele gosta de complicar!

  8. Alan McLaren disse:

    Volto a insistir, o Kova marcou pontos, marcou. Mas não é de hoje que fica devendo. Se ele abandonasse menos, esse período sem pontuar poderia ser menor.

    E mais, O WEBBER TOCOU O HAMILTON! O pneu furado foi o traseiro-direito, se fosse pra furar ao acaso, a chance do traseiro-esquerdo era muito maior, pq a curva era pra direita. O Webber saiu a la Need For Speed atacando o Barrichello e qdo voltou triscou o pneu do Hamilton. É só ver o replay, agora tem gente que prefere ir na do Galvão que fala que o bico da zebra furou o pneu do cara. Aliás, só ingênuo pra aceitar teorias de um cara que diz que a “bola ganha velocidade na grama molhada!”…

    WilliamP, pra mim piada é um vice-campeão do mundo não saber andar na chuva, rodar 5 vezes em Silverstone…

  9. WilliamP disse:

    Engraçado foi o Hamilton que apertou o Kers pulo la na frente parecia que ele ia para ponta e eis que derepente !!!! ele nao consegue fazer a curva e fura o pneu dele , kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk que campeão do mundo é esse ein . Uma piada !!

  10. Alan McLaren disse:

    Exagerou, Capelli. O Hamilton fez um qualifying mto bom, 3 décimos do pole, foi tocado na largada pelo Webber que foi pra primeira curva como quem joga Need For Speed e teve o pneu furado. Se é pra criticar, CRITICA O KOVALIXO!!! 2 anos de McLaren já e o cara anda igual a uma Force India. Esse ano teria desculpa se não fosse o fato de que no ano passado com um carrão ele tbm era uma lerdeza.

    Agora, sobre chamar o Hamilton de covarde, acho que falta um pouco menos de hipocrisia nisso. Todos devem saber que nesse ano, existe um limite de vezes que o piloto pode trocar de cambio e motor. Se eu não me engano são seis, ou nove, n lembro bem. Mas o fato é que estando a 1 volta do ultimo colocado, ficar andando na pista era útil pra equipe pq cada km esse ano conta mto, pela proibição dos testes, mas também corre o risco de quebrar o cambio ou motor de forma desnecessária. Faz muito sentido a sugestão dele. A equipe decidiu usar o restante da corrida como um teste. Blz, foi decisão deles, mas tbm se quebra o cambio ou o motor, ia ter gente falando “Bem que o Hamilton avisou, bla, bla, bla”.

    E mais, se fosse o Massa que tivesse dito pra Ferrari que deviam poupar o motor e cambio, iam dizer que ele é responsável, pensa no restante do campeonato, etc.

    O nosso narrador msm, adora por lenha na fogueira, vive imaculando a Ferrari, mas é só os caras cometerem um errinho e pimba, vem ele esculachando os caras. É isso, a Globo onde quer que esteja(f1, futebol, novela, etc.), consegue ser uma grande MANIPULADORA de opinião!

    • Capelli disse:

      Kovalainen marcou pontos… se não fosse ele, pela primeira vez na história a McLaren ficaria cinco corridas seguidas sem pontuar.

      Lewis é bom, mas está muito ansioso e fazendo uma besteira atrás da outra.

  11. Luiz G disse:

    Eu faria papel de palhaço se fosse bem pago pra isso……Mas não creio que a F1 deva oferecer este papel aos pilotos.

    Berger, Patrese e até Rosberg (pai), tiveram de fazer papel de segundo piloto em suas carreiras….mas não foram tão subjugados e “traídos” pela equipe como Brawn faz com Barrichello….

    Como eu disse, Uma coisa é ser segundo piloto, a outra é fazer papel de palhaço e não acho que Barrica queira isso….tanto que ele fica P…da vida.

  12. anão disse:

    Se ele faz papel de palhaço, faz porque quer. OU voce faria papel de palhaço onde voce trabalha só porque alguem te “obrigou”?

  13. KBK disse:

    O Raikkonen fez o traçado normal, uma ultrapassagem por fora.
    O piloto que sai do box pode usar toda pista, quando não tem ninguém por fora….
    Raikkonen perdeu defletor direito, ou seja, foi prejudicado pelo Sutil.

  14. Luiz G disse:

    Gil de Ferran, concordo com algun de seus pontos de vista, mas não com todos.

    Pra começar, como se sabe, a F1 não é um esporte.

    …justamente porque um esporte se define por uma competição amistosa na qual todos atletas tem iguais condições de vencer e superar uns aos outros.

    A F1 é um laboratório de carros e a vitória é adquirida com base no desenvolvimento tecnológico.

    Eu sou louco por F1, mas não vou chamar isso de esporte.

    ……………………

    Mas eu concordo com você que é melhor torcer pelo Vettel do que pelo Button…a políticagem do Ross Brawn chega a ser desumana.

    Não se pode esperar que um piloto invista seus esforços (mesmo que seja pago pra isso) para desenvolver um carro e correr a 300 km/h pra fazer o papel de palhaço que ele obriga o Rubens a fazer.

    Em termos de F1, não há dinheiro que pague isso.

  15. Marcos disse:

    Quem está saindo dos pits tem que dar a preferência à quem está na pista. Sempre. Não podem culpar o Raikkonen pela burrice do Sutil desa vez;

  16. Arthur Simões disse:

    É verdade,o Raikkonen de novo esteve no caminho do Sutil.
    O própio alemão falou que não houve um culpado,mas eu achei que a culpa foi do finalndês,tanto que o incidente esteve sob investigação mas não ocorreu nada no final.
    Será que o Kimi seria punido,mas como abandonou não colocaram nada??

    Após o acidente,fui reparar em como os pilotos que saem do box contornam a curva 1,para ver se o Sutil realmente deu uma espalhada.
    E percebi que todos fazem a curva da mesma forma que o alemão fez,logo,acho que não houve uma “espalhada proposital de Sutil”,o Raikkonen foi quem forçou a barra.
    Mas o própio Adrian Sutil falou,que não Kimi não teve culpa,acho que quem sofreu o acidente pode tirar conclusões melhores que ninguém.hehehehe

    Sobre a Brawn e o episódio com Barrichello.Penso que logo o todo poderoso e rei da estratégia,Ross Brawn,vem falhando…
    Não é a primeira vez que Rubens fica em situação desfavorável por causa do número de paradas que vai fazer.
    O própio companheiro de equipe do brasileiro(Button) já o ultrapassou mudando de estratégia no meio da corrida(Espanha).

    Fica a pergunta.Por que Ross Brawn ou(e) o engenheiro de Barrichello não usaram da mesma estratégia(colocar gasolina para duas paradas no segundo pit e acelerar a primeira parada para não perder tempo atrás de outros pilotos no segundo stint)?????

    Seria apenas um erro de estratégia ou é tudo proposital para que Button fique na frente de Rubens e o “jogo de equipe”seja feito(prefiro acreditar que essa hipótese seja improvável)?????

    (OFF Topic)-É incrivel como os comentários mais impertinentes e infelizes vem sempre dos “anonimos”.

  17. Jorge H disse:

    Quanto ao resto da corrida, confesso que nao tive muito atento… calhou na hora de almoço e nao deu pra muito.

    As lutas da frente provaram mais uma vez que o problema das ultrapassagens se mantém… e que o KERS não serve mesmo, nesta modalidade em que só 4 carros o possuem. Assim, observámos um Kovalainen super lutador e a travar claramente 3 ou 4 carros atrás dele graças ao KERS que lhe permitiu ir defendendo.

    Assim é mau… contudo, nao deixa de ser um prémio para quem acabou por desenvolver um produto bastante bom. O KERS da McLaren parece coisa boa… mas assim é mau… ou tinham todos ou nenhum tinha… a Force India supostamente iria andar com KERS McLaren após meio da temporada… será que chegam a experimentar?…

    Boa nota para a dobradinha da Red Bull… pra desanuviar dos 2 brawns :)

  18. Jorge H disse:

    O Capelli não deverá ter visto bem o GP deste fim de semana… Dizer que o Hamilton foi decepcionante é um bocado curioso.. O Hamilton nao teve a sorte do lado dele. Fez uma largada sensacional com o material que possui e só teve o azar de levar um toque do Webber, que provocou um furo na roda de trás do lado direito. Foi esse toque e o respectivo furo que prococaram a saida larga na primeira curva, uma volta inteira sem pneu até à box, paragem na primeira volta e danos na traseira que influenciaram claramente o seu andamento até ao final.

    Quanto ao comentário do Filipe sobre a covardia do hamilton em querer poupar o motor e a caixa de velocidades (eventualmente abandonando), eu so tenho a dizer o seguinte: se de facto são reais os danos provocados pelo toque e pela vollta inteira sem pneu, esses danos são perfeitamente susceptíveis de danificar outros componentes no carro. Assim, poupando o material, este estará em boas condições na proxima prova. Não poupando, pode ser crítico.

    Se estiverem atentos, existem mtos abandonos que são de questionar… Já o Hamilton, desde o inicio da temporada que tem tido provas verdadeiramente sofríveis na cauda do pelotão e nao é por isso que desiste… luta de inicio ao fim.

    Agora, ao que parece a McLaren, disponibilizou ao Hamilton aquilo que será uma versão B do MP4-24… no site deles aparece como MP4-24-04. Deixou definitivamente boas indiccações no qualifying… a corrida acabou por nao dar pa confirmar nada.. espero (sou fan da McLaren ) mesmo que seja um ponto de viragem e que os carros de woking voltem a ser competitivos.

  19. Gil de Ferran disse:

    Desculpe, mas para mim, um desportista, justo é todos em igualdade de condições. Se for no último GP do ano, como em 2007, é compreensível. Justo não é. A meu ver, claro.

    Se a Red Bull mandasse o Webber entregar a vitória iam cair matando. Mas quando é contra o Rubinho, criticam somente ele, como se fosse uma opção. Não me recordo o nome do piloto que certa vez não acatou uma ordem da equipe e nunca mais correu na F-1. Massa passou por algo semelhante na Sauber, quando não cedeu lugar ao Heidfeld. Não tivesse um empresário como Nicholas Todt, talvez tivesse idêntico fim.

    Eu me recuso a vencer com quaisquer privilégios, mas há aqueles que fazem de tudo para vencer, até mesmo em um jogo amistoso. Melhor ser segundo fazendo o melhor de forma honesta que vencer roubado. É o que acho.

  20. Anonimo disse:

    O que aconteceu foi no INICIO DA CORRIDA. Se ele fosse ao menos um pouco mais agressivo teria passado, até as Force Indians fizeram ultrapassagens na corrida, o Barriquelo não.

    Sério que só você se ofendeu com a declaração do Button? E priviliegiar o primeiro piloto é algo muito normal na f1, e justa, agora que eles correm sérios riscos de perder o campeonato se andarem assim o resto do ano.

  21. Gil de Ferran disse:

    Anônimo, porque existe algo chamado KERS, o qual dificulta sobremaneira as ultrapassagens para aqueles que não o possuem. Do sofá é sempre fácil e todo mundo fica macho…

    Partindo da premissa do Ross Brawn (“Rubens não foi rápido o suficiente, já que só fez a 11ª volta mais rápida da corrida”), Alonso deveria ter ganho a corrida, com Trulli (alguém viu esse?) em 2º. Tenha dó! A melhora da pista no final foi mais do que evidente, de modo que, naquela altura, Rubinho não tinha como nem porque ser rápido. Voltar atrás do Massa matou a corrida do Barrichello.

    Depois da declaração do Button (“Sou o melhor piloto da história da F-1”), a guarfada em Barcelona, a tática (covarde) de privilegiar 1 piloto, vou torcer por Vettel ou até Webber (com o qual nunca simpatizei), pois a (e o) Brawn não merecem quaisquer dos títulos.

  22. Anonimo disse:

    E o Barriquello mostra toda a sua capacidade de culpar os outros pela derrota. Se ele é tão bom assim como ele prega, porque não passou o Massa na pista?

  23. PAULO SANTOS/RJ disse:

    Essa corrida confirmou o que já era visível até agora: A RedBull está andando para frente, e a Brawn para trás. E como a Brawn tem errado com o Barrichello! Entra corrida, sai corrida e não acontecem erros para o Button. Só não vê quem não quer ver. E o Massa mais uma vez prejudicado (mas nem tanto) pela equipe. Perdeu alguns milésimos de segundos, mas não acho que iria conseguir algo melhor do que o terceiro lugar. É a segunda corrida consecutiva que o Massa Larga lá trás e chega lá na frente. Parece que o Kimi está se despedindo da F1.

    O Alonso parece que só começa a correr no final das corridas. O Bourdais já se despediu de forma melancólica. Não acho que o Piquet Jr. irá sair ainda. Ele não tem culpa da Renault entregar um carro melhor pro Alonso. Ele tá tentando fazer o que pode com a carroça dele.

    Abraço a todos.

  24. Sérgio disse:

    É impressionante a forma como o Brawn GP simula os tempos de volta para as hipóteses de 2 ou 3 paradas: ignoram por completo que há outros carros na pista. Mais uma vez o Barrica ficou preso atrás de alguém e…. também mais uma vez, poderiam ter mudado a estratégia no meio da corrida, mas não o fizeram. Desse jeito, merecem perder o campeonato.

  25. Luiz G disse:

    Mantenho a crença de que, para vermos uma vitória Brasileira neste ano, é melhor contar com o Massa do que com Barrichello….

  26. KBK disse:

    Coitado do Sutil, sempre que está brigando por pontos aparece o Raikkonen no meio do caminho, mas dessa vez foi culpa dele mesmo.

    Mas Capelli, o tempo que o Rubinho perdeu no box nem se compara com o tempo que ele perdeu atrás do Massa…

    Vettel andou bem menos do que o esperado…e de onde que o Alonso tirou aquele rítmo no fim da corrida? 1:33.3 ? PQP!

    Ponto decisivo da prova foram os pneus com certeza.

  27. Luiz G disse:

    Button deu uma entrevista dizendo que achou “boa a vitória de Webber, pois agora ele também luta pelo título e a disputa interna da Red Bull será benéfica pra ele”.

    Ou seja, Button tem 100% de certeza que Barrichello não disputa o título!

    Que patético…

  28. Edvaldo disse:

    Em Suzuka 2005 ele apertou Alonso de tal forma na reta que o espanhol teve que colocar a roda na grama pra passar.
    Webber SEMPRE foi piloto de manobras extremas assim.

  29. Geraldo disse:

    Babaca, eh a unica palavra que me vem a cabeca para definir o Pe de Chinelo

  30. Daniel, digo, Danilo disse:

    Capelli, não concordo que essa agressividade mostrada na largada não é comum em Mark Webber. Como exemplo eu dou a manobra que ele teve em Fuji no ano passado quando o Massa o ultrapassou na reta principal.
    Por pouco não houve um acidente grave quando o Webber espremeu o Massa junto ao muro dos boxes, colocando as rodas do seu Red Bull entre as rodas da Ferrari…
    Abração.

  31. Capelli disse:

    Ah sim, pitacos sobre a corrida aqui: http://migre.me/3xXL . Não vou ficar floodando o twitter alheio.

  32. Edvaldo disse:

    O que eu acho mais chato mesmo é Button usar Barrichello como referência pra tudo o que faz.

    Ter um piloto experiente pra seguir é fácil. Agora eu queria é ver ele perguntando ao engenheiro as decisões que o Sato toma, pra ver se fazia igual.

    Se Button for campeão Barrichello terá um crédito considerável na conquista. E se Barrichello sair da F1 como é provável, duvido que Button se coloque em posição de defender seu título em 2010.

  33. Arquimedes disse:

    Ficou evidente a farsa no reabastecimento do Barrica.
    O frentista foi um ator seguindo o roteiro escrito por Ross Brawn.
    A primeira mangueira não tinha problema. Foi encenação para justificar a perda de 5 segundos por Barrichello e assim fazer com que Button encostasse na pista.
    Só resta saber se o Barrica faz parte da trupe.

  34. Fabio disse:

    E pior que a Brawn ter perdido o fôlego, é o Button sem aparente capacidade de reação. Nisso lembra um pouco o compatriota dele, o Hamilton. Com carro bom, anda na frente. Se alguma coisinha dá errado, se perde na corrida.

    E o Hamilton, hein? Falar pelo rádio “we must save the gearbox and engine” é atestado de covardia. Nunca vi isso na minha vida, piloto pedir pra recolher o carro.

  35. Epson Araújo disse:

    A Brawn com certeza te preferencia para o Button, mas a Brawn nao pode fazer isso com o Rubens na estrategia de 3 paradas,se Barrichello nao serve para vencer pelo menos serve para marcar pontos para a Brawn,gostei o desempenho do Felipe, a Force India deve odiar bastante o Raikonen porque ja tirou o terceiro lugar do Sutil no ano passado em Monaco e agora tirou a grande chace dele pontuar.Vamos Force India voces conseguem, estou torcendo

  36. Luís Morais disse:

    Capelli, o Webber tem outro ‘record’ agora, que antes era do Barrichello: o piloto que mais demorou pra vencer com 130 corridas.

    Piadas rolam falando que até nisso o Barrichello é vice…

  37. Lucius disse:

    O pior para o Barrichello foi ficar várias voltas sem conseguir passar o Massa.

  38. Edvaldo disse:

    Você concorda com Galvão Bueno em culpar a Ferrari mais uma vez por um mínimo problema na roda? Isso acontece com todo mundo algum dia, mas o narrador fala como se fosse um novo episódio da mangueira.
    Massa saiu bem mais atrás de Vettel na pista do que a perda na colocação da roda. Mas ele tem que vender emoções, como gosta de dizer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *