MENU

26 de julho de 2009 - 11:46Análises

Rapidinhas – GP da Hungria

Foto: Reprodução/Adrivo.com

Foto: Reprodução/Adrivo.com

- Como de hábito, mais uma procissão sonorífera em Hungaroring. Numa das corridas mais monótonas da temporada, vitória surpreendente de Lewis Hamilton.

- A McLaren confirmou que o desempenho dos treinos livres não era blefe. Hamilton largou bem, manteve um ritmo consistente em toda a prova e certamente teria vencido, mesmo que seus adversários mais diretos não tivessem enfrentado problemas.

- E, se a vitória já era possível, tais problemas a deixaram ainda mais fácil, ajudando a dar o tom aborrecido do GP da Hungria. Mark Webber foi vítima de uma trapalhada da equipe no primeiro pit stop, com um mecânico liberando seu carro antes da hora. Ficou preso, precisou arrancar de novo e ali perdeu a posição para Kimi Raikkonen. Ainda com pneus frios, foi superado por Timo Glock e perdeu totalmente o bonde da corrida. Chegou em terceiro, mas saiu no lucro graças ao péssimo desempenho das Brawn.

- Fernando Alonso não brigaria pela vitória, mas sua presença na frente poderia embaralhar um pouco a luta pela ponta. Mas não durou muito. Largou bem, saltou na frente, mas logo no primeiro pit stop teve um pneu mal fixado. Perdeu calota, perdeu roda e teve de abandonar a corrida.

- E Sebastian Vettel, com quem Alonso dividia a primeira fila, tocou-se com Kimi Raikkonen na largada, perdeu várias posições e ainda ficou com problemas mecânicos. Trocou o bico, o carro continuou instável e precisou abandonar.

- Depois de tudo isso, Hamilton pode andar até com certa tranquilidade, garantindo uma merecida vitória.

- Kimi Raikkonen, segundo, está sendo investigado pelos toques na largada. Pela atitude da direção de prova em investigar o caso depois do fim da corrida, entende-se que dificilmente perderá a posição. Se a infração é entendida pelos comissários como algo que mereça punição no resultado final, o caso é avaliado na hora e punido com stop & go ou drive through. Se não foi nem uma coisa nem outra, Kimi deve tomar no máximo uma multa e uma bronca.

- O segundo lugar de Raikkonen, melhor resultado da Ferrari no ano, é recebido num momento em que a equipe tem pouco a comemorar. Os mecânicos, por sinal, fizeram uma bela homenagem a Felipe Massa antes da largada, posando com uma placa com a inscrição: “Felipe, siamo con te”. Em português, “Felipe, estamos contigo”. Felizmente, o brasileiro passa bem.

- Para os outros brasileiros, provas ruins também. As más posições de largada já não permitiriam sonhar com grandes resultados, principalmente pelas características do traçado de Hungaroring. Nelsinho Piquet saiu em 14º e chegou em 12º. Rubens Barrichello saiu em 12º e chegou em 10º. Em resumo: só ganharam as posições dos abandonos de Alonso e Vettel. Fim de semana para esquecer.

- Mas quem quer esquecer mesmo é a Brawn. A cada corrida, um salto para trás. A equipe contou com a sorte de não ter visto sua diferença para a Red Bull cair ainda mais, graças aos problemas de Vettel e Webber. Mesmo assim, o título está seriamente ameaçado.

- Jenson Button precisou lutar muito para chegar nos pontos. Sétimo colocado, marcou dois. É muito pouco para quem briga pelo título, já que as Red Bull não precisam de esforço para chegar ao pódio. Hoje Webber teve um péssimo dia e foi terceiro. Se não reagir rápido, o canguru passa a ser forte candidato ao título.

- A diferença no Mundial de Pilotos já foi novamente reduzida. Button tem 18,5 pontos de vantagem para Webber. Há três provas, a distância para o segundo, Vettel, era de 32. Caiu praticamente pela metade em pouco tempo, sendo que ainda restam sete provas para o término da temporada.

- Mas as boas corridas de McLaren e Ferrari, hoje, ajudam a Brawn. Se tornam a tarefa de marcar pontos mais difícil para Button e Barrichello, por outro lado também roubam pontos da Red Bull. O fim desta temporada será absolutamente imprevisível.

- Nos construtores, Brawn segue líder, mas com apenas 15,5 pontos de vantagem para a Red Bull. A McLaren, mesmo com a vitória e o quinto de Kovalainen, ganhou apenas uma posição e é a quinta na classificação.

- Curiosidade: a McLaren fez hoje na Hungria 14 pontos, o mesmo número de pontos que tinha feito em toda a temporada até aqui.

- Torcendo, agora, pela recuperação de Felipe Massa. O quadro evolui positivamente, o que são ótimos sinais.

Resultado do GP da Hungria 2009

Comentários do Facebook

comentários

16 comentários

  1. Renato Muller disse:

    A Brawn tá indo morro abaixo, mas ver Marketing Webber campeão mundial é de chorar. Parem o mundo que eu quero descer!!!!!!

  2. Mauricio disse:

    Se Massa tivesse corrido e Vettel não precisasse abandonar, certamente chegariam entre os oito primeiros, e a Brawn terminaria a primeira corrida com os dois pilotos fora da zona de pontuação. E o que é mais grave: os dois pilotos tiveram corridas normais, sem problemas mecânicos ou acidentes. A coisa tá feia pra eles.

  3. Ridson disse:

    http://historiasevelocidade.blogspot.com/2009/07/uma-vitoria-reveladora.html

    novo post no Historias e Velocidade, comentando a corrida, que revela muito mais do que parece sobre as estruturas de poder na F1. E agora com notas da equipe do blog!
    Abraços

  4. Boxerevo disse:

    DA LHE HAMILTON !!!

  5. Fabio disse:

    Falando em punição, porque o Webber não foi punido por causa daquele “unsafe release” dele no primeiro pit?

  6. Fabio disse:

    A coisa do Felipe é grave, acredito que esteja havendo um filtro da equipe médica naquilo que é passado. Ainda está sedado, isso infelizmente não é bom.

  7. Luis Skinner disse:

    Capelli,
    Não punir o Raikonnen na pista, para mim, será dois pesos e duas medidas. A manobra foi muito parecida com a do Webber, que, mesmo tomando uma punição, ganhou a corrida passada. Justo seria ele tomar uns 20 segundo e cair para quarto, premiando o Nico com um merecido terceiro lugar.
    Quanto à Massa, me parece que o estado de saúde é estável, o que não significa que é bom. O caso é grave e, pelo que li, tudo dependerá do que vai ocorrer esta semana… li relatos de casos em que os problemas apareceram mais de dois dias depois do ocorrido. Por isso que o médico local disse que ele correr risco de morrer. O risco existe, em maior ou menor probabilidade. É lógico que o Galvão, pacheco como só, tentará só dar notícias otimistas.
    Abraços,
    Luis.

  8. Will disse:

    Capelli, quer apostar como o Carlos Eduardo volta?
    É cada um que aparece…

  9. Luiz G disse:

    Carlos Eduardo,

    Em defesa do Capelli, eu diria que você deve estar tendo um dia ruim, ou vivendo algum período difícil em sua vida.

    De onde vêm tanta raiva?

    Certamente, não é de um jornalista que escreve um blog com visões e opiniões pessoais sobre Formula 1…..Isso é muito pouco pra irritar tanto alguém.

    Um pouco de humor e, até, sarcasmo com o esporte, é legal…mas pense duas vezes antes de escrever, pois ninguém merece ler essa avalanche ofensiva num domingo.

    Luiz

  10. Luiz G disse:

    Estou torcendo muito para o Vettel.

    …Mas se o Webber for campeão, eu processo a F1.

  11. Carlos Eduardo disse:

    VC FICOU TAO SENSIVEL DEPOIS Q ENTROU NO TWITTER QUE CHEGO A ME EMOCIONAR!!!!!!

  12. Szeliga disse:

    o button falando ao radio aprece sempre nervoso e chorão… eu acho impossível entender o que ele fala (isso qnd o galvão nao está falando por cima…)

  13. Sidewinder disse:

    Foi só especularem o futuro de Alonso na Ferrari no ano que vem, que o Raikkonen já deu uma despertada. Felizmente as outras equipes evoluíram o suficiente para incomodar a outrora imbatível Brawn.
    É o que acontece quando os recursos financeiros são limitados em uma equipe. Fica muito difícil manter o rítmo de evolução durante toda a temporada.
    Agora sim o Button e a Brawn não poderão cometer nenhum erro para vencer este campeonato.

  14. felps disse:

    e um ultimo comentario ¬¬°

    o webber merece e na minha opiniao vai levar o titulo desse ano.
    se Deus quiser… né!

  15. felps disse:

    NOSSA nada a ver…

  16. felps disse:

    perdi a corrida, nem li o post ainda. mas o vettel e o alonso fora ta com cara de q se estranharam na largada…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>