MENU

17 de agosto de 2009 - 22:35Análises

Renault corre em Valência

Glenn Dunbar/LAT Photographic/Divulgação Renault

Glenn Dunbar/LAT Photographic/Divulgação Renault

A notícia saiu hoje, mas só confirmou o que parecia óbvio. A FIA transformou a suspensão da Renault por uma corrida em uma multa de 50 mil dólares, uma advertência e quinze minutos ajoelhada no milho (tá bom, o milho é por minha conta).

É fato que a equipe francesa foi negligente em Hungaroring, permitindo que Fernando Alonso completasse uma volta no circuito com um pneu prestes a se soltar – e que acabou se soltando. Um pneu voador pode ser assustadoramente periogoso, como provou o acidente de Henry Surtees na Fórmula 2, e a atitude da Renault foi mesmo controversa.

Mas a inédita suspensão por uma corrida por “negligência” também é um insulto à inteligência de quem acompanha o esporte. Simplesmente porque é óbvio que a pena seria retirada, ninguém cometeria o suicídio econômico de deixar Fernando Alonso de fora da segunda corrida em solo espanhol na temporada. Ou alguém vai comprar ingressos para ver Jaime Alguersuari? Seria como suspender a McLaren e deixar Ayrton Senna de fora às vésperas de um GP do Brasil. Ou proibir a Ferrari de correr em Monza.

O que precisa ser lembrado, também, é o delicado relacionamento entre a FIA e as montadoras. Por mais que o novo Pacto de Concórdia esteja próximo da assinatura – se é que já não foi assinado -, nada impede que outras montadoras pulem fora do barco, como já fizeram Honda e BMW. E a ridícula punição imposta poderia ser a gota d’água que provocaria a saída da Renault da categoria. O que ainda não está de todo fora de cogitação. Vale lembrar que a seguradora ING sai de cena no fim da temporada, deixando o time sem sua cor laranja e seu sólido aporte financeiro. E não se fala em novo patrocinador.

Aliás, cabe aqui outra lembrança interessante. Nelsinho Piquet revelou dia desses, via Twitter, já saber qual a cor do carro que Alonso pilotará em 2010. Como não se sabe nem a cor do carro da Renault, se é que vai haver carro… começo a crer que o espanhol estará mesmo na vermelha Ferrari ano que vem.

Comentários do Facebook

comentários

24 comentários

  1. Mario Spelta disse:

    Desculpem a minha falha!
    Massa não ganhou a prova seguinte (na Malásia só foi pole). Mas venceu as 2 seguintes fazendo também a pole e melhor volta como citado.

  2. Mario Spelta disse:

    Luiz G, disse: “Na temporada de 2007, Raikkonen venceu a primeira corrida da temporada em sua estréia na Ferrari. É o tipo de coisa que afunda um piloto…e afundou Massa naquela temporada.”
    Peraí Luiz!…
    O Kimi realmente arrasou na sua estréia na Ferrari fazendo logo um hat trick (pole, vitória e volta mais rápida), mas o Felipe respondeu prontamente vencendo as 3 provas seguintes. Ganhou na Malásia e fez dois hat tricks seguidos, no Bahrein e na Espanha.
    Chama isso de afundar?
    Massa é o piloto que mais evoluiu nos últimos anos e não deve nada aos demais grandes pilotos em atividade: Alonso, Hamilton e o próprio Raikkonen. Rubinho jamais entrou nesta lista, infelizmente!

  3. Mauricio Von Abel disse:

    a Renault azul rendia mais… hehehe

  4. Ridson disse:

    Alonso na Ferrari é garantia de um pega daqueles…o Massa não vai se fazer de rogado, muito por já ter consolidado um pedaço na F1 e na escuderia, não é o caso de Barrichello, que enfrentou o consolidado e bi-campeão. Se bem que o Prost não concorda muito com a teoria, já que era bi-campeão e o que chegou tava nem aí =P

    Convidando a todos a acompanharem o Historias e Velocidade, que na coluna Uma opinião, hj fala sobre : Bernie Ecclestone e as transformações na categoria esportiva em comércio lucrativo..confiram

    http://historiasevelocidade.blogspot.com/2009/08/uma-opiniao-bernie-ecclestone.html

  5. Fabiano disse:

    Massa está melhorando cada vez mais, sem dúvida, mas acho que, por enquanto, entre ele e Alonso, o espanhol supera tranquilo. Também acho que Rosberg e Hamilton não devem nada ao brasileiro

  6. Felipe disse:

    depois da bmw vazar + o schumacher nao pilotar + alonso punido eu queria ver alguem ir ver a corrida…

  7. Sidewinder disse:

    Luiz G

    Como o Nelson Piquet (pai) disse há algum tempo atrás, o Massa não é Barrichello.

  8. Luiz G disse:

    Luiz Sérgio e Paulo Santos.

    Você estão certos quando apostam na qualidade de Massa. O cara é bom, não há dúvidas…e todo mundo sabe que ele só perdeu o título de 2008 por causa das burradas da equipe.

    De qualquer forma, Alonso não é bi-campeão á toa. Alonso sabe desenvolver um carro e é um piloto de garra.

    Ter vencido duas corridas com a Renault no ano passado, foi um feito que poucos conseguiriam. O cara é genial. Além do mais, é um cara que atrai as atenções pra ele, logo….

    Na temporada de 2007, Raikkonen venceu a primeira corrida da temporada em sua estréia na Ferrari. É o tipo de coisa que afunda um piloto…e afundou Massa naquela temporada.

    Só espero que o duelo na Ferrari seja digno de grandes pilotos…e que Massa não se torne um Barrichello.

  9. Leonardo Borges disse:

    e utambém sei a cor do carro que o alonos vai correr o ano que vem e não é vermelho da ferrari principalmente por causa das diferenças dele com o strumy…….

  10. Zé Pedro disse:

    Pessoalmente acho que esta falha gravíssima não podia passar em claro.
    Obviamente que deixar o Alonso de fora neste GP era impensável.

    Como resolver este diferendo? Simples: a Renault (equipa) não deveria pontuar em, digamos, 3 GP. Sim, porque a história de que só os mecânicos sabiam não tem cabimento nenhum…

  11. Sidewinder disse:

    A Renault sem um piloto excepcional como o Alonso corre o risco de ficar à deriva, como ocorreu na temporada de 2007, quando correu com dois pilotos irregulares.
    O Briatore terá que sair à caça de um outro superpiloto p’ra não se desgarrar das equipes de ponta.
    Por falar em piloto ímpar, faltou uma homenagem ao Nelsão, que fez aniversário ontem. Seria uma heresia deixar passar em branco alguém que fez muitas histórias na F1.

  12. PAULO SANTOS/RJ disse:

    Luiz Sergio, concordo com você. O Massa 100% será um obstáculo muito difícil de ser vencido. No ano passado, ele errou na Malásia. Depois disso veio o show de incopetência do pessoal da equipe, errando muito, e até deixando uma mangueira agarrada no carro dele, estourando o motor na Hungria, entre outras, fatos que que tiraram a chance dele vencer em Singapura e em outros circuitos, deixando de se sagrar campeão.
    Se nada der errado no ano que vem, e se for confirmada a contratação de Alonso, poderemos ter a equipe mais talentosa e genial da formula 1 dos últimos tempos.

    Abraço a todos.

  13. Mark disse:

    Alguem ja parou pra pensar q, no caso da puniçao n ter sido retirada, Alonso só teria dado em 2 ediçoes do gp da europa em valencia UMA volta (ano passado ele e nakajima se estranharam na largada e o espanhol teve q abandonar)

  14. Luiz Sergio disse:

    Luiz G,
    acompanhando a carreira do Felipe Massa, posso dizer o que não falta ao Massa é personalidade.
    Logo no inicio dele na equipe vermelha e se impôs pedindo a saída do engenheiro que trabalhava no seu carro.
    Quando o Kimi chegou na equipe, quase todos os torcedores que realmente acompanham a F1, tinham uma duvida, qual piloto era o melhor da F1 o Alonso ou o Kimi, Massa tinha de positivo sua velocidade praticamente nada mais, pois errava muito, hoje podemos dizer que ele superou totalmente o companheiro.
    Ele para mim é o único piloto que mostra uma evolução constante.
    A equipe Ferrari vê no Felipe um piloto exemplo, companheiro, mostrou que vence com toda a equipe e não reclama quando a equipe erra, com esse procedimento a equipe já fechou com ele.
    Alonso precisa mostrar ser muito mais rápido e constante.
    Vamos ver como o Massa vai sair desse acidente?
    Só penso que Felipe 100% vai ser muito difícil para o Alonso.

  15. rafael taira disse:

    Com a confirmação de grosjean.

    Saiu um frances da f1 o bourdais e entrou o grosjean agora.
    queria saber qual foi a ultima vez que vimos 2 franceses na mesma temporada.

  16. Luiz G disse:

    Pergunto ao Capelli:

    Considerando que Massa já trabalha com a Ferrari (como piloto titular) desde 2006, será que Felipe terá alguma chance contra Alonso?

    Ou o Espanhol irá detonar o Brasileiro?

  17. Luiz G disse:

    Por que será que eu não fiquei surpreso com essa notícia?

    A F1 adora um show e não dispensa nehuma oportunidade de fazer suspense.

    Ainda acho que Alonso vai chegar em sétimo na corrida, Grosjean vai quebrar na décima volta e Luca Badoer na primeira…hahaha

  18. Willian disse:

    Capelli, a Renault já assinou o Pacto de Concórdia. A punição foi revista por interesses comerciais relacionados à corrida de Valência, mas nada tem a ver com isso. Ela não deixaria a F1 por ter ficado uma corrida de fora ou por receber uma multa milionária…
    Sobre o caso da ING, realmente ela deve abandonar a Renault. Mesmo assim, a escuderia deve continuar. Na semana passada, se não me falha a memória, foi revelado um acordo que prevê um pequeno auxílio financeiro às equipes que assinaram o novo Pacto da Concórdia, a fim de garanti-las na categoria até 2012.

  19. Eduardo Cruz disse:

    Capelli,
    Pro Nelsinho saber a cor do carro 2010 do Alonso, é só a gente seguir as pistas: quem não deve mudar as cores pro próximo ano? Ferrari, McLaren, Red Bull, Toyota, Toro Rosso e Force India.
    A Williams também poderia entrar nesse time, mas, sempre pode aparecer um patrocinador e o tio Frank não titubearia em trocar as cores do time, como já aconteceu quando a Winston patrocinou o time e colocou aquela cor vermelha horrível nos carros da Williams.
    Na McLaren, é totalmente improvável, pra não dizer impossível, o Alonso voltar a correr. Pelo menos enquanto o Hamilton estiver por lá, o que deve ser pelos próximos 10 anos. Acho que Alonso para antes. A Toyota paga muito (segundo consta), mas não dá carro pra correr no pelotão da frente. Difícil Alonso aceitar isso novamente. Pra andar do meio pra trás, ficaria na Renault. Red Bull talvez fosse uma aposta interessante, mas até agora, nenhum sinal indica isso. Toro Rosso e Force India, esquece. Se não quer andar no meio do bolo, lá atrás é que não vai mesmo. Esqueci alguém? Sim, a Ferrari. Essa não muda as cores principais quase nunca (mudou o tom do vermelho mudou nos últimos anos) e parece ser uma aposta interessante pra quem quer ganhar corridas. Além do mais, acho que seria uma transferência que não causaria impacto algum nas notícias da F1, tão esperada que é. Na verdade, me parece que o post do Nelsinho no Twitter não é assim tão estrondoso…

  20. Sheldonn Rêis disse:

    Concordo com o colega Paulo. Realmente o GP da Europa sem o Fernando seria um pecado tanto financeiro quanto para os torcedores, pois muitos espanhóis irão ao “autódromo” somente para apoiar o bi-campeão, basta lembrar recentemente das finais de tennis em que o Rafael Nadal disputava o título (…) a torcida espanhola enlouquecia mesmo apoiando o então nº 1 do mundo.
    Agora para mim ficou um ar de “ah deixa para lá” em relação a gravíssima negligência em face da roda que se soltou do carro do Fernando. Não seria o caso de uma punição mais severa em vista da gravidade da situação?

  21. PAULO SANTOS/RJ disse:

    Na F1 de hoje, tudo gira em torno do financeiro. Se Michael Schumacher não irá mais correr na Ferrari no lugar do Massa (que seria a principal atração para a pista de Valência), então porque punir a Renault e tirar Fernando alonso de uma corrida em seu país? Com certeza só um amante da F1 para ir a um circuito sem ter muitos atrativos. Tá bom! Terá Vettel, Button, Hamilton, a estréia do Groselhan. Mas sem Fernando Alonso (que pra mim é o melhor piloto da atualidade) e a não participação como convidado especial do Schumi, a corrida iriia ficar monótona.
    E sem esses dois ingredinetes, poderia haver um esvaziamento. Mas a F1 gira em torno do financeiro, né?
    Só espero que as equipes apertem bem os laços dos sapatos de seus carros e que não haja mais pneus nem molas voando pelo circuito.

    Abraço a todos.

  22. Mateus Fernandes disse:

    previsivel ……

  23. Eusebio Sachser disse:

    E sem esquecer que teremos a estréia de mais um novato: o francês Romain Grosjean no lugar de Nelsinho. Capelli, o Grosjean já fez alguns testes com carro da Renault antes de ser aplicada as proibiçoes? Me corrija se eu estiver errado e se souber em quais ocasiões isso aconteceu.

Deixe uma resposta para Mark Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *