MENU

9 de fevereiro de 2011 - 13:29Análises, Automobilismo, Novos carros

Crescimento constante

A Force India apareceu na Fórmula 1 sem grandes expectativas. Nascida da compra da Spyker, que havia comprado a Midland, que havia comprado a Jordan, imaginava-se que a investida do indiano Vijay Mallya seria apenas de manter a equipe por um tempo para vendê-la logo depois, como fizeram seus atrapalhados antecessores. Mas não foi bem assim.

Um time que parecia uma piada no começo, dada a esquisitice que a cultura Indiana tem aos olhos ocidentais, se mostrou bastante sério. Em pouco tempo, a equipe cresceu e, logo em seu segundo ano de vida, conseguiu resultados espetaculares, como a pole de Giancarlo Fisichella no GP da Bélgica de 2009. O italiano quase venceu a corrida, terminando em segundo lugar. Fora isso, Adrian Sutil também teve grande atuação em Mônaco, no ano de estreia, mostrando que os indianos não estavam brincando em serviço.

De ano em ano, a Force India vem crescendo. Ainda que em 2010 não tenha conseguido nenhuma pole ou pódio, na média os resultados foram melhores. Ficou em sétimo entre os construtores, a apenas um ponto da Williams. O ponto fraco do time claramente foi o italiano Vitantonio Liuzzi, com atuações abaixo da média. Sutil manteve os bons resultados, ainda que sem nenhuma corrida de grande destaque.

A meta para 2011 é seguir a tendência de evolução, quem sabe atingindo o posto de quinta força da Fórmula 1. O desafio é enorme, mas a equipe conta com um belo trunfo para esta temporada: o estretante escocês Paul di Resta, primo de Dario Franchitti, destaque da Mercedes no DTM e que promete ser uma das sensações da Fórmula 1. Sua velocidade pode ser um estímulo para Adrian Sutil, rivalidade sadia dentro de casa é sempre bom.

O novo carro, VJM-04, não tem grandes novidades. Cofre de motor e tomadas de ar copiadas da Mercedes do ano passado, restante do carro bastante similar ao modelo anterior. A pintura, com mais laranja, deixou o modelo parecido com uma garrafa de Sukita. Para quem estreou parecendo uma lata de cerveja, é uma mudança e tanto. Questões estéticas à parte, o fato é que a Force India até hoje não virou chacota. E não deve virar agora.

Comentários do Facebook

comentários

13 comentários

  1. Rodriguera disse:

    Sumiu de novo!??!?

  2. Emerson Bicalho disse:

    Prezado Capelli, você voltou mesmo???? Porque digo isso, porque sempre te acompanhei, daí você sumiu!!!! Fiquei orfão de informarções técnicas e imparciais sobre o mundo da F1. Fui adotado por outros sites de crítica, parecidos com os seu, porém não era o seu site, blog. Daí te pergunto, posso colocar de no vovo na aba de favoritos???Seja bem vindo …….

  3. Eduardo disse:

    Força Kubica :

    Você vai estar na Ferrari em 2012…… você sem as duas mão é melhor do que o Massa!!!!!!!!!!!!

  4. Eduardo Azeredo disse:

    Bom lembrar que o Paul di Resta além de destaque na DTM, foi companheiro do Vettel na F3 – Euroseries… e ganhou o confronto direto e o título na época.

  5. Mojo disse:

    Esqueceu de citar a parceria tecnica com a McLaren

  6. Lucas R disse:

    Taí uma equipe que admiro e respeito. Talvez a mais simpática de todas.

    Gostaria de ter visto mais mudanças no carro, mas notei que há pelo menos mais patrocinadores. E isso é bom, pois significa dinheiro entrando, que significa maiories orçamentos, que por sua vez significa maiores possibilidades de crescer.

    Que o novo carro faça com que a equipe prospere e vá além o sétimo lugar no campeonato, pois “equipe pequena” ou “equipe de fim de grid” ela já deixou de ser há tempos!

  7. RT @f1brasil: Force India: Crescimento constante http://migre.me/3QsX3 #f1

  8. Não se "substime-se"! RT @ivancapelli Crescimento constante – minhas desimportantes palavras sobre a Force India. http://bit.ly/gnfEB6

  9. lucastex - f1 disse:

    Crescimento constante http://goo.gl/fb/6gcfm #análises #automobilismo #novoscarros #adriansutil #forceindia #giancarlofisichella

  10. Crescimento constante:
    A Force India apareceu na Fórmula 1 sem grandes expectativas. Nascida da compra da Spyke… http://bit.ly/hER3fy

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>